11.10.2010

vai de comboio


"Desde que o meu marido vai de comboio, o meu amante tem mais tempo para me dedicar", é o que diz um cartaz da ala flamenga de um sindicato belga de ferroviários com a fotografia duma mulher em trajes menores, a propósito da falta de pontualidade dos comboios belgas. A ala francófona não gostou e diz que o cartaz é machista.
Não sei se o cartaz é machista ou não, mas sei que em Portugal os amantes devem ter todos muito tempo para as mulheres cujos maridos andam de comboio. Eu até proponho à CP que, pelo menos para os passageiros que usam o Vouguinha, faça uma publicidade a dizer: "Desde que o meu marido foi de Vouginha,nunca mais o vi".
ver no Sol

9 comentários:

o dono disse...

Muito bom. No entanto, no meu caso pessoal, não me posso queixar.

Os comboios da Fertagus são super pontuais. Raramente falham. E o metro é um meio de transporte mais rápido em Lisboa. Por aqui, os amantes não têm muita sorte.

Giovana disse...

Ahahahahah tá feia a coisa aí?
Pior aqui, que nem comboio tem. Quebraria o maior galho se tivesse, faz muita falta. Mas... Enfim.

Não achei o cartaz machista, muito pelo contrário, pois trata-se de uma mulher casada que tem amante e não o contrário.

bagaco amarelo disse...

o dono, eu só tenho cp... e ainda por cima vai ser privatizada. :)

giovana, ena... não tinha pensado nesse ponto de vista. :)

Fatyly disse...

Também não achei o cartaz machista pelas mesmas razões apontades por Giovana, e acho que nem com isso a toda a CP deixaria a sua marca registada de há anos - falta de pontualidade - bem ao contrário da Fertagus!

bagaco amarelo disse...

fatyly, sim... a cp já foi bem pior. :)

Celeste disse...

olha esta ta de morte!

bagaco amarelo disse...

celeste, :)

Cristina disse...

Esta é de ir às lágrimas!

bagaco amarelo disse...

cristina, :)