10.02.2009

respostas a perguntas inexistentes (65)

Imaginem-se a olhar durante um dia inteiro para uma parede amarela sem pestanejar e após esse dia a parede torna-se vermelha. Às vezes há mulheres que quando se aproximam de nós têm esse efeito: o mundo muda de cor. Ela passou por ele na fila para a casa banho do bar, sorriu-lhe e disse-lhe olá. Olá. Olá pode ser uma marca de gelados ou um cumprimento. Nessa noite foi uma cor... e ele adormeceu com essa cor: vermelho.

10 comentários:

Paulo Barbosa disse...

Compreendo bem esse sentimento... É de facto um efeito secundário a um estado melancólico e de solidão, em que vêmos uma pessoa, e imaginamos o que essa pessoa será. Claro que temos apenas a imagem que nos chamou a atenção, o perfume, uma mini saia, uma cara espantosamente bonita, e pegamos nesse bocadinho e fazemos uma extrapolação. A pessoa passa a ser perfeita nesse momento.

Lembro-me bem dos tempos em que me era «permitido» fazer isso. Agora tenho de apenas olhar e contemplar o visível sem me atrever a projectar o resto da pessoa. Vida de casado versus vida de solteiro.

bagaco amarelo disse...

paulo barbosa, eu acho que podemos sempre fazer isso... :)

Anónimo disse...

Paulo,concordo plenamente com o BA. A imaginação nunca nos deve faltar. A prática é que deve ser limitada à pessoa com quem estamos casados. Se quisermos passar à prática com outras passoas é porque está algo de errado nessa relação.

bagaco amarelo disse...

anónimo, exacto... é mesmo isso... :)

memyselfandi disse...

Pois é! Deve ser mesmo isso...

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, :)

memyselfandi disse...

O vermelho seria de paixão, embaraço ou raiva? Provavelmente é o último pois quase de certeza que é casado e não pode ;)

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, lol... mesmo casado podia ser de paixão. :)

Paula Raposo disse...

Eh eh ele já estava com os copos?!

bagaco amarelo disse...

paula raposo, lol. :)