11.20.2007

respostas a perguntas inexistentes (17)


Ambos atravessavam verdades distintas como se atravessassem uma floresta densa. Ele chamava por ela e ela por ele, mas não se ouviam um ao outro. Foi então que ele reparou que não ouvia o estalar das folhas secas que pisava. Parou, talvez ela fizesse algum ruído a caminhar. Não... nada. Ambos caminhavam a dez centímetros do chão.

fotografia da exposição "numa avenida de merda", ic 2005

6 comentários:

Fatyly disse...

Cada um gere as suas "verdades" de forma diferente e por vezes caindo na realidade, aterram.

Anónimo disse...

foi o redbull :)

joana disse...

E que tal começarem a caminhar com os pés no chão?

bagaco amarelo disse...

fatyly, mas não há urgência nenhuma em aterrar... :)

bia lolololol.... uísque com redbull ;)

joana, tem tempo... :)

sereia disse...

Adoro folhas. Adoro caminhar sobre as folhas e ouvi-las estalar. Uma vez (há muito pouco dias) escrevi um poema sobre folhas... Chama-se: "Wie sagt man "folhas" auf Deutsh?
Adorei escrevê-lo.
Adoro que escrevas coisas sobre folhas.
Adoro que escrevas.
Um dia destes, vou ver a tua cidade a soprar folhas.
Abraço!

bagaco amarelo disse...

olha... sereia, também tenho um poema editado com uma palavra em alemão. o único problema é que é com a única palavara alemã que conheço... ;)