1.12.2010

conversa 1398

Ela - Andei anos e anos a acreditar que ia encontrar um homem totalmente compatível comigo. Hesitei em muitas relações que até podiam ter corrido bem só porque na altura achei que ainda não era o momento nem a pessoa para mim.. E agora...
Eu - E agora o quê?
Ela - Agora, em vez de acreditar que vou encontrar esse homem sinto-me a ficar cada vez mais sozinha.
Eu - Tens muitos amigos.
Ela - Mas os amigos não chegam para tudo.
Eu - Pois não, é verdade. Mas ainda és nova. Tens a minha idade.
Ela - Com quase quarenta anos um homem é considerado novo para iniciar uma relação se já teve muitas mulheres, uma mulher que praticamente não teve ninguém perde o interesse. Os homens acham que ela tem falta de experiência. Foi esse o meu erro: tenho pouca experiência. Agora, cada vez que vou a um encontro vou nervosa e insegura.
Eu - Eu não acho que uma mulher perca o interesse por causa disso. Aliás, isso da experiência é uma tanga, pelo menos se estás a falar no plano sexual. Sexualmente só interessa uma coisa: é que as pessoas gostem mesmo muito uma da outra. Se for assim corre sempre bem.
Ela - Achas mesmo?
Eu - Acho?
Ela - Então se calhar nunca gostei de ninguém.

31 comentários:

Hyndra disse...

Pois, possivelmente não.

T disse...

Estas coisas deprimem-me.

bagaco amarelo disse...

hyndra, :)

t, a mim também... aliás, é por isso que bebo. :)

Patrícia disse...

Isso soou mesmo mal:(

bagaco amarelo disse...

patrícia, nada que não se resolva. :)

Salsa disse...

A experiencia e propria de cada individuo, existem aqueles que tem 20 anos com muita experiencia nos mais variados temas assim com aqueles que nenhuma tem.
O ter-se 40 anos nao quer dizer rigorosamente nada!

Adriana disse...

Nossa...
Se bobear isso rende anos de análise ...

Abraços.

Pocahontas na Cidade disse...

Agora tive pena dela... Por acaso é a mesma que a primeira coisa que ve num homem é a "conta bancária"?
É que se for, retiro a pena...

Angel disse...

Eu não quero ser do contra mas não acho nada que baste gostar. Mas tenho a certeza que com quem a tua amiga ficar não se vai importar de lhe ensinar umas coisas, desde que ela esteja disposta a aprender claro.
E diz-lhe que os homens são tão inseguros que vão adorar que ela não tenha tanta experiência assim...

GiGi disse...

Tem certeza de que está na profissão certa? Devia ser psicólogo, LOL!

bagaco amarelo disse...

salsa, eu concordo... ter quarenta anos só quer dizer que tem quarenta anos. :)

adriana, rende mesmo... pelo menos é mais barato que um psiquiatra. :)

pocahontas na cidade, pode ter pena... não é a mesma. :)

angel, e eu lá posso dizer isso? Ainda fico inseguro... :)

gigi, olha que não... olha que não... :)

Anónimo disse...

acho que ela não esperou até agora pelo homem totalmente compatível...aliás não esperou, ela viveu...
nem tudo se resume a avançar na vida, o não avançar é também avançar.


anónima 3

Anónimo disse...

é verdade quando se gosta mesmo muito, muito mesmo, corre sempre muito bem, mesmo até qd não corre, corre muito bem...


Vénus

Bichana disse...

A quantidade de pessoas que nunca gostaram de ninguém a sério é maior do que se imagina!
E achei que estiveste bem neste diálogo, muito bem mesmo! :)

bagaco amarelo disse...

anónima 3, pode ser que sim... pode ser que sim... e eu espero que sim. :)

venus, yep. :)

bichana, obrigado. começo a acreditar no que dizes. :)

Olga disse...

É mais fácil encontrar uma agulha no palheiro que encontrar duas pessoas que gostem mesmo uma da outra...

The fine pair disse...

"Sexualmente só interessa uma coisa: é que as pessoas gostem mesmo muito uma da outra. Se for assim corre sempre bem."

Ó Bagaço, és um romântico :) Gostei mesmo.

Malena disse...

Por acaso acho que as mulheres nos quarenta têm mais dificuldade em suscitar o interesse de um homem para uma relação que ultrapasse o sexo. Pelo menos tenho amigos e amigas dessa idade e é tudo muito diferente conforme o género!Deve ser triste a sensação de que nunca correu bem!! Mas olha que um amigo como tu também é coisa rara!! :-)

bagaco amarelo disse...

olga, já concordei com isso. agora, sinceramente, não. :)

the fine pair, sou o novo tony de matos. :)

malena, eu não tenho quarenta mas tenho quase... e na verdade nunca me apeteceu tanto isso como agora. :)

Sui_Generis disse...

com os meus 20 anos e não muita experiência no campo sentimental eu até acho que os homens apreciam uma certa "insegurança" nas mulheres,parece-me que assim conseguem mostrar melhor o seu lado "protector". Mas esta aqui sou eu, uma rapariguinha de 20 anos...
aos 40 a vida não acaba creio eu e a tua amiga certamente será feliz, basta deixar de meter os homens em "molduras" (serve ou não serve)e abrir o coração e alma
eis são os pensamentos duma menina de 20 anos,seguramente pode ser que não tenho razão.

GiGi disse...

Recentemente, falaram-me que os tugas são sentimentais. São meio "secos" também e até concordo. Mas são sentimentais.

E uns fofos :-)

Miss Kin disse...

Ai que horror, que coisa triste!

Anónimo disse...

ela até pode achar, q nem sequer que é tarde para encontrar um homem compativel, talvez nem se preocupe( talvez saiba q qd encontrar sabe q é ele )...mas se calhar o amor seguiu o rumo que tinha de seguir...ou se calhar ela até pode acreditar q o amor às vezes não desagua no casamento e filhos...ou se calhar até pode ter optado por travar o curso do rio, pq outras razões poderão ter sido tão importantes qto o amor...o amor não pode ser só o único prato na balança , caso contrário haverá desiquilibrio.

poderá ser um tanto redutor a visão q o texto transparece, sobre a vida dela.

anónima 3

bagaco amarelo disse...

suis_generis, eu não aprecio especialmente insegurança nenhuma. até aprecio o oposto... mas isso sou, não quer dizer que não estejas certa. :)

gigi, bem... se visses como estou agora ensopado por causa da chuva, não me chamavas meio seco. beijinhos... :)

miss kin, eu prefiro chamar-lhe realista. :)

anónima 3, o texto é certamente redutor em relação à vida dela. só espelha um momento, mais nada. :)

GiGi disse...

Ahahahahahah :-D ... Devia estar engraçado!

Opa :-X

bagaco amarelo disse...

gigi, é nestas alturas que me apetece mais ir para o Brasil. :)

Anónimo disse...

essa conclusão que fazes sobre o cabeça dela, não é antes a tua conclusão?
será q não és tu que não a vês tal qual ela é. não é teu ego a falar? parece ...
dás a ideia que ela se queixa ou é uma mulher amarga por ter esperado(se é q esperou ? ) uma mulher rendida, derrotada, desalentada... o texto a mim desse prisma, parece-me q não foi nada feliz.
até um tanto, arrogante de tua parte...

anónima 3

bagaco amarelo disse...

anónima 3, é a tua conclusão. :)

Anónimo disse...

não , não é a minha conclusão. não tenho nada a concluir... apenas dei ou formulei uma opinião que é susceptível de ser falivel... perfeitamente falivel.
e dei uma outra leitura que o texto poderá ter( entre tantas outras ), só isso nada mais.

anónima 3

bagaco amarelo disse...

anónima 3, tá bem.

Anónimo disse...

fico a aguardar, que um dia deste escrevas como são os homens, nas suas incertezas, inseguranças, preconceitos , desorientações, crueldades nas relações ou não...
será um tema deveras interessante, também para se analisar, se assim o entenderes.
e poderá ser curioso ver as opiniões das mulheres sobre eles.
vénus