12.03.2008

porque é que a tua mãe não te lava com sabão Fairy?



Para além do racismo óbvio nesta publicidade, apetece ouvir a miúda responder: "E o teu pai, não te dá banhinho? É só a tua mãe?". A miúda preta está descalça e com um olhar curioso, a miúda branca está calçada e ainda tem um sabão numa das mãos. A primeira está em nítida desvantagem social em relação à segunda. Acredito que esta publicidade americana é anterior à Guerra da Secessão (1861/65), altura em que apenas as mulheres davam banho aos filhos....

26 comentários:

pedro disse...

o que me faz pensar: desde dessa época, que evolução tivemos a nível de mentalidades como o racismo?

Tânia disse...

Há uns tempos descobri o teu blog e coloquei um link no meu porque adorei. Esta é a primeira vez que comento, apesar de cá vir todos os dias, só para te dizer que naquelas maravilhosas pesquisas do google, veio alguém ter ao meu estaminé com a pesquisa seguinte "o gajo do blog não compreendo as mulheres é giro?". Achei que gostarias de saber. Vai-te fazer cá um bem ao ego ;)

Beijinho *

Liana disse...

:(

bagaco amarelo disse...

pedro, evoluímos... mas não suficiente. :)

tânia, estive a ver e no meu ninguém cá veio ter com essa pesquisa... mas estou contente, sim, tão contente que respondo já: É! :)

liana, :)

Fá disse...

Infelizmente ainda há muito racismo, ás vezes mesmo ao nosso lado... :(

Fá disse...

Infelizmente ainda há muito racismo, ás vezes mesmo ao nosso lado... :(

Miss G disse...

Quem teve esta ideia deve estara d ar voltas na campa ao pensar que o Obama vai ser presidente dos States.

gota de água disse...

A linguagem da publicidade é incrivelmente sexista desde sempre. Agora está talvez mais escondida, mas continua a marcar (diria mesmo acentuar) os preconceitos latentes e a apoiar-se neles para crescer e vender.

Obrigada por ires mostrando alguns anúncios que nos fazem reflectir sobre o assunto.

Jinhos,
Gi

bagaco amarelo disse...

fá, é verdade... :)

Miss G, eu não sou racista e também dou voltas (mas não na campa) a opensar que o obama vai ser presidente dos EUA. :)

gota de água, verdade, e obrigado eu, por estares aí. :)

Fabulástico disse...

Que pena não ter encontrado este anúncio primeiro. Esta sexta vou começar no meu blog uma secção com anúncios politicamente incorrectos.

Curiosamente exemplos racistas tenho encontrado poucos, mas anúncios a diminuírem as mulheres são aos magotes.

Continuem fabulásticos.

bagaco amarelo disse...

fabulástico, podes usar na mesma... :)

Lita disse...

Verdadeiramente triste...

Maestro disse...

Sim, infelizmente é este o mundo que vivemos! de qq maneira, e apesar de ser de descendência africana, este tipo de anuncio faz-me sempre rir :) não pela mensagem em si que é de todo errada mas porque para mim as pessoas que o fazem nem são o pior, mas sim o público alvo das mesmas. Este tipo de publicidade sempre vendeu muito bem, apesar de normalmente as mulheres serem o "alvo" favorito, o que me faz levantar uma questão: onde é que está o papel? :)

miss j0 disse...

oh, q anúncio infeliz..

Pearl disse...

E que só os brancos tomavam banho...

Mas...apesar dos retrocessos as coisas mudaram a sério, sei do que falo!

beijo grande

(bom apontamento)

that's all folks disse...

ninguém melhor que o michael jackson para publicitar esse sabão ihihihih

Olga disse...

Nos dias que correm ainda se assiste a várias formas de manifestação do racismo. Ainda estou à espera do dia em acabem com essas atitudes de merda! (desculpa o palavreado)

bagaco amarelo disse...

lita, sim... e por isso é que deve ser lembrado. :)

maestro, eu sempre achei que o racismo nunca ofende apenas os directamente visados mas sim toda a espécie. eu não sou de descendência africana e tb me sinto insultado com estas merdas... :)

miss j0, totalmente. :)

pearl, mudaram sim... e têm que mudar mais. :)

that's all folks, porquê? este sabão faz cair o nariz? ;)

olga, podes dizer merda à vontade... até porque tens razão. :)

Anónimo disse...

Defender a nossa diferença, e aceitar a diferença do outro. Este é de facto o caminho. Mas ainda temos muito para "palmilhar".

Mas ficam-me umas dúvidas...
Uma publicidade, só tem mérito e é interessante se retratar o ideal?
(Que no fundo não existe...)

A publicidade que deixe transparecer a nossa intolerância, é a que melhor nos reflecte. E nos belisca. E nos sobressalta. E nos faz pensar...

Detesto a publicidade "limpinha".
Essa é que me choca!

Quem fez esta publicidade, seria inevitavelmente "racista"?
Tudo indica que sim...
Ou seria um provocador?

No entanto, parece-me que a pureza das duas crianças retratadas, mostra um traço de igualdade, que seguramente não existia na altura.
Têm a mesma idade e olham-se nos olhos.
Apenas a criança branca fala. E o que diz, revela a sua inocência infantil. Só.
As roupas representam as diferenças sociais. Como um retrato.
Não me parece ofensivo.

Gosto da postura dos pés das duas crianças.

A mim não me choca ver esta publicidade de outros tempos.
Aliás a mim, não me choca publicidade nenhuma que nos mostre a cru. No pior e no melhor.
Choca-me é ver, que a publicidade de outros tempos, retrata muito este tempo também.

Gosto das cores do cartaz. Todas elas.

Um beijo
Ana

bagaco amarelo disse...

Ana, eu tb não gosto de publicidade limpinha... mas esta é, na minha opinião, apenas uma publicidade má... :)

that's all folks disse...

agora que falas nisso... de facto o nariz da rapariga branca até é parecido com o do michael...

bagaco amarelo disse...

that's all folks, lol. :)

Fabulástico disse...

Vamos ser positivos e pensar que o anúncio era só um "teaser".

No segundo cartaz a rapariga negra dava um estalo na branca e respondia:

«'CAUSE SHE CAN'T AFFORD IT, BITCH.AND IT'S YOUR MOTHER'S FAULT FOR THAT BEING SO!»

bagaco amarelo disse...

fabulástico, espectacular. quase que me apetece fazer essa versão. :)

heidy disse...

Será que evoluimos? ou existe uma evolução disfarçada? daquelas onde fica bem dizer que se é tolerante...

bagaco amarelo disse...

heidy, evoluímos mesmo... mas não o suficiente. :)