6.19.2007

mulheres do Jacinto Leite

Cheiram sempre a litradas de perfume e pintam de preto as raízes dos seus cabelos loiros. Tratam os filhos por você e também são tratadas por eles assim. Nunca cozinharam na vida a não ser, talvez, uma vez quando o Lyons Club da terrinha delas organizou um piquenique em vez dum jantar no Hotel mais caro lá do sítio. Mesmo assim estão sempre a dizer mal das empregadas: que são preguiçosas e não se consegue arranjar nenhuma decente. Não se lembram da última queca razoável que mandaram e, para compensar, passam os fins de semana a jogar bridge à janela e a dizer mal das estudantes que passam do outro lado.
Os maridos delas (e nunca elas), assumem nomes como Jacinto Leite Capelo Rego, têm uma foto do cardeal Cerejeira escondida na carteira, e doam à instituição de caridade nacional, CDS-PP, milhares de euros em troca de nada. Tenho pena que o Portas já não seja jornalista. De certeza que era capaz de escrever um artigo interessante sobre isto.

9 comentários:

Chapas disse...

Fonix! Neste canto da Europa há tanta jana dessa!
O Paulo Prtas anda sem tempo com tanta limpeza aos dentes e solário!

bagaco amarelo disse...

lol, chapas! jana dessa é cool

Elora disse...

E passam uma tarde no spa uma vez por semana.

bagaco amarelo disse...

lol

Patrícia disse...

Essas senhoras deviam foder um ´cadinho mais, talvez....se calhar deixavam-se disso...ou então trabalhar...

bagaco amarelo disse...

lol, patrícia. foder um bocadinho mai e trabalhar, tudo ao mesmo tempo, ainda as matava... hum... se calhar tens razão.

Fatyly disse...

Além dos botoques percebe?

Paulo Portas era de facto um jornalista fantástico e o Independente foi o que foi.
Mas deve ter comido tantas pipocas que agora já não diz coisa com coisa, aliás num compradio à sombra de uma cruz... vale tudo!

Fatyly disse...

"doarem em troca de nada"? humm e os botoques quem paga, percebeeeee???

Achas que ele seria de novo o jornalista que foi? o Jackson do Centro Diversão Solitária-PP bateu com a moleirinha num submarino danou-se e de tão religioso que é vai todos os domingos à missa rezar pelas madames dos percebes.

É uma segada das grandes!!!

bagaco amarelo disse...

o "doarem" era irónico, fatylynha. O Paulo Portas, de facto, era bom jornalista, embora eu não o curta nem um bocadinho desde sempre. A verdade é que o Independente cortava cabeças de políticos corruptos e arrogantes, tal como aquele em que ele se transformou...
O CDS-PP não é mais do que um colectivo de totós...