12.31.2010

conversa 1674

Ela - Se pudesses pedir um desejo para 2011, qual é que pedias?
Eu - Não sei... e tu?
Ela - Eu pedia dinheiro, muito dinheiro. O Euromilhões, por exemplo.
Eu - Com o dinheiro compra-se tudo menos felicidade, sabias?
Ela - Sabia. Para mim não há problema nenhum. Quando estou triste, o que eu faço é ir às compras...

19 comentários:

Ritinha disse...

AAHAHAHAHAHAHAHAH!!!! :)

bagaco amarelo disse...

ritinha, :)

Fatyly disse...

pois é, pois é...nem que seja com o cartão de crédito que de triste ficará ainda mais triste e depois cantará:

"Quis saber quem sou
O que faço aqui
Quem me abandonou
De quem me esqueci
Perguntei por mim
Quis saber de nós
Mas o mar
Não me traz
Tua voz."

(letra de uma canção emblemática)

Subscrevo o que lhe disseste e tiro-te o meu chapéu.

Me,myself & I! disse...

Mesmo!!!
Eh,eh,eh!
Era ela e eu!
Saúde e euromilhões!
:)

Samurai disse...

Não se compra a felicidade mas compram-se momentos de felicidade o que já não era assim tão mau ;)

TM disse...

Muito bom.... muito bom mesmo....

TM disse...

Ainda dizem que as mulheres são complicada... ;)

Anónimo disse...

Por mais ridiculo que pareça, eu tb faço isso e o pior é que funciona, looool

bagaco amarelo disse...

fatyly, já passei essa música, pela voz do Paulo de Carvalho, algumas vezes em bares. :)

memyselfandi, ter saúde já é um espécie de euromilhões. :)

samurai, não é bem assim. :)

tm, realmente isto é duma simplicidade extrema. :)

anónimo, se funciona, olha... ainda bem. :)

Lilith disse...

Pode ser-se feliz sem dinheiro, sim. Mas a pobreza em si também não leva propriamente à felicidade. Todos temos sonhos, objectivos, ambições, metas que não conseguimos cumprir porque não temos posses de lá chegar, e por muito que lutemos continuam a existir muitas barreiras no nosso caminho. Se o dinheiro dá jeito? Oh, se dá! Se me saísse o euromilhões (se eu jogasse, acho que teria mais hipóteses lol), realizaria os meus sonhos. Os profissionais, porque os sonhos que envolvem encontrar o amor, esses sim, não se compram. Mas já ficaria muitíssimo feliz se conseguisse realizar os meus sonhos profissionais.

Joana disse...

Risota mesmo! XD

O senão é que, no fim de levar a cabo tais acções, acabamos por nos sentir ainda mais tristes! *

EK disse...

Deixa-me dizer-te que tens um blog do caraças. A sério! Parabéns e um feliz 2011.

bagaco amarelo disse...

lilith, tens razão. o que eu acho é que há demasiadas pessoas a apostar todas a sua felicidade no dinheiro e a darem-se mal por causa disso :)

joana, essa é uma das verdades do consumismo, sim. :)

ek, obrigado. :)

Malena disse...

Triste remédio!
:)

bagaco amarelo disse...

malena, eu concordo contigo... :)

Joana disse...

Bagaço, sem dúvida que é uma das verdades do consumismo! XD

Infelizmente encontramo-nos numa sociedade que cada vez mais aposta nisso, em vez da felicidade... Aquela Felicidade! =)

bagaco amarelo disse...

joana, exacto. :)

Gasosa disse...

Não sou nada materialista, sou mais "amor e uma cabana" mas não posso perder a oportunidade de deixar aqui uma "piéce de résistance":

"O dinheiro não traz felicidade, mas ajuda a sofrer em Paris".

bagaco amarelo disse...

gasosa, :)