10.09.2012

ginásio

Ontem fui, pela primeira vez na minha vida, a um ginásio. Nada de mais, não fosse esta sensação de que o tempo passou por mim mais depressa do que era suposto. E não estou a falar da minha forma física. Essa, apesar da Raquel me ter quase partido os dois joelhos em exercícios de elasticidade, ainda está mais ou menos. Estou a falar de, no balneário, ter visto quase todos os homens a usarem secador para o cabelo e pente logo a seguir ao banho e, ao sair, ver as suas respectivas esposas à espera com um enorme ar de seca. No meu tempo não era nada disto.
Pensem lá o que quiserem, digam que sou preconceituoso ou o diabo a sete. Mas eu cá é que fiquei à espera da Raquel. Melhor ainda: eu esperei por ela e ela por mim, porque como homem com "H" grande que sou, não ouvi bem onde é que era o ponto de encontro à saída do ginásio. Uns bons quinze minutos depois de me ter sentado lá fora, sublinhe-se que totalmente despenteado, lá vi a Raquel surgir com ar de poucos amigos.

- Não tínhamos combinado esperar à porta dos balneários? - perguntou.
- Tínhamos?!?!?! Não ouvi...

Não foi vingança do que se tinha passado lá dentro, a sério que não. Mas podia ter sido. Para além de quase me ter partido os joelhos numa tortura medieval a que decidiu chamar exercício de elasticidade, a Raquel empurrou-me ainda para dentro duma sauna. Numa de descontrair, disse ela. Estive lá a aguentar pelo menos uns... vinte segundos. Depois verifiquei que num sítio com tanto calor não se pode comprar uma cervejinha gelada nem nada e fugi. Mas que raio é que o pessoal vai para ali fazer?! Experimentar a sensação de ser um frango assado?! Não, muito obrigado.
Resta a sensação de liberdade que senti ao sair. Fui comer uma feijoada e beber uma cerveja para me voltar a sentir um homem normal. Com a Raquel. 


11 comentários:

Never Told Words disse...

Admiro-te! Eu saio da hidroginástica às 22h e nem vontade de beber uma meia de leite tenho, mas tu comes uma feijoadazinha... É de homem, sem dúvida :)

Susana Silva disse...

:) muito bom.
Concordo a 100% e no estatuto de rapariga solteira que sou devo acrescentar que o problema, grande problema, no que diz respeito a escolher, amar e manter um HOMEM, é este.

Bagaço Amarelo disse...

never told words, o exercício sempre me deu fome. :)

susana silva, alguém me compreenda. :)

Estudante disse...

Ahaha :P uma feijoadinha para repôr os hidratos!

Bagaço Amarelo disse...

estudante, nem mais. :)

Fatyly disse...

Ginásios e balneários desses? Jamais...se ainda fossem ao ar livre tudo ok. E sauna? Como te entendo.

Um dica: depois de saíres, come duas bolachas de água e sal para reposição dos sais que perdes e bebe bastante água que quebra "essa vontade de comer" e verás que comerás mas não em tão grande quantidade.

Força!

Bagaço Amarelo disse...

fatyly, eu acho que nem lá volto. à sauna, digo. :)

Quase nos "entas" disse...

loooooooolll
Frango assado?? ehehheh
muito bom!

Bagaço Amarelo disse...

quase nos "entas", lol! :)

Anónimo disse...

Gosto dos textos ,bem observadas as situações ,so "esposa" é que não .....agora banalizou-se mas esposa so se considera na altura em que se celebra o casamento e no final diz-se que são declarados marido e mulher

Bagaço Amarelo disse...

anónimo, mas era aí que eu queria chegar... :)