3.18.2010

conversa 1458

Eu - Precisava da tua ajuda lá em casa.
Ela - O que é que se passa?
Eu - As minhas plantas morrem todas... e tu percebes de plantas que eu sei.
Ela - Sim, percebo, mas no teu caso acho que o melhor que tens a fazer é simplesmente não ter plantas.
Eu - Porquê?
Ela - As plantas tratam-se de forma diferente. Algumas regam-se menos vezes, outras mais vezes. Depende, percebes? No fundo são como nós, as mulheres...
Eu - E o que é que isso tem?
Ela - O que isso tem é que os homem tratam as mulheres sempre da mesma maneira.
Eu - Pronto, lá vem essa conversa. Só te estava a pedir para ires lá a casa aconselhar-me...
Ela - E eu até vou, mas lembra-te que a uma planta tens que fazer as vontadinhas todas, senão não vale a pena ter uma...
Eu - Nisso também são como as mulheres.
Ela - Pois, um bocado.

20 comentários:

GiGi disse...

Muito interessante este diálogo.

De fato, diz-se que as mulheres são diferentes e devem ser tratadas cada qual de uma forma diferente. No entanto, existe uma padronização feita pelas próprias mulheres. "A uma mulher se diz isso"... "Nunca se faz aquilo a uma mulher"... "Mulher gosta assim, mulher gosta assado" e por aí vai.

Por isso, muitos homens acabam se reprimindo por demais perante elas, isso é uma pena.

Quanto às plantas, procure ajuda de um especialista. E se souber o nome de alguma, fuça na internet. Ao menos, evita de ouvir certas baboseiras que não precisaria serem ouvidas...

Um beijo!

Anónimo disse...

Querido bagaco
Acabei de comprar uns vasos, terra, muitas flores e plantas...se as minhas sobreviverem, partilho contigo (se quiseres) o segredo! lol
Beijo x
P.S.

Malena disse...

Ai, ai, ai,ai! Feioooo! Não gostei! LOL

Gil Scott The heron disse...

olha escolhe bem o tipo de semente... ainda apanhas um cato

Fatyly disse...

;) :)

Pintas disse...

completamente....ambas são delicadas e precisam de atenção e carinho para viver :)

Olga disse...

Compra uma planta de plástico e deixas de ter problemas. ;)
E já agora feliz dia do pai!

bagaco amarelo disse...

gigi, nunca consegui ter uma planta muito tempo viva... acho que é mesmo um problema meu. :)

anónima, agradeço. lol. :)

Gil Scott The heron, na verdade a única planta que vive sem problemas em minha casa é mesmo um cato. :)

fatyly, :)

malena, lol. :)

pintas, exacto. é só por dizer que as plantas não protestam. :)

olga, obrigado. recebi um postalinho em casa da minha filha, que está longe. :)

Olga disse...

Mas esse postalinho fez com que ela ficasse mais perto de ti. :)

bagaco amarelo disse...

olga, fez sim. :)

Anónimo disse...

Quando uma planta é mal tratada não morre logo,vai perdendo o brilho pouco a pouco,ás vezes recuperam-se
mas outras não.
A mulher tambem é assim,precisa de ser tratada para não perder o brilho,e tal como acontece com a planta,quem a "mata" é o próprio "dono".

Conselho a todos os homens que querem preservar as suas "plantas"

tratem-as bem porque essas "plantas" têm duas pernas e podem muito bem" mudar de vaso".lol

Ass Papalagui

bagaco amarelo disse...

papalagui, :)

GiGi disse...

Lembrei uma vez de uma cena que vi no filme Acertando as Contas com o Papai, com Ted Danson. O personagem deste segurava uma planta e disse a seu colega que uma mulher com quem estava saindo a havia lhe dado. Ele comentou que quando uma mulher oferece uma planta a um homem é sinal de que ela quer ter certeza se o homem cuidará dela. Se ele cuidar bem da planta, certamente ele cuidará também da mulher, se não, melhor cair fora.

Não sei se essa prática das mulheres é comum ou se só é coisa daquele filme. Esper que sim, pois achei meio viagem, eheheh

Beijinho

bagaco amarelo disse...

gigi, eu também espero que sim porque definitivamente não tenho jeito nenhum para as plantas. :)

Celeste disse...

Eu já desisti! Tenho daquelas que teimo em chamar mortas! são mesmo de plastico, há umas que parecem mesmo reais!

bagaco amarelo disse...

celeste, pois... mas independentemente de serem parecidas ou não eu gosto das naturais. :)

Pocahontas na Cidade disse...

Ui! Tive pena de ti...! Levaste logo por tabela..

Mas o meu conselho era só teres uma planta! Depois começavas a ver como eram as regas, se estava a desenvolver...

Passado uns 6 meses, tinhas outra diferente...

Ao final de 10 anos, já terias um mini-jardim botanico :)

bagaco amarelo disse...

pocahontas na cidade, 10 anos?! e eu lá tenho paciência para esperar 10 anos. lol. :)

Pocahontas na Cidade disse...

Tens que ter... Já viste o resultado da tua impaciência? :p

Começasse por pouco para conseguir o muito. ;)

bagaco amarelo disse...

pocahontas na cidade, naaaa, vou comprar um livro. :)