4.13.2011

a ar ocupa espaço e exerce pressão em todas as direcções

Lembro-me de uma das primeiras experiências que fiz quando andava a frequentar, creio eu, o primeiro ano do ciclo. A professora encheu um balão com a boca e ficou demonstrado que o ar ocupa espaço. Depois encheu um copo de água, tapou-o com um cartão fino e virou-o ao contrário. Como o cartão não caiu, ficou demonstrado que para além de ocupar espaço, o ar exerce pressão em todas as direcções.
Não demorei a perceber que o Ar e o Amor são a mesma coisa. São, aliás, aquilo que respiramos para poder viver. E, tal como o Ar, o Amor ocupa espaço e exerce pressão em todas as direcções. Quando uma homem se apaixona por uma mulher não há espaço para mais nenhuma, e a pressão é tanta que é difícil mudar isso.
Claro que uma vez por outra, quando se vira o copo cheio de água, o cartão cai mesmo e ficamos todos molhados. Eu cá não me quero molhar mais...

23 comentários:

Karina G. ♥ disse...

Isto deve ter sido a coisa mais fofa que li esta semana.
Great job. (:

Briseis disse...

...e, como o Ar, o Amor também se infiltra ousadamente por qualquer aberta que deixemos sem vigia, por descuido. E, tal como com o Ar, também nos sentimos engasgados quando não o sabemos tomar e respirar como deve ser...
Muito lindo, caro Bagaco... =)

Anónimo disse...

A única hipótese, que te poderia dar algumas garantias, seria deixares de andar à chuva...
CR

м♥ disse...

aww. Isso é muito bonito. que analogia fantástica.

EJSantos disse...

E é assim este blogue.
Alguns posts são engraçados, e dão vontade de rir ou sorrir, bem disposto.
Outros posts são poéticos, nostalgicos... Fazem-nos pensar, sonhar, sentir saudades...

Cacarol disse...

Cacarolinha é uma personagem,tal como muitas outras que andam por aí!
As suas principais características são a doçura e a delicadeza!
É também bem formada e incapaz de fazer ou dizer mal de alguém...
Adora pessoas e personagens!
É ingénua...
Pede tudo que precisa,incluindo opiniões/sugestões!
Detesta incomodar ou chatear...
Não é burra nem está em vias de extinção!
Veio para ficar!
Atreve-te e segue-me...

Srcv disse...

Acho que escreve muito bem , ja a algum tempo que ando a acompanhar os seus post's .
Gosto muito .

Pearl disse...

Já não e lia há um bom tempo, não por valta de vontade mas por vicissitudes tecnológicas de quem vive no meio de nenhures...
Mas indo ao post que é o que interessa, realmente o amor ocupa um espaço inimaginável... e ás vezes é tão grande que não há lugar para mais nada onde quer que ele se aloje...
:o)))

Carla Leite disse...

não deveria ter lido isto hoje. tens uma pontaria...

posso fazer do teu blog uma espécie de programa de rádio de discos pedidos...mas neste caso, programa de blog de posts pedidos?

Pedido1: escreve sobre qual a diferença, para ti, entre paixão e amor...se já o fizeste dá-me o link :)

Malena disse...

Tu não queres é que o copo se vire... :)

bagaco amarelo disse...

Karina G. ♥, obrigado. :)

briseis, obrigado. e também se polui ou purifica. :)

cr, não é impossível. :)

м♥, obrigado. :)

ejsantos, somos todos assim, não é? :)

caracol, :)

srcv, obrigado. :)

pearl, yep. é isso mesmo. :)

carla leite, acho que já escrevi sobre isso várias vezes, mesmo sem escrever sobre isso. mas prometo que hoje à tarde o torno a fazer. :)

bagaco amarelo disse...

malena, de facto não quero. é mesmo isso. :)

Helena disse...

Então queres ficar como o "Dodot"...sequinho! :) Boa escolha.

Carla Leite disse...

hoje preciso mesmo ler algo sobre o assunto. preciso de compreender se sou eu que tenho um ponto de vista estranho, ou se é o próprio mundo que é estranho. estou a formar uma teoria... e as tuas ideias, conversas e vivências ajudam-me sempre a tirar alguma conclusão.
tu poderias ser perfeitamente um amigo-conselheiro-sentimental-cómico que não tenho. ^^

bagaco amarelo disse...

helena, se as escolhas chegarem... :)

carla leite, nem a mim me consigo aconselhar... mas a parte do cómico talvez seja verdade. :)

Fatyly disse...

Olha que finalmente alguém escreve o que sempre achei e que muitos(as) desmentem como sendo possível:

"Quando uma homem se apaixona por uma mulher não há espaço para mais nenhuma, e a pressão é tanta que é difícil mudar isso."

e as escapadelas pagam-se caro!

Mais uma para o meu arquivo:)

Lima e Tequilla disse...

Nem tu nem eu nos queremos molhar mais... =)

bagaco amarelo disse...

fatyly, as escapadelas só existem se tiverem espaço... :)

bagaco amarelo disse...

lima e tequilla, é uma boa fase da vida, essa em que não nos queremos molhar mais. :)

cristina disse...

Este post é qualquer coisa de muito bom!

bagaco amarelo disse...

cristina, obrigado. :)

memyselfandi disse...

E não é que é?!?! "ocupa espaço e exerce pressão em todas as direcções". C'um catano!

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, :)