12.15.2011

o bosão de Higgs

Hoje um homem passou por uma mulher. Quer dizer, passou por muitas pessoas na rua, num centro comercial, à porta da escola onde esperou o filho para almoçar e no gigantesco edifício onde vai fazendo intervalos na vida para trabalhar. Passou por muitas pessoas, mas agora que se afastou do mundo para poder jantar a sós com a luz da lua, e enquanto vai bebericando vinho dum copo embaciado, só se lembra duma mulher. Uma que não o olhou de frente mas talvez tenha olhado de lado, tão sorrateiramente como ele queria ter feito e não fez.
Pensando bem, talvez até tenha sido melhor assim. Ele também nunca olha nos olhos das mulheres que lhe interessam, pelo menos à primeira. Não tem coragem. Contou a história ao melhor amigo, pelo telefone, enquanto a água para o arroz branco ia fervendo, e ele não percebeu como é que uma mulher que apenas passou por ele lhe pode interessar tanto. Mas interessa, por isso é que se lembra dela e não das outras mais de mil pessoas que passaram por ele.
O Amor também tem um Bosão de Higss, uma partícula elementar à sua existência. Pode ser o olhar, por exemplo. Tudo começa à escala mais pequena possível deste mundo, até um grande Amor. E se um dia destes passar por ela de novo, talvez os seus olhos se evitem como o voo de duas moscas tontas para depois chocarem finalmente um no outro. Foi assim que se apaixonou a última vez e depois surgiram mais choques em cadeia: o dos lábios, o das mãos e o do corpo. Do corpo todo.
Hoje um homem passou por uma mulher e agora não consegue sentir o sabor do sal da comida. Nem sequer tem muita fome. Dá mais um gole no copo de vinho. Talvez um dia destes...

10 comentários:

Blue Eyes disse...

Curioso título... o meu marido trabalha no CERN, o laboratório europeu que procura encontrar, precisamente, essa partícula! Gostei da ligação ao amor na sua essência!

Poison disse...

não me importava nada que alguém se apaixonasse assim por mim! tenho de andar mais atenta na rua ;)

Fatyly disse...

oh cum caneco, cadê o meu Bosão de Higss?:) Ohhhhhhhh Bosão num Centro Comercial não pf hehehehe:)

Como sempre gostei:)

Alforreca disse...

Excelente.

Carmo disse...

O Amor está por perto e nem nos apercebemos. Vou começar a olhar com olhos de ver.

:)

Candybabe disse...

O olhar é o começo de tudo...

$hort disse...

A semelhança entre o Bosão de Higgs e o Amor, é que todos andam a tentar provar a sua existência.

Precisamos dele para existir.

Ou precisamos dele para validar a nossa realidade?

LM disse...

Talvez tenha sido melhor assim...

Anónimo disse...

Muito bom. parabéns. Pode continuar neste registo por favor?

bagaco amarelo disse...

blue eyes, ena! está quase a conseguir, então... :)

poison, às tantas andar desatenta também serve... :)

fatyly, obrigado. :)

alforreca, obrigado. :)

carmo, isso. :)

candybabe, por exemplo... :)

$hort, para ambos, às tantas. :)

lm, ainda não acabou... :)

anónimo, obrigado. :)