10.07.2009

a violência contra as mulheres é um desporto universal



Acho esta publicidade francesa contra a violência doméstica muito feliz, isto porque é mais dirigida à própria mulher enquanto vítima do que ao homem enquanto agressor, ou seja, compara a mulher a um saco de pancada mas não compara o agressor ao que efectivamente ele é: uma besta. É que antes de fazer com que um homem deixe de bater na mulher lá em casa, é preciso fazer com que a própria mulher perceba que não pode aceitar em circunstância nenhuma que isso lhe aconteça... até porque uma besta não costuma entender a mensagem à primeira.

15 comentários:

Bichana disse...

Excelente mesmo.

Dakota disse...

A culpa é dos fdp dos contos de fadas que contam às meninas - que os sapos se transformam em princípes ...

bagaco amarelo disse...

bichana, :)

dakota, a culpa é disso, do machismo cultural da nossa sociedade e da força normalmente substituir o cérebro. :)

Salseira disse...

Bem visto!

bagaco amarelo disse...

salseira, :)

bia disse...

é isso mesmo! Ainda há dias soube de mais um caso... e eu só soube porque finalmente a relação acabou! Fiquei chocada e triste, principalmente por saber que durante anos de agressões a vítima sentia-se a culpada!! Isto é muito grave. Parabéns por seres incansável nesta questão ;)

bagaco amarelo disse...

bia, isso é um factor que tem que ser ultrapassado: a vergonha da vítima. a vergonha tem que, por pressão social, ser toda do agressor. :)

Larose disse...

....sempre k ouço algo sobre o assunto .....pergunto-me para que raio as mulheres querem um pé uma boa perna ............ nos tomates do filho da puta!

juro que até lhe saíam as pevides pelas orelhas!

bagaco amarelo disse...

larose, estou contigo. :)

Anónimo disse...

Creio que a violência fisica deve ser um pesadelo. Infelizmente cada vez mais há a violência psicológica que também não é nada boa. Como dizes Bia, e muito bem dito, a vitima vive um eterno sentimento de culpa simplesmente porque não compreende o que se está a passar. Quando há uma separação é o choque total...
Lady speaking

bagaco amarelo disse...

anónima, a violência psicológica é bem intensa nestes casos, por ser uma violência feita dentro de portas, escondida duma forma cobarde. é como se a vítima tivesse que engolir o mundo todos os dias. :)

Paula Raposo disse...

Nem mais. Concordo. Beijos.

bagaco amarelo disse...

paula raposo, :)

Anónimo disse...

Ola a todos...
Bem posso partilhar experiência e no que diz respeito a viloencia domestica a vitima nao se sente culpada por nao perceber o que se passa, ela acha que mereçe, pois a terapia psicologica é tao forte que a vitima passa a aceitar aquilo, pois acredita que mais ninguem a ama e mais ninguem a vai querer.
É horrivel o misto de sentimentos que se tem, eu digo-vos que até houve alturas que tinha nojo de mim, afinal eu nao passava de um objecto, nao tinha poder de decisao, nem sequer estava autorizada a viver a minha vida.
Finalmente ganhei forças e ha 4 anos que me livrei dele, tenho um filho lindo com 5 anos, do qual me orgulho muito, e neste momento sou feliz e realizada.

Cátia :D

bagaco amarelo disse...

cátia, obrigado pelo teu testemunho e, mais do que isso, obrigado por teres sido capaz de acabar com o que te aconteceu. é importante que haja mulheres capazes... :)