7.02.2010

conversa 1541

Ela - Para uma mulher o Amor passa rapidamente duma necessidade a um capricho.
Eu - Como assim?
Ela - Rapidamente percebemos que é impossível ter realmente o amor dum homem. Só o temos enquanto lhe dá jeito, por isso o melhor é ver o Amor como um capricho que pode acabar a qualquer altura.
Eu - Quem te ouvir até pode pensar que são sempre os homens a acabar com as relações. Eu até acho, embora possa estar errado, que há mais mulheres a acabar com relações do que homens. Comigo foi assim a vida toda.
Ela - O que tu não consegues perceber é que quando uma mulher põe fim a uma relação é porque o homem já pôs fim ao Amor que tinha com ela.
Eu - Não é nada assim.
Ela - É, é.

27 comentários:

Rice disse...

"Ela" sabe taaanto, mas tanto!

bagaco amarelo disse...

Rice, mas não é assim. :)

R. disse...

Tem conhecido os homens errados. :)

R.

bagaco amarelo disse...

r, também acho que sim. :)

Caia disse...

As mulheres gostam de se sentir desejadas e amadas... senão, nada feito!
Têm de trabalhar mais nesse sentido, não descurar!

Eli disse...

Eu concordo!
Num geral quando uma mulher decide acabar é porque o homem deixou de amar, de se preocupar ou de mostrar que está presente.
E em muitos desses casos quando ela acaba eles apercebem-se de quem tinham e de quem não querem perder.

A pergunta é será que as mulheres são más e fazem os homens sofrer? Ou será que eles é que fazem sofrer durante os relacionamentos?

GiGi disse...

Não é assim, mas ELA é assim.
Porque cada mulher é um "labirinto" diferente e o homem que encontra a saída sabe que para ele não vale a pena. Até ele encontrar outro que vale :)

Obs: estou ranzinza ultimamente, mas esse comentário até que ficou giro XD

Fabiana Amaral disse...

Ela tem conhecido os homens errados, eu, e a enorme maioria das mulheres que conheço.

Perdoem-me a generalização; sei que isso não é sábio, e não é verdade absoluta. Mas, no geral, homem é covarde com relação a sentimentos. Não tem coragem de dizer que acabou. Já perdi as contas de quantas situações assim vivi e vi outros viverem.

Tulipa Negra disse...

Concordo com ela: É, é! :)

Anónimo disse...

Bem, desta vez tenho que concordar com a amiga.

Beijo x
P.S.

Silk disse...

Secalhar é por ser mulher, mas as conversas delas fazem sentido... ainda que nem sempre concorde com elas.

Nox Lilin disse...

Ela é um bocado radical.
O amor foi feito para a Humanidade (tanto para os homens como para as mulheres).
O problema é a má comnunicação. Não nos entendemos um o outro.

Matilde {not Carrie} disse...

Tu - Não é nada assim.
Ela - É, é.

O eterno debate, que nem o Nuno Rogeiro, que é mocinho para perceber do assunto, consegue por fim e encontrar explicação. Ela diz que sim, tu dizes que não, eu digo que talvez seja...

Beijocas

Myann disse...

Espero que ela esteja tremendamente enganada...

RJ disse...

Concordo inteiramente com ela, mas há sempre excepções...não que eu conheça alguma!

Olga disse...

Esta mulher devia receber um Nobel.

bagaco amarelo disse...

caia, as mulheres e os homens, não é? :)

eli, eu acho que a pergunta é "será que o Amor é uma questão de género?" :)

gigi, pois... para encontrar a saída de um labirinto, às vezes, basta pôr uma bomba no mesmo. :)

fabiana amaral, até acho que tens um bocadinho de razão. :)

tulipa negra, e não. :)

anónima, não é só desta vez. :)

silk, fazer sentido não significa ter razão. :)

nox lillin, é mais por aí, sim. :)

Matilde {not Carrie}, "talvez" é uma fuga, não é? beijinhos. :)

myann, e está mesmo. :)

rj, lol. :)

olga, nobel de quê? lol :)

Tulipa Negra disse...

E sim. :)
Se calhar fui eu que tive azar, mas comigo sempre foi assim. Não sei como é, mas os homens perdem a coragem quando querem acabar uma relação. Desde o que deixou de atender o telefone e mandava dizer que não estava, ao que ficou de ligar a combinar um encontro e nunca disse nada, ao outro que começou com uma grande conversa da treta para ter de ser eu a acabar tudo... Enfim, as experiências não foram as melhores, de facto.
Beijinhos

EJSantos disse...

Interessante, esta conversa 1541. Enquanto a li, e aos comentários, estava a ouvir no youtube os Humanos, a canção "Quero é viver".
Coincidências :-)

Mas a tua amiga está quase certa; o amor é um capricho. Mas o Amor não...
Quem o sentiu sabe do que estou a falar.

EJSantos disse...

Interessante, esta conversa 1541. Enquanto a li, e aos comentários, estava a ouvir no youtube os Humanos, a canção "Quero é viver".
Coincidências :-)

Mas a tua amiga está quase certa; o amor é um capricho. Mas o Amor não...
Quem o sentiu sabe do que estou a falar.

Matilde {not Carrie} disse...

bagaco,

talvez seja... pois o 'sim' e o 'não' varia de caso para caso. Nada pode ser generalizado, nem homens, nem mulheres.

Bjs

bagaco amarelo disse...

tulipa negra, se bem que quando um desaparece é porque o outro também o faz, não é? :)

ejsantos, pois...eu percebo-te. :)

Matilde {not Carrie}, eu disse que era uma fuga mas não por ser uma espécie de cobardia, que não é. é mesmo um "sei lá". eu também recorro a fugas... :)

Fatyly disse...

Esta agora parecia a minha neta com 4 anos, "É, é" e claro que não é nada assim e tens razão! Pobre dela que deve ter batido na quina da cama:)

Tulipa Negra disse...

Ui, isso era uma conversa que nunca mais acabava... Beijinhos

bagaco amarelo disse...

fatyly, :)

tulipa negra, :)

Equilibrista disse...

é é.

bagaco amarelo disse...

equlibrista, :)