11.17.2010

conversa 1638

Ela - O ciúme que um homem tem é maior quanto mais inseguro esse homem é.
Eu - De certeza?
Ela - Sim, o meu marido anda muito ciumento, e isso tem a ver com o facto de estar a ganhar uma barriguinha e de ainda haver homens que olham para mim na rua...
Eu - Acredito que haja homens a olhar para ti na rua, não acredito é que ele esteja inseguro.
Ela - Está, está. Não o assume mas eu noto.
Eu - E tu? Nunca tens ciúmes?
Ela - Tenho, claro que tenho. Mas as mulheres não têm ciúmes por insegurança.
Eu - Então é porquê?
Ela - Quanto mais detestam a gaja que se meter com o homem delas, maior é o ciúme que sentem.

25 comentários:

maria disse...

Certíssima!

bagaco amarelo disse...

maria, lol. :)

Jibóia Cega disse...

Eu nao chamaria a isso ciume mas sim raiva, coisa em que as mulheres sao peritas umas contra as outras ;)

EJSantos disse...

Ah, ah, ah!
Hilariante!

Mas um pouco mais a sério: nunca substimar o ciume. Não é bonito, mas pode ser muito destrutivo.

Inês disse...

Boa!!!!!
Excelente pensamento feminino...fico abismada com estas pérolas de sabedoria feminina!!

v.s disse...

E detestamos a gaja ou por ser linda que até dói ou porque tem qualquer outro atributo que nós não temos, ou que poderíamos melhorar, ou outra coisa qualquer.
Quer digam quer não, está sempre associado a insegurança.

Salsa disse...

Mulheres não há quem as entenda.

Rui Mendes disse...

Faz sentido até...

bagaco amarelo disse...

jibóia cega, o ciúme tem sempre raiva. ou não? :)

ejsantos, pois pode... e auto-destrutivo. :)

inês, lol. :)

v.s. :)

salsa, às vezes entende-se bem demais. :)

rui mendes, sentido? faz sim... :)

TM disse...

Claro claro....

bagaco amarelo disse...

tm, :)

Jibóia Cega disse...

bagaco, eu acho que nao. a raiva vem depois do ciume, digo eu :)

Anónimo disse...

Não há porquê ter ciúmes do meu marido. A única mulher que detesto é a irmã dele lol

bagaco amarelo disse...

jibóia cega, se calhar há aí uma fronteira um tanto ou quanto indelével. :)

anónimo, lol. :)

Me,myself & I! disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh!
Assim fiquei esclarecida!
Sempre que venho cá aprendo qualquer coisa!
:)

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, serviço público, este blogue, lol. :)

redonda disse...

Não sei não. Nestas coisas de ciúmes somos todos tão diferentes que não me parece que se possa generalizar.

Paulo disse...

Que valente dica feminina (constatei isto mesmo este Verão), realmente elas são mesmo originais até no ciúme.

A Mulher é:
Bela quando está sorrindo
Bela quando está séria
Quando têm o exclusivo, tudo é lindo
Quando têm concorrência, tudo é mistéria

não rima pois não
mas foi de coração
LOL ^^

Abraço para o Bagaço
outro por inteiro para Aveiro

bagaco amarelo disse...

redonda, generalizar nunca se pode, ou pelo menos nunca se deve. mas dá tanto jeito para fazer blogues... :)

paulo, outro abraço: :)

Dumb disse...

SO TRUE!!!

bagaco amarelo disse...

dumb, :)

Fatyly disse...

Nisto não me posso pronunciar porque não sei definir o ciúme porque nunca senti, embora saiba e muito bem o que é ser alvo de "posse" absurda e destrutiva psicologicamente, que muitos definem como sendo ciúme...sinceramente jamais em tempo algum quero sentir de novo "essa posse doentia" porque não sou propriedade rústica.

O que descrevi na primeira pessoa e que depreendo deste diálogo...é que tudo gira em torno de "és meu/minha" e de mais ninguém...mas alguém é dono de alguém ou para uma relação estável, duradoura e sei lá mais o quê ...onde fica o diálogo?
Um homem não pode apreciar uma mulher e vice-versa? olhar é comer algum bocado? gaja? e meterem-se? como assim? olha...uma baralhação completa e vou ali ao psiquiatra ouvir a sua opinião:)

bagaco amarelo disse...

fatyly, eu acho que um ciúmezinho é importante. não esse que descreves do "és meu/minha". :)

Anónimo disse...

leggere l'intero blog, pretty good

bagaco amarelo disse...

anónimo, :)