10.22.2009

conversa 1342

Ela - Achas possível apaixonares-te por uma pessoa que passou por ti na rua mas que não conheces de lado nenhum?
Eu - Isso aconteceu-te?
Ela - Não sei...
Eu - Eu acho possível isso acontecer...
Ela - Então aconteceu-me.

20 comentários:

Crown of Love disse...

O amor não se procura...encontra-se...onde menos esperamos, num simples virar de esquina...

O meu foi com um simples café :)

Kiss Kiss

bagaco amarelo disse...

Crown of Love, acho que sim, que se encontra onde menos se espera. Mas também acho que se procura... :)

a Trofa tem cozinheira disse...

omeu foi axar que o gajo tinha a mania e era FEIO! afinal nao era...... e EU CASEI COM ELE!

Paula Raposo disse...

Eh eh eh diálogo giríssimo!!

Margarida disse...

Apaixonar?

Humm...só por ter passado por nós na rua?

Acho que não.

Beijinho!

Bichana disse...

O amor... acontece!

Joana disse...

Se calhar o amor que é procurado nunca vale grande coisa, é quase como que forçado, ou não?

A Tela disse...

Não acredito, não, é apenas atracção: com a quantidade de gente que passa por nós...só para um(a) pinga-amores!

Diaboderoupacurta disse...

LOL Bem, tens sempre umas conversas muito subjectivas lool

Mas concordo contigo, às vezes temos que ser nós a dar o primeiro passo e a procurá-lo (ao amor), não vá ele pensar que não queremos nada com ele :P

Crown of Love disse...

Talvez o erro seja mesmo esse bagaco, procurar o que não se pode encontrar...como é que procuramos um sentimento?Que forma, cor e cheiro ele tem??
O amor acaba sempre por nos deixar assim, com dúvidas.
Há coisas que só se sentem não se vêm.

Kiss Kiss

Salseira disse...

Procurar o amor? Mmmmmm... não dá lá muito resultado na minha opinião...

Acho que é daquelas coisas que quanto mais se procura menos se acha.

Mas constrói-se, isso sim. :)

susana disse...

Já me aconteceu!! :) nunca mais o vi :(

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Queria ver a resposta dela caso tú dissesse que nã achava possível isso acontecer...o que cê acha que ela ia dizer?

bagaco amarelo disse...

a trofa tem cozinheira, lol. :)

paula raposo, eu achei... estranho. :)

margarida, olha... eu acho que sim... :)

bichana, yep. :)

joana, não obrigatoriamente acho eu... mas nunca consegui tirar conclusões sérias e credíveis sobre isso. :)

a tela, pois... eu não chamo uma atracção de apenas. :)

diabo de roupa curta, exacto... ou nem dar por nós. :)

crown of love, pode encontrar, sim... eu pelo menos acho que pode... :) beijinho

salseira, lá está. eu não acho nada porque sei pouco sobre isso... mas quando não se tem uma coisa, procura-se... acho eu. :)

susana, também já me aconteceu isso... mesmo sem nunca mais a ver, ainda bem que aconteceu. :)

Se o "se" não tivesse ficado só no "se", não sei... mas acho que ela ia silenciar-se. :)

memyselfandi disse...

Ó, pá! O nosso conceito de "apaixonar" deve ser bem diferente. Mas olha, e viva a paixão!

Tulipa disse...

É possível sim, e é muito bom. :)
Sentimo-nos novamente adolescentes quando isso acontece. No meu caso tive mais sorte... voltei a vê-lo ;)

Bagaço, continuas on fire, já não consigo desgrudar, lol.

Beijinhos para todos

Anónimo disse...

assunto interessate,mas m pouco ultrapassado porque hoje em dia o amor a primeira vista esta fora de questao visto que hoje as pessoas ja quase nao se veem agora o que esta a dar e o amor sem vista alguma,cyber love ahahah!
Estou a brincar mas nao muito longe da verdade, Mas amor a primeira vista nao ao primeiro contacto sim acredito mas so por passar e olhar atracao quem sabe mas nem isso eu creio muito, embora ache uma optima forma de nao se perder tempo lol
Catarina, anonima?

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, na verdade eu não tenho um conceito de apaixonar. :)

tulipa, lol... obrigado. :)

anónima catarina, sim... mas isso quer dizer alguma coisa, essa capacidade de haver paixão por quem nunca se viu... talvez seja uma paixão pelo que nós imaginamos que os outros possam ser. :)

Frutinha disse...

LooooL
lindo lindo lindo!

bagaco amarelo disse...

frutinha, :)