10.13.2009

maitê proença



Portugal tem uma incapacidade enorme de se rir de si mesmo e uma enorme tendência para a pequenez. Só isso é que pode justificar o facto de metade do país andar indignado com o vídeo que a Maitê Proença fez em 2007 e que passou agora num canal de televisão brasileiro.
A mim o vídeo não me incomoda nada e não o acho importante. A Maitê é apenas uma brasileira entre muitos milhões de brasileiros e tem o direito de ter a opinião e os sentimentos que lhe apetecer em relação a Portugal, mesmo que o faça com algum mau gosto.
O que me incomoda no vídeo é esta imagem em que ela aparece a cuspir para uma fonte. Caramba... perdeu a sensualidade toda que eu lhe via desde a adolescência. Depois disto só lhe faltava arrotar, coçar a tomatada e dar um beijinho no Paulo Portas. Pois é...
[ler no JN]

63 comentários:

a Trofa tem cozinheira disse...

Somos 2!! nao me incomoda nada!! nao vejo nada de mais!!! DAH!!!

Maldonado disse...

Por acaso desconhecia esta história e só soube dela ontem, por meio do blog duma comentadora do meu canto.

1. Não se pode esperar muito dum programa de gaja, concebido para um certo público feminino imaturo e desprovido de qualquer sentido crítico, servindo apenas para ganhar audiências e não precisando de ser inteligente nem culto, bastando apenas ser popular.

2. Quanto à atitude de Maitê Proença, pessoalmente não acho que seja grave, pois há humoristas da nossa praça que também fazem o mesmo e a malta até se ri com as suas larachas…
Enfim, o nosso orgulho só fica ferido quando o sarcasmo é brasileiro, mas se for nacional, ah e tal até dizem grandes verdades e rebéubéu pardais ao ninho…
Se tivesse sido o Gato Fedorento a gozar com certas particularidades dos portugueses, decerto que tê-lo-iam aplaudido…

3. Não gostei do humor oco dela, não por achincalhar o nosso país, mas pelo facto de ser demasiado básico. Todavia, não faço disto um drama à PNR…

Gorduchita disse...

Concordo! É dar demasiado valor ao que não tem qualquer importância!

Hyndra disse...

Tb vi o vídeo e tb nao achei assim tão grave quanto se pinta!

provocação disse...

A fazer concorrência às Asias Carreras e Lovelaces desta vida... o bukake ainda que sugestivo dela há-de entusiasmar muito homem por essa web fora. Go Maitê go!!! Finalmente aproximou numa imagem o nome dela à única interpretação que "Maitê" me ocorre quando ouço/leio.

GiGi disse...

Ah, Bagaço... Vou ter que discordar de você.

Não creio que alguém tenha direito de desrespeitar assim qualquer cultura alheia. De fato, ficou feio para Portugal e mais feio ainda para ela. E por que não dizer que ficou feio inclusive para o Brasil, pois gera-se má impressão.

Se ela quiser falar mal, cuspir, arrotar ou vomitar (seja lá o que for) em alguém ou em algum lugar, que faça na casa dela e não em um lugar público, principalmente na terra dos outros. Acho que o mínimo de ética, respeito e educação qualquer pessoa, principalmente na posição dela, deve ter, seja para emitir opiniões ou expressar atitudes.

Este vídeo, sim, incomodou-me muito não pelo fato de ela ser brasileira, mas pelo fato de ser uma pessoa sem quaisquer princípios e valores. Ora, isto não se faz!

GiGi disse...

Completando...

Deveria não apenas exigir um "pedido de desculpas", mas que fizesse o favor de não aparecer mais em Portugal.

Ara... >:-((

Catarina disse...

pois é, eu já tinha visto este video hoje de manha. concordo contigo, estão a dar-lhe muito mais importância do que ele tem, isto vale o que vale, e a meu ver vale muito pouco, mas confesso que não achei grande piada! simplesmente pq essa gente é bem hipócrica, "ai eu amo pórtugau, eu amos os pórtuguesis", e no fim é isto... e tens razão, essa imagem da senhora a cuspir...enfim.. degradante! :P

VDinis disse...

Não me parece que o vídeo só tenha passado agora num canal brasileiro... se está no YouTube desde 2007 é porque deve ter ido mesmo para o ar em 2007 e não agora. O que me faz ainda mais confusão... andamos nós a discutir algo que já passou há 2 anos?!

Por mais patriótico que seja, vou ignorar a Maitê Proença, pois apesar de tudo o que disse, ela é que fez figura de parva e mostrou ser ignorante (estaria drogada?!). E isto porquê? Porque por mais que ela nos tente rebaixar, nós continuaremos a ser superiores aos brasileiros. Se não fossemos nós, eles [brasileiros] ainda estariam a viver no mato! E foi graças a Salazar (que ela se pronunciou) que os favelados não vieram mais cedo para Portugal espalhar/aumentar a criminalidade.

Se eles acham isto mau ou "terceiro mundista", porque vêm para cá?! Raios os partam!!!!

P.S.: Antes viver numa "vilazinha" chamada Sintra (que eu gosto bastante; deve ser a vila mais bonita do nosso país!), do que numa favela do Rio de Janeiro!

bagaco amarelo disse...

a trofa tem cozinheira, é só um mau momento dela.... :)

maldonado, concordo contigo em tudo... :)

gorduchita, exacto... assusta-me mais é a reacção exagerada... :)

hyndra, o grave é aquilo nem sequer ter piada nenhuma... para satirizar este país há tantos motivos melhores.... :)

provocação, lol. :)

gigi, eu não acho que ela tenha estado bem... mas também não acho assim tão grave. acho só que ela errou mas não a vamos crucificar por isso, até porque não é importante. Na verdade quem me contou isto foi um amigo meu brasileiro que estava muito indignado... e eu não percebi porquê tanta indignação... :)

VDinis disse...

Ah! Uma coisa que me escapou: andamos nós a discutir uma coisa só porque alguém no Facebook ou no Twitter se lembrou disto?! Não andaremos a perder tempo ou sem uma vida para viver?

Miss Kin disse...

O que ela diz, não me chateia nada, ela não conhece a maioria dos portugueses de lado nenhum e eu incluída, achei só todo o video de um excepcional mau gosto, principalmente se era para mostrar às pessoas, é que ela podia ter feito e ser uma coisa dela.
De qq forma, a única prejudicada é ela, que com a quantidade de gente que se insurgiu, daqui já não leva mais nada...

bagaco amarelo disse...

catarina, não tem piada nenhuma, não... mas não é essa gente que é hipócrita, é mesmo só a maitê. :)

vdinis, discordo completamente com a tua generalização. graças ao salazar a única coisa que tivemos foi ignorância, censura e tortura. tenho um respeito enorme pelo Brasil enquanto país, país que não tem nada a ver com este acto da Maitê.

Miss Kin disse...

@ Maldonado: já fui seguidora do programa em questão, e até gostava muito, não acho que seja tudo isso que disseste, penso é que é a verdadeira conversa de gaja, sobre uma data de coisas. Mesmo assim, aquele era um vídeo a não mostrar e muito menos a comentar depois.

Pedro Neves disse...

No fundo, isto até é bem feito para os portugueses que andam sempre com os brasileiros ao colo! Mete nojo! Há programas na SIC que só têmcomo objectivo promover e dar a conhecer toda a merda da TV Globo. A mim, esta coisa de se chamar «irmãos» aos brasileiros, foi coisa que nunca gostei. Quem são os brasileiros comparados connosco? Ninguém! País de terceiro mundo!

VDinis disse...

bagaco amarelo, estou a generalizar tal como ela o fez. Pronunciei-me em relação aos "brasileiros", tal como ela se pronunciou em relação aos "portugueses".

Em relação ao Salazar, estou a responder com a arrogância que a Maitê merece. Não vivi no tempo de Salazar e, sinceramente, não estou muito interessado se ela gosta dele ou não. Não corcordo com a sua [Salazar] atitude, mas também já passou; quem viveu no seu tempo soube lutar para que as coisas mudassem. Apesar de fazer parte da história, acho que chega de andar sempre a falar no senhor. Por favor!

Em relação aos brasileiros, não tenho nada contra eles. Que fique bem claro. Há bons e maus brasileiros como há bons e maus portugueses. Mas se ela fala dos "manéis", eu falo dos "favelados"!

Liliane disse...

O que leva uma mulher tão inteligente a fazer esse tipo de coisa???

Independentemente da nacionalidade dela, fosse em Portugal ou em qualquer outro país, o que ela fez, foi sim uma falta de respeito, para não dizer de educação.

E como brasileira, sinto muito por esse episódio.

Beijos

bagaco amarelo disse...

miss kin, aquele vídeo não era para mostrar simplesmente porque é fraco demais... :)

pedro neves, vejo para aí um umbigo enorme... e às vezes quando olhamos muito para o nosso umbigo não vemos o resto. não acho que os portugueses sejam melhores ou piores do que os brasileiros e, na verdade, essa discussão até é desinteressante. :)

vdinis, ainda bem, então. :)

liliane, não sei o que pode levar uma mulher inteligente a fazer isto... mas acho que foi apenas um acto infeliz. nada mais. :)

Kito disse...

Bem.. não acho nada de mal na intenção ou divertimento da Sra..

Só espero sinceramente que ela não volte a meter os pés em Portugal!
(se vier vai ter de se "aguentar à bronca")

Cumps,

bagaco amarelo disse...

kito, isso concordo. ela tem uma probabilidade enorme de levar uma chapada se cá vier outra vez. :)

GiGi disse...

Bagaço, você é muito otimista! :-))

Mas ainda continuo a discordar de você, pois, para mim, respeitar a cultura/história seja do próprio país ou de um país alheio, torna-se fundamental para uma pessoa bem instruída, inteligente e culta.

Qualquer um tem o direito de errar, é fato. No entanto, no caso de Maitê, uma mulher na posição dela, valendo-se pelo estatus que ela adquiriu ao longo de tanto tempo, cometer uma "gafe" como esta constitui, na minha opinião, um erro irreparável.

Enfim, respeito e até admiro sua atitude em não sentir-se incomodado, coisa que não consigo e acabo me excedendo mesmo. Pois eu acho muita falta de respeito, extrema arrogância! Não gosto destas coisas...

Ah, só mais uma coisinha: gente, Brasil não é só Rio de Janeiro não, viu? Rio é só um pedacinho dele. O restante é bem diferente! :-))

Beijinho, Bagaço! :-*

*flor* disse...

Quando as pessoas não têm nada de jeito para dizer faziam melhor figura se ficassem caladas!!

Não falo das críticas mas das tentativas de piadas limitadas que ela faz!

E a cena da fonte...sinceramente
que falta de sex-appeal!! lol

beijuu*

JVM disse...

Ela nao tem culpa de nao estar habituada ao bom vinho portugues, dps ficam assim e fazem estas figuras... Tb existe um filme da Maite a andar a cavalo e esse provoca-me mais indignaçao

morski pas disse...

Realmente estamos a dar demasiada importância a uma Tonha, é verdade que não gostei do tom de gozo da tonha, mas também é sabido que somos alvo de chacota no Brasil, e não é de hoje, é desde sempre!
A única coisa que me fez, e faz impressão é alguém, independentemente do seu grau de "importância" social que esta tenha, é fazer piadas com a cultura alheia, quando DE CERTEZA, foi tratada pelos parolos (Nós, tugas)como se de uma raínha se tratasse.
Eu pessoalmente, era INCAPAZ de o fazer, de ir para outro país de livre vontade brincar com a cultura de cada um!
Coloco isto nesta posição, não pelo facto da tonha ser brasileira ou não, podia até ser Egípcia ou Marroquina, mas por ser indelicado, e eu, certamente não o fazia!
Se fossem os gatos a brincar com isto, o sentido sería diferente (pelo menso para mim, mas cada qual pensa de forma diferente, tudo bem), mas esses pelo menos, a meu ver, têm alguma legítimidade para o fazer! É o meu ponto de vista!
Agora fazer uma baixo assinado para ela pedir desculpas......eh pá, sinceramente, ela q ponha as desculpas num sitio que eu cá sei!

Ainda só é Terça feira, por isso, boa semana a todos:)

bagaco amarelo disse...

gigi, eu percebo-te. a sério que sim... mas não acho que a Maitê tenha conseguido fazer isso: desrespeitar Portugal. Acho até que se desrespeitou mais a ela mesma. :)

flor, a cena da fonte é a pior de todas, sim, e uma decepção... perdeu a sensualidade toda que tinha... :)

jvm, nunca vi esse do cavalo... mas tavez gostasse de ficar um cadito indignado com ele. :)

morski pas, concordo contigo mas não acho que no Brasil sejamos tratados como parolos. Há anedotas sobre portugueses no Brasil? Com certeza que sim e ainda bem que as há. Também temos anedotas de alentejanos aqui em Portugal... acho que conseguirmos rir de nós mesmos é uma qualidade, não um defeito. :)

Nirvana disse...

Bagaço, desculpa discordar, mas não acho que tenhamos incapacidade de rirmos de nós próprios. Quando o humor é feito com qualidade e classe. Agora aquele video é uma piada de mau gosto do princípio ao fim.
Provavelmente o facto de ela ser tida como simpática, com ar de (sonsa)boazinha, piorou um pouco as coisas.

"...considerada por muitos uma das actrizes mais bonitas e simpáticas do Brasil. Como todas, disse também que "gosto muito de Portugal, dos portugueses". E os portugueses, como povo acolhedor que sempre foi, abre os braços e come tudo o que aparece. São tratados como se fossem especiais. Porque os de fora é que são bons. Pois não são e espero bem que se comece a dar a devida importância ao que se faz cá.
Aquela amostra de video é realmente uma obra de arte de estupidez. Dificilmente alguém conseguiria dizer tanta asneira em tão pouco tempo..." Isto foi o que escrevi sobre o assunto. Não vou perder o sono por causa disto, mas não gostei.
Independentemente do que possamos pensar de Portugal hoje, embora tenhamos um jeito muito grande para dizer mal de tudo, acho que não há nenhum português que não se orgulhe da sua História.

GiGi disse...

Olha eu aquiiiii de novo :-))

Adoro seu blog ^^

Com certeza! Maitê queimou-se feio com tal atitude e perdeu toda sensualidade, como você diz, enquanto Portugal continua lindo e charmoso! E eu aqui, com uma vontade crescente em conhecê-lo.

Quanto às anedotas, há muitas pessoas que contam ou fazem por malícia, mas de minha parte é com carinho! Ixi... Se eu fosse encanar com as de loira, então... Sim, sou loira natural :-)

Só acho estranho este vídeo ter aparecido só agora, após 2 anos que foi feito. Enfim, isso também não é lá tão relevante, não é mesmo? Deixa pra lá...

Beijos! :-***

Claudia Garcia disse...

Visitar um país estrangeiro é o equivalente a visitar a casa de alguém. Não devemos criticar aquilo que lá encontramos. Nem gozar. Nem cuspir. É suposto portarmo-nos com educação, até porque as pessoas que lá vivem apercebem-se de que somos de fora e é inevitável que depois pensem que os habitantes do nosso país são todos como nós. Não se cospe em monumentos, meu anjo! Ah que coisa tão feia... Então isso faz-se?! Quando esse monumento foi feito, ainda nem sequer existias. Tremenda falta de respeito!Os portugueses não são burros? Tu é que revelaste uma enorme falta de inteligência por gozares com a placa do número 3 invertido, sem sequer pensares que aquilo poderia significar alguma coisa. (EM SINTRA, uma cidade mistica, esta classificada como património da humanidade) O número 3 invertido passa a ser um "E", e é chamado de "poder do 3". Esta letra representa o olho (de Hórus). Simboliza Marte. Representa talento. Representa guerra. Representa também a Estrela de David.O 3 invertido é ligado ao aliviar de stress e ansiedade.Uma técnica de oratória para controlo dos ouvintes muito usada pela Maçonaria é usar este poder do 3 invertido ou olho, dividindo a oratória em 3 tópicos, pois o cérebro de quem ouve assimila melhor do que se for em 2 ou 4.Aquela placa de 3 invertido poderá unicamente representar uma moradia Judaica, uma forma de dizê-lo ao mundo sem que a maioria das pessoas entendam.


Quanto ao resto é tão ridiculo, é tanta a falta de cultura que nem vale a pena comentar.


SALAZAR? 20 anos? Mais de 30! Estilo manuelino? (que ela compara com as piadinhas brasileiras do Sr. manuel?) Não sei como é possivel tanta ignorancia numa só pessoa, e o mais engraçado que que no dito programa todas se riam muito, sem fazerem a minima ideia da realidade.


Porque Será que não utiliza o apelido do pai? GALLO! É desonroso que use um apelido português. Porque não subterfugia ela a sua descendência Portuguesa?? Proença, Etimologicamente significa Em Português Medieval: Província. Realmente saiu-se bem pior que uma “provinciana” – que na sua conotação mais depreciativa é o mesmo que dizer no Brasil “brega”. Foi mais do que isso! Foi mesmo desprezível

Até que nem tanto esotérica assim! disse...

Adorei seu blog!
=**

Sam disse...

apenas acho que para fazer bom humor é preciso uma inteligencia acima da media, coisa que a senhora obviamente não tem. foi um mau momento.
a meu ver nao se trata de incapacidade nossa de rirmos de nos proprios, porque isto nao tem absolutamente graça nenhuma. se ela tivesse feito uma satira bem feita e inteligente, seria diferente. mas foi um video de mau gosto, e pouco inteligente.

Dakota disse...

A sério, o problema foi o momento ter ficado gravado, ter sido imortalizado ... (como os corninhos do Pinho):)))
e passar a ser do domínio público (não porque não mereçamos saber das coisas, mas porque muitas vezes uma coisa que não merece assim tanta importância poder agigantar-se, como neste caso!).

Quantos de nós não temos momentos destes? Gozamos com esta ou aquela pessoa, este ou aquele país, ESTA OU AQUELA REGIÃO DE PORTUGAL? Que atire a 1.ª pedra quem nunca fez isso.

Agora, acho estranho terem levado uma gaja inteligente (que me parece ser M. Proença) a fazer uma coisa destas (gravar mesmo)... Como tentativa de humor, falha redondamente - ela não tem 'isso'. Falta de dinheiro? Insanidade temporária? Baixa auto-estima? Outra desilusão de amor?

Dakota disse...

Caramba Maldonado, agora fiquei mais ofendida com o que dizes no teu Ponto 1 do que com a 'ofensa da Proença'. Então tu achas que apenas mulheres burras e imaturas gostam de programas como o tal Saia Justa? E que não é, de todo, visto e apreciado por homens burros e imaturos, e já agora por toda a gente (homens, mulheres, trans) que gosta (e apenas entende) a piada fácil e brejeira?!
Tô zangada com você!

redonda disse...

Não sabia de nada e hesito em ficar curiosa ou nem sequer procurar saber o que é que ela disse :)

Joana disse...

A fita preta na cabeça tamém não a torna nada sexy. E eu que ainda acreditava no Pai Natal...

Bichana disse...

Pela primeira vez discordo da tua opinião.
Nunca fui com aquela carinha "delicodoce" e sonsa que ela tem, agora muito menos.
Parvalhona, oca.
E temos razão para estarmos indignados sim...

L u i s P e s t a n a disse...

Esta mimada tem o direito de dizer o que lhe apetece e eu o direito de definir o que acho piada ou não, sem ser acusado de “pequenez”, uma palavra usada de forma demasiado simplista no nosso país.

Só é pequeno quem o quer ser.

Alguém que ensine à mimada (desculpem mas aquela vozinha…):

1) Um pouco de história de Portugal, e nem é preciso ir muito longe...só algumas décadas, sei que a leitura não é o seu ponto forte

2) Que fomos nós que estreitamos a relação UE/Brasil, dando vantagens económicas fundamentais, e agora até lhe compramos livros, mesmo que ela escreva de forma mediana e banal

3) O significado do número "3" ao contrário...

4) Alguma educação e mais respeito, nem que seja pelos 400mil brasileiros que (e muito bem) vieram trabalhar para cá, pois pela lógica dela, não devem ser muito inteligentes para ter escolhido um país como o nosso.

Portugal foi um país de Emigração, mas agora é um país de Imigração, algo que tenho muito gosto que assim seja e que tem um significado positivo que esta mimada não entende

5) Antes de se cuspir algo verde num monumento deve-se colocar a mão à frente

Nota: Critico a mimada, mas ao contrário do que ando a ler pela Internet, não generalizo esta situação. Eles são 200 milhões, logo há mais hipóteses de haver personagens destas…

Fabulosa disse...

concordo completamente contigo, ela tem direito à opinião dela, a brincar, a seja lá o que for que fez no vídeo. não vale a pena fazer disso um bicho de sete cabeças!
(e a pior imagem dela também é a que referiste... blhéckkkkkkk!) =P

murmúrio disse...

A questão não é se ela tem ou não direito à sua opinião e se a sua opinião nos incomoda ou não...o que me incomoda particularmente é ela vir para cá dizer que nos ama, que ama o nosso país e depois aceitar fazer um doc a gozar com as gafes que este pais e o nosso povo comete, como se só aqui se fizéssem, e fazê-lo com ar de quem agradece por não fazer parte dele!

Mas pior é comentar as informações que recebeu de um outro brasileiro como se isso fosse um dado adquirido sobre Portugal...no mínimo que mostrásse que foi um Português ignorante que as passou, e não um brasileiro ignorante, o que a torna completamente desprovida de bases para poder comentar como alguém que sabe o que diz e só a levou a afundar-se nas águas da fonte para a qual cuspiu!

Seria interessante se as pessoas ás vezes pensássem um pouco mais antes de apontarem aos outros as suas gafes e fazendo elas mesmas um video infeliz como este. Com isto apenas reduziu todas as suas possibilidades de continuar a ser adorada por tantos...principalmente se a imagem que tens no blog ficar nas nossas mentes!! lol :D

bagaco amarelo disse...

nirvana, eu também não gostei.... mas também não lhe dei importância nenhuma. e tens razão no aspecto do humor, sim: aquilo não serve para rir. :)

gigi, pelos vistos, como o vídeo só passou no Brasil, demorou a aparecer alguém em Portugal que realmente se importasse com ele. Eu, por exemplo, se estivesse no Brasil e visse o vídeo na televisão, não lhe ia ligar nada. A seguir ia era beber um chopinho contigo... :)

cláudia garcia, obrigado pelo teu texto. aprendi com ele... e sim, apesar de não dar grande importância a isto acho que a Maitê mostrou ignorância... :)

até que nem tanto esotérica assim! , obrigado. :)

sam, admito que tens razão, sim. :)

dakota, também me interroguei como é que isto pode ter acontecido com uma pessoa que me parece razoável... :)

redonda, podes ver o vídeo no link do jn... não tenhas problemas. não é chocante... :)

joana, não há nada ali de sedutor nela... o que é pena. :)

bichana, lol... olha, coma carinha dela delicodoce eu até ia... :)

pestana, concordo que não se pode generalizar. na verdade acho isso o mais importante. :)

fabulosa, essa imagem é má demais... mesmo muito má. :)

murmúrio, mas eu acho que não te devias incomodar com isso. a maitê é só mais uma pessoa no mundo... :)

Olga disse...

Confesso que a mim também me revolta um pouco ouvir e ver o desprezo que esta senhora tem por Portugal mas também acho que não se deve dar demasiada importância a quem não a merece.

Acho sinceramente que a senhora entre outros defeitos não tem jeito nenhum para o négócio. Afinal ela vem para cá vender as novelas e as peças de teatro e entretanto decide falar mal dos clientes. Não me parece uma boa técnica de marketing.

GiGi disse...

Aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh que fofo!! :-))

Nossa! Este assunto rendeu pano pra manga, heim! Eheheheh ^^

Maria Angela Matos disse...

Sou brasileira, era admiradora incondicional dessa atriz e escritora brasileira, hoje tenho vergonha da conduta sem-educação e amoral dela

Lili disse...

Não é por nada... mas este é o texto com mais comentários da "primeira página" do teu blog :P
o que só prova que efectivamente, e até para quem diz não achar nada de muito relevante, no fundo toda a gente acabou por lhe atribuir alguma importância... Pelo menos, a suficiente para gastar um pouquinho de tempo a comentar. E há comentários bastante elaborados até ;)
Mas sim, faço parte da extensa lista de gente que acha tudo isto um grande exagero - de facto a imagem dela a cuspir não é bonita, mas o que não falta no nosso país e no resto do planeta infelizmente é gente que cuspa para o chão a toda a hora e nunca foi o fim do mundo por causa disso, portanto também o não será agora;)

Pedro Lopes disse...

Por acaso a mim incomoda um bocado! Até porque as centenas de Portugueses que foram ver a sua peça de Teatro, e que consomem as telenovelas onde ela participa, contribuem para o seu ganha pão!
Parece-me que essa senhora gosta de cuspir no prato que come, e isso, incomoda-me um bocado!

Já para não falar no cinismo de todos os brasileiros que quando estão por cá dizem maravilhas de Portugal e depois pelas costas, é o que se vê!

Abraço
PedroLopes

Maldonado disse...

@Dakota:
Só se ofende quem a carapuça lhe serviu...
Esse tipo de programas é direccionado maioritariamente para o referido público, mas obviamente que há sempre homens que o vêem.
E não me vou alongar, pois não alinho em polémicas gratuitas e tão-pouco em saudáveis trocas de insultos. Para isso já basta a caixa de comentários do Público...

Maldonado disse...

@Miss Kin:
Respeito a tua opinião acerca do programa em questão, embora discorde.
Cada um vê o que gosta mais...

elisa disse...

ahhh, bom ver outra pessoa que não ficou incomodada. Por momentos, pensei que a minha capacidade de indignação (que eu achava infindável) tinha ido para o espaço:)
Exagero é a palavra que me vem a cabeça quando vejo a reacção em massa a este vídeo. O vídeo é idiota, ela perde a classe toda que eu lhe achava mas enfim, nem me aquece nem me arrefece.
E depois as tiradas nacionalistas e altamente patrióticas que tenho lido por aí arrepiaram mais do que vídeo em si (que não vi todo por achar ...chato e sem piada).
E como dizem e bem os brasileiros, gente, pega leve!
Um abraço, Baçaço:)

K disse...

Vamos lá por partes; é certo que por vezes temos dificuldades em rir de nós próprios, contudo penso que tal será sempre difícil quando o humor inteligente está efectivamente presente; e aquilo nem humor é, é só falar mal e pronto. Com algum mau gosto é fazer-lhe um grande favor, não achas?

A propósito do que escreveste lembrei-me de uma passagem de um livro, que não é propriamente abonatória para nós portugueses mas que amei por ser tão verdade e por me ter feito rir. Já a Maitê não me fez rir, mas também não lhe dei assim tanta importância.

Mas a melhor reacção ainda é esta

http://www.youtube.com/watch?v=xSX3uO7Yw2Q

;]

Lizard King disse...

Muito sinceramente ainda não percebi porque é que meio mundo anda indignado com este video e o outro meio mundo a ignorar, "porque as coisas só tem a importância que lhe damos", a mim o que me surpreendeu não foi a maldicência sobre Portugal, foi mesmo a ignorância dela...lolol (Salazar mandou construir o Padrão dos Descobrimentos e a coroa de Glória: "Aqui em Portugal também é assim o rio vai dar no mar" - bolas é mesmo mais cá conta..lolol) se enquanto anónima me incomoda a ignorância, quando alguém que é figura pública se expõe desta maneira, revelando a mediocridade cultural (e não só a do rio é básica)acerca do país que visita a minha reacção não foi de choque pelo que disse mas sim porque o disse, revela tacanhez camuflada de graçola.

A Tela disse...

Faço parte da facção que se indignou com esta infâmia. Quero lá saber se lhe fica mal a ela, se estava bêbada/drogada, blablabla. Insultou todos os portugueses e os nossos antepassados, de parceria com a GNT (repararam como todas elas se riam, histéricas?). Não aceito as "desculpas" do "brincadeirinha, gente", é ofensa mesmo. Como se diz cá na terrinha, quem não se sente...

bagaco amarelo disse...

olga, é mais isso, sim: não tem importância. :)

gigi, verdade... meia centena... :)

maria angela matos, não acho que tenhas que ter vergonha... não tens nada a ver com ela. se eu tivesse vergonha cada vez que um português diz coisas que não deve acho que nem saía de casa com tanta vergonha. :)

lili, tens razão... mas isto também é só um blogue... e tem a importância dum blogue... não mais. :)

Pedro Lopes, não sei se essa das centenas é verdade, nem em que é que te baseias para chegar a esse número. os meus amigos brasileiros são realmente meus amigos e nem sequer penso nessa questão quando estou com eles. :)

maldonado, :)

elisa, essas tiradas nacionalistas/patrióticas não percebem que são o pior daquilo que estão a precisamente a criticar. :)

k, foi exactamente como eu. lol... areacção está demais... :)

lizard king, tens razão, sim... :)

a tela, eu não me sinto ofendido por alguém que manda emails a dizer que não está a conseguir mandar emails. :)

Lili disse...

Não é "só" um blog, tenho uma vaga ideia de há tempos ter ficado bastante bem classificado no ranking de sites portugueses mais vistos, ou algo parecido :P e no fundo os comentários espelham aquilo que se viu em todo o lado no dia em que essa "pseudobomba" estoirou - importante ou nao, relevante ou nem por isso, errado ou certo, a verdade é que deu demasiado que falar e teve bastante mais importância do que merecia;)

Vida na escola! disse...

Eu sou brasileira, e achei errado o que ela fez. Uma tremenda falta de respeito. Se fosse o contrário?? Se um estrangeiro fizesse isto aqui, ninguém iria gostar, ela devia ter pensado antes.Aliás, existe um programa chamado CQC da rede Bandeirantes, que sempre mostra o tanto que estas mulheres falam de bobeiras. Ao meu ver, são bem fúteis. Fanley C. de Freitas

Larose disse...

enaaaaaaaaaaaaaa tanto post ...na li nenhum .... mas ela tem direito aos sentimentos dela ...... e EU tenho direito aos meus!


Queria ver se ela fizesse o mesmo com os judeus ....para mim foi um insulto a um povo ...e mai nada!

lá que tivesse feito o video ...que se risse aki do Zé pagode que demonstrasse a ignorância dela lá nos particulares... lá nas intimidades dela ....metê-lo na Tv isso é outra louça

bagaco amarelo disse...

lili, exacto... mais do que merecia... e eu acabei por contribuir um bocadinho para isso. :)

vida na escola, eu concordo que foi errado, sim... só não acho que deva ter uma grande importância. :)

larose, o canal de televisão também foi um bocado parvo, sim. :)

Periquito disse...

QUem diz isto que coloco abaixo e não se retrata não pode ser bem tratada ou desvalorizada... Continua a chamar a um país "a terrinha" Desculpem mas é a minha opinião...

""Não falei mal de Portugal", defende-se, no entanto, a actriz, mas o vídeo já motivou um abaixo-assinado na net. "Não falei mal de Portugal, amo Portugal, os portugueses, tenho amigos e visito o país sempre que dá", disse Maitê Proença ao JN. "Meus livros são publicados na terrinha e vendem muito bem", acrescentou. Na página do Twitter também deixou a mensagem: "Que chato o pessoal que não sabe lidar bem com o humor"."

bagaco amarelo disse...

periquito, eu só acho que é um problema dela. :)

Tulipa disse...

É uma questão q divide os Portugueses. Pessoalmente acho de mau gosto. Se foi realmente um vídeo caseiro, deveria ter ficado por casa mesmo. A apontar: a ignorância da bicha que a delata em quase todos os takes (começando no 3 ao contrário, que tem um significado); a dúvida do episódio do pc e de quem lhe mandaram para resolver a questão (estaria mesmo num hotel de 5 estrelas? Hehe, duvido). 3ª e última: depois quer vir para cá em digressão com peças de teatro? O nosso povo na sua generalidade parece-me magoado e tenho dúvidas quanto à sua reacção.
Uma pequena nota: no comment em que fazem alusão ao humor dos gato fedorento, há que ter em atenção uma coisa: para já gozam com o que é nosso, e depois há sempre a velha máxima que relembra a história em que mulher fala do marido: a única a poder dizer mal era ela. Para criticar estamos cá nós e não o fazemos com tanta ignorância e falta de nível. Certo? Na minha opinião, para se brincar/gozar, também é preciso saber. Certo? ;)

bagaco amarelo disse...

tulipa, a questão do pc até deve ter sido uma incompatibilidade qualquer por ser um pc brasiliero, ou seja, acontecia num hotel ou num parque de campismo. eu concordo que é de mau gosto, só não concordo que seja importante. :)

Kris disse...

ola, pois tb acho que é dar demasiada importancia a quem não a tem! alias as nossas anedotas ate são bem notorias os algarvios contam dos Alentejanos esses contam dos Lisboetas e os outros dos nortenhos e etc....mas fica tudo em familia...quando vem de fora não soa nada bem!
publiquei no meu blogge uma cena sobre este assunto, de alguem realmente mt indignado e a responder na mesma moeda...lol, toma lá, da cá..e contas liquidadas, enfim!

bagaco amarelo disse...

kris, é mesmo isso, sim... :)

Larose disse...

...mas inda ninguém se deu conta que a questão do pc, foram 2 homens ...armados em maxos feitos penetras para ver uma GAJA !!!!!

bagaco amarelo disse...

larose, lol. :)