5.19.2011

conversa 1780

(no café)

Ela - Às vezes sinto-me tão feliz que fico triste por saber que não vou conseguir sentir-me sempre assim.
Eu (silêncio)
Ela - Não dizes nada?
Eu - Queres uma cerveja?
Ela - Ainda tenho no copo. Não dizes nada sobre o que eu te disse?
Eu - Às vezes sinto-me tão triste que fico feliz por saber que não vai ser sempre assim.
Ela (silêncio)
Eu - Não dizes nada?
Ela - Pede lá as cervejas que eu vou beber esta de golada.

21 comentários:

Anónimo disse...

É a perene lembrança do This too shall pass (no original hebreu: גם זה יעבור‎, gam zeh yaavor).
Esta frase do folclore judaico surge em historietas diversas, mas todas, normalmente, envolvendo o rei Salomão. Na versão que me agrada mais, Salomão teria decidido encarregar o seu ministro favorito de uma missão impossível, a fim de lhe incutir alguma humildade. Disse-lhe que procurava um determinado anel com poderes mágicos: qualquer homem feliz que olhasse para ele, ficaria triste; qualquer homem triste que olhasse para ele, ficaria feliz.
Ao cabo de algum tempo, já o ministro desesperava de encontrar o dito anel. Todavia, num passeio que deu nos arrabaldes mais pobres da cidade, encontrou um mercador a quem expôs o seu problema. O mercador pegou num anel vulgar e gravou nele esta frase: "Também isto há-de passar".
O ministro desempenhou-se bem da sua missão, e foi o próprio Salomão quem recebeu uma lição de humildade, ao ser recordado de que o seu reino e possessões eram coisas transitórias.
(a história desenvolvida consta, por exemplo, daqui).

- Sandra Pinto

Nawita disse...

:):)

a vida é feita de momentos, como o beber uma cerveja gelada com um amigo numa bela tarde de Maio. Temos só que aprender a aproveitá-los ao máximo.

Myann disse...

Muito bem respondido :) Carpe diem :P

*Lili* disse...

Não ... Concordo, de facto não há muito para se dizer... Acho piada as tuas conversas x) Na verdade acho... se fosse eu a publicar as minhas conversas a maioria seria logo assim "EU: Bla bla bla bla" "AMIGAS: silencio"... sou uma melga eu sei!

http://realdreams-liliana.blogspot.com/

Helena disse...

Aqui está a insustentável beleza do ser humano...:)Sempre sem conseguir alcançar a perfeição.

bagaco amarelo disse...

sandra pinto, obrigado. gostei de ler. :)

nawita, exacto. :)

myann, :)

lili, :)

helena, :)

mary disse...

Adoro o blog, sigo ja ha algum tempo mas nunca comentei. Hoje é excepção porque tomei a liberdade de escrever um texto muito ao genero dos teus pensamentos catatonicos. Tem a devida referencia ao blog, ainda assim, se foi ousadia a mais diz-me que eu tomarei providencias, ainda que ache que é algo positivo, basicamente és uma inspiração e eu uma imitadora :P
Se quiseres espreitar:

http://i-do-believe-in-peter-pan.blogspot.com/2011/05/amor-e-os-iogurtes.html

Lançava-te ate o desafio de escreveres algo com a mesma ideia! Tenho a certeza que sairia brilhantemente, como a mim nao consigo que saia... *

bagaco amarelo disse...

mary, vou ver... obrigado. :)

EJSantos disse...

Para algumas pessoas, o copo está meio vazio.

Para outras pessoas, o copo está meio cheio.

Olga disse...

Esta faz-me lembrar a do copo meio cheio ou meio vazio. Tudo depende da maneira como queremos enfrentar a vida.

bagaco amarelo disse...

ejsantos, é assim, sim. :)

olga, exacto. :)

CurlyGirl disse...

Both true. =)

bagaco amarelo disse...

curlygirl, :)

Girl disse...

ADORO <3

bagaco amarelo disse...

girl, :)

Senhor Geninho disse...

O António Variações ainda hoje tem razão!

bagaco amarelo disse...

senhor geninho, terá sempre. :)

Fatyly disse...

e é esse balançar que nos faz crescer!

bagaco amarelo disse...

fatyly, é... :)

redonda disse...

:)
Gostei também da história no 1º comentário

bagaco amarelo disse...

redonda, :)