10.16.2009

coisas que fascinam (88)

As mulheres que vivem sozinhas dividem-se em dois grupos: as mulheres que colam cenas nos frigoríficos e as mulheres que não colam cenas nos frigoríficos. Entenda-se por cenas coisas tipo fotografias, ímanes das viagens que fazem, contas por pagar, desenhos feitos em guardanapos de café e afins...
Acho que sempre me interessei mais pelas mulheres que colam cenas nos frigoríficos. Normalmente são mulheres com mais garra emocional. Riem e choram com mais facilidade porque tudo o que lhes aconteceu na vida teve importância, má ou boa. Aliás, colar cenas no frigorífico é precisamente isso: tentar agarrar pedacinhos da vida e fazer um pequeno mural com eles para que nunca desapareçam.
É verdade que viver com uma mulher que cola cenas no frigorífico é um desafio maior, mas também é verdade que a vida fica mais condimentada. Há uma espécie de caos nestas mulheres que eu adoro. É o caos dos cabelos sempre por pentear, é o caos das calças pisadas no calcanhar, é o caos do filho que foi para a escola sem a lancheira, é o caos da borbulha que apareceu exactamente na ponta do nariz e por fim é o caos das emoções, aquelas emoções que se manifestam numa lágrima que cai num copo de vinho depois dum jantar que quase queimava, dum sorriso trémulo levemente embriagado e, por fim, dum abraço forte incontrolável.
Acho que quando se tem uma namorada que cola cenas no frigorífico é bem possível que essa relação seja duradoura. Duradoura e caótica, é verdade... mas vivida com muitos altos e muitos baixos. Com uma namorada que não cola cenas no frigorífico até podemos nunca nos chatear mas é certo que a coisa vai acabar cedo. Provavelmente vai até acabar muito antes do seu fim oficial, porque não percebemos logo que a branquidão vazia daquele frigorífico é também o vazio da nossa vida...

45 comentários:

Miúda-Mulher disse...

Curioso este texto. Eu não colo nada no frigorífico :-)

Apple disse...

Adorei este texto, porque além de muito belo eu colo cenas no frigorifico...

Bichana disse...

Interessante... quando vivia sózinha colava cenas no frigorífico.
Agora vivo junta e continuo a colar cenas no frigorífico...
Deixaste-me a pensar...
Adorei a tua escrita.

Olga disse...

Nunca tinha olhado para o frigorífico dessa perspectiva. O meu ultimamente anda desprovido de papelada. Penso que seja a altura de fazer uma reflexão sobre o assunto... ;)

DC disse...

excelente texto. arrepiei-me :)

beijo

a Trofa tem cozinheira disse...

.............................
eu nao colo NADA no frigorifico!!! portanto.....!! nao sei...no coments! LOL

a Trofa tem cozinheira disse...

DEVES TER BATIDO COM A CABEÇA!!! lol ainda estou a pensar nisto....!

lady speaking disse...

Desculpa mas discordo completamente com o que escreveste. Eu não coloco nada no meu frigorífico e consigo ser o caos e a sentimentalista que referes. É uma questão de organização, coloco as minhas coisas nos sitios devidos, nos albuns de fotos, nos cadernos de lembranças, nas caixinhas de recordações etc etc.

Moika disse...

Eu colo cenas no frigorífico!

:D

Sophia disse...

loool
O que eu me ri! =)
Ri me porque moro sozinha... ri me porque me identifico com essas mulheres que vivem com garra , com entrega e em caos. Ri me porque todos os amigos a quem mostro a minha casa, param alguns segundos diante do meu friforífico à espera de algumas explicações sobre os papéis, fotos e demais objectos...
Nunca tinha relacionado a porta do meu frigorífico com a minha forma de ser! ;)
Gostei!

GiGi disse...

Cada atividade nossa reflete um pouco (ou muito) do que somos. O que você escreve é um encanto. Você é um encanto :-)

Beijos doces

Anónimo disse...

- colar cenas no frigorifico?? - check
- garra emocional? - check
- riem com facilidade? - (se tiver piada) - check
- choram com mais facilidade? - depende
- cabelo por pentear? - isso nao :S
- calças pisadas no calcanhar? - check
- borbulha na ponta do nariz? - as vezes :(
- filhos? - not yet
- lagrima no vinho? - isso deixo para a minha mae, ela faze-o melhor que eu
- abraços fortes? - adoro

Resumindo e concluindo....sou (99%)um caos de mulher mas proporciono uma vida condimentada ao meu parceiro!! looool
Acho que ele concordaria contigo Ivar

EV

bagaco amarelo disse...

miúda-mulher, estás sempre a tempo de começar a colar. :)

apple, fixe. és das minhas. :)

bichana, isso, na minha opinião, é mesmo um traço positivo sobre ti. :)

olga, exactamente... os frigoríficos têm um potencial enorme... :)

dc, beijo... :)

a trofa tem cozinheira, não colas nada e ainda por cima és cozinheira... lol. está mal, está mal... :)

lady speaking, não há regra sem excepção. :)

moika, boa. :)

sophia, é a minha análise profunda e séria sobre o assunto... :)

gigi, é verdade que sim, que reflecte... e tu também és um encanto. :)

bagaco amarelo disse...

ev, lol lol lol... bem bom. :)

GiGi disse...

Eu?? Corei, agora *^_^*

provocação disse...

Eu tb divido os homens numa perspectiva bem realista e credível: pilas.
Há os que a têm grande, e os que nem existem.

Maguita disse...

E quem tem encastrados que não há iman que lá fique????
Pronto eu confesso, colo no respirador do fogão LOL

bagaco amarelo disse...

gigi, :)

provocação, lol lol lol. :)

maguita, é aceitável... :)

Canuck disse...

Ahahahahhahahahhaahaha...
http://canuckpt.blogspot.com/2009/03/176.html

GiGi disse...

Em complemento à Provocação.

Em relação aos de pila grande, há os que sabem usar e há os que não sabem. E estes são uma tortura! LOL

Olha as "cunversa"... LOL

a Trofa tem cozinheira disse...

.....eu bem te disse que fiquei traumatizada com isso....olha que o q escreves não é de todo verdade!!! EU GUARDO TUDOOOOO até o minimo pacote de açucar ...uma petala de flor tudo..MAS NAO NO FRIGORIFICO!!!! DAH! e olha q eu choro tb com mta facilidade!!
RESUMINDO, eu sou um espectaculo! LOL

SABES que todas as teorias devem ser refutadas.......

memyselfandi disse...

Coincidência ou não, eu tenho o frigorífico forrado de coisas! Ele é recados, ele é contas para pagar, ele é desenhos do meu filho, ele é fotos engraçadas, enfim... E eu que achava que era porque estava a ficar "cota" e com medo de me esquecer das coisas... Que bela (e fresca) perspectiva esta!

Pati disse...

Amei o post! Eu vivo sozinha... e colo muitas cenas no frigorífico!

. disse...

Engraçado. Acabei de ler um livro que incidia sobre a temática de colocar coisas na porta do frigorífico. Neste caso são duas pessoas, uma mãe e uma filha, que quase não se vêem e comunicam através de recados na porta do frigorífico. O livro lê-se num sopro. Ainda assim, a mensagem implícita (e explícita) é profundamente gritante e ao mesmo tempo emocionante. É um livro para todas as mães e para toda a gente que tem uma mãe. Por isso se aprecia mulheres que colam coisas no frigorífico, aposto que vai gostar muito destas duas mulheres.

Chama-se "A vida na porta do frigorífico" e é da autora Alice Kuipers.

Um beijo e o seu blog está nos meus favoritos. Gosto da sua sensibilidade e do carinho com que trata as mulheres e os seus estados de alma. Carla

Nirvana disse...

Eh pá! O que a porta de um frigorífico pode fazer. Tou aqui a pensar o que está colado na minha! Umas coisitas :)
Confesso, nunca me esqueci de mandar a lancheira, mas já me esqueci de pôr o lanche lá dentro. Vinho, lágrimas e sorrisos meios meios, excelente combinação (dependendo das circunstâncias, claro), mas cabelo despenteado não.
Abraços, nunca são demais ;)

Paula Raposo disse...

Eu estou inteiramente de acordo contigo!

Sabina disse...

Não colo nada no frigorífico. Não gosto.

Se contar para alguma coisa, o espelho do meu quarto está tão cheio de coisas ( fotos, recadinhos, bilhetes) que ás vezes mal me consigo ver.

Lost in Translation disse...

ai bagaço.... ler o teu texto foi como olhar para um espelho. mas o que mais me surpreende é a tua capacidade em analisa-lo e descrevê-lo. deixo este post com uma esperança renovada nos homens. afinal, alguns até se dão ao trabalho de nos conhecer. e agora vou ali à cozinha colar o teu texto...

xanasofia disse...

E a 1 vez k aki venho mas adorei !!!
a do frigorifico e tal equal o k sinto,
he he....
os meus 2 frigorificos, um em portugal e agora o outro onde vivo estao xeio de imans, imensas fotos, papeis papelinhos, achei uma graca e tocou me!!!
Gostei !!!
Beijinhos
xanasofia

rosa disse...

O frigorífico é encastrado…. E agora?
Hehehe

Fabi disse...

Serve colar cenas noutro sítio qualquer que não seja o frigorífico? Tipo a porta do quarto ou o espelho? É que eu colo... =P

sem-se-ver disse...

eu só tenho 3 imans colados no frigorifico, trazidos cada um de seu museu.


isso coloca-me em que categoria, pá?

Crown of Love disse...

Adorei o que li, todo o sentimento e até acho que no fim de contas compreendes bem de mais as mulheres...é verdade que somos um "bichinho" raro, com ideias fulminantes, alterações de humor repentinas, queremos e não queremos estar em todo o lado, se até para nós por vezes é-nos difícil de entender imagino ao bicho Homem, mas tu estás lá :)

Quanto a mim...sim tenho coisas coladas ao frigorifico, desde os tais imans das viagens, desenhos do meu filho, desenhos nossos, fotos e até listas de compras, para que ter um espaço enorme pintado de branco, quando se pode ter mil cores logo pela manhã ao ir buscar o leitinho?????

Gostei...vou aparecer mais vezes.

Kiss Kiss

Brunita disse...

E é isto, precisamente isto que fascina no teu blog. A tua capacidade de reparar em pequenos pormenores, a sensibilidade de atribuir a coisas tão insignificantes alguma cor.
Claro que gostei, ou não fosse eu uma das que tem o seu frigorífico completamente "quitado": desde pacotes de açucar, a poemas, imans e bilhetinhos deixados lá por casa :)
Mas quem é que alguma vez associou isso à minha tremenda complexidade? Ora, que eu saiba ninguém! Por isso é que o teu pensamento (concorde-se ou não com ele, note-se!) é de uma originalidade fascinante :)
Primeira vez que comento após um convite "amizadístico" no facebook. E agora que comecei, difícil será parar ;)
Keep up! ;)

bagaco amarelo disse...

canuck, ena... bom frigorífico. :)

gigi, lol lol lol. :)

a trofa tem cozinheira, pronto,, pronto... eu também guardo pedras... :)

memyselfandi, eu esqueço-me das coisas... mas felizmente já era assim em criança. sei portanto que não é por estar cota. :)

pati, :)

carla. obrigado, não conheço o livro mas vou investigar. gostei da apresentação. :)

nirvana, essa da lancheira é comum... e é uma tortura perceber que nos esquecemos disso. :)

paula raposo, óptimo... há mesmo alguma verdade nisto :)

sabina, pode ser... o espelho também pode ser. :)

lost in translation, :)

xana sofia, lá está... há alguma verdade nisto. :)

rosa, esquece os ímanes e usa fita-cola. lol. :)

fabi, serve sim... :)

sem se ver, não te preocupes... não é na categoria museológica. :)

crown of love, também tenho desenhos da minha filha. :)

brunita, obrigado... e bem vinda. :)

Margarida disse...

Eu só da que colo coisitas no frigorifico! E o meu namorado vai para lá e toca a desordenar-me aquilo tudo!
Gostei do blog!

Beijinho!

bagaco amarelo disse...

margarida, isso é que está mal... não devias deixar, lol. :)

redonda disse...

E se colar, mas pouco?
E aos homens aplica-se o mesmo raciocínio?
Talvez haja homens que apenas conseguem ter relacionamentos duradouros com mulheres que colam coisas, outros que somente o conseguem com mulheres que não colam nada e outros com mulheres que colam pouco. Este nosso mundo é mesmo complicado :)

bagaco amarelo disse...

redonda, colar pouco ou muito é relativo, acho eu... :)

Tulipa disse...

lol, tenho de te dizer que o assunto deixa a pensar. Concordo com muito do que dizes, mas atenção, que a calça não tem de ser pisada ou termos de andar despentedas. Eu colo, mas apesar de algo trapalhona sim, é salto alto e muito boa imegem ;)
Excelentes textos, sou fã ;)
continua :)

bagaco amarelo disse...

tulipa, obrigado. :)

Patrícia Pinto disse...

Quem cola cenas no frigorifico vive mais... Abraça a vida no seu total mesmo com todas as coisas más! Aliás acho que as mulheres que colam cenas no frigorifico são pessoas que já passaram por muitas coisas más daí quererem agarrar e recordar todos os dias os pedacinhos de coisas boas que se lhes cruzaram no caminho!!

bagaco amarelo disse...

patrícia pinto, exacto... passa por aí. :)

Bípede Falante disse...

Colava quando solteira, aumentei a colagem depois de casada, meu filho aumenta um pouco mais a cada dia, meu marido não se importa, mas um amigo dele vive me perguntando como é que eu me acho colocando tanta coisa sobre a pobre geladeira.

bagaco amarelo disse...

bípede falante, não precisas responder ao teu amigo... :)