7.23.2010

conversa 1560

(na praia)

Ela - Não percebo bem o que procuramos mesmo numa relação.
Eu - O que procuramos?
Ela - Sim... em termos emocionais principalmente. Procuramos uma vida emocional mais agitada ou mais calma?
Eu - Quando alguém vai ao cinema ver um filme blockbuster, ao futebol ou simplesmente a um carrossel procura emoções fortes, mas essas emoções são efémeras. Como não é suposto uma relação amorosa ser efémera, creio que o tipo de vivência emocional que aí se procura é outro.
Ela - É o quê?
Eu - Se compararmos essas emoções efémeras a estas ondas fortes do mar, eu diria que numa relação normalmente queremos um mar de ondas suaves onde se possa nadar sempre. As ondas grandes podem dar gozo mas cansam-nos rapidamente.
Ela (levanta-se)
Eu - Onde vais?
Ela - Vou dar um mergulho, a ver se me passa esta necessidade de emoções fortes.

11 comentários:

João Silveira disse...

Boas, gosto muito do teu blog e leio-o há mais de um ano. Só que desde que publicaste um livro que a tua escrita mudou, agora usas metáforas por tudo e por nada, e por sinal nem sempre muito boas.
Espero que voltes a ser o velho bagaço amarelo.
Cumps

bagaco amarelo disse...

joão silveira, obrigado. :)

Kito disse...

Decididamente gostei bastante deste post! Um dos melhores..

bagaco amarelo disse...

kito, obrigado. :)

GiGi disse...

Belíssima metáfora, Bagaço :)

Margarita disse...

Talvez uma mistura das duas fosse o ideal, uns dias mais calma outros mais agitada. O agitado não tem que corresponder obrigatoriamente a discussão. Digo eu, que pouco sei.*

RubenD disse...

Parabens pelo blog,
a tua maneira de escrever é fantastica;)

Fatyly disse...

ora bem e com toda a certeza que lhe passou e como as águas são tão quentinhas né...passou de um potezinho de mel a um de gelado com todos os sabores.

Tu davas para psicólogo e com mais um cadinho de jeito...psiquiatra:)

Fatyly disse...

ahhhhhhh porque de padre não tens nada e ainda bem, aldraaaa lol

memyselfandi disse...

Sim, essas cansam-nos depressa. Mas o mar também é feito de ondas grandes e nem sempre podemos nadar nele...

bagaco amarelo disse...

gigi, obrigado. :)

maargarita, às vezes nós próprios podemos agitar um bocadinho as águas. :)

rubenD, obrigado. :)

fatyly, lol... para padre não dava, não. isso tenho a certeza. :)

memyselfandi, exactamente. :)