6.13.2007

conversa 226

Ele - Não vais contar esta merda a ninguém...
Eu - Vou, vou...
Ele - Olha que me fodes. A mim e a ela...
Eu - Pronto, vou só pôr no blog...
Ele - Não te conto mais nada. Nunca mais...

9 comentários:

maria_arvore disse...

Os escritores costumam ser incompreendidos na sua época pelos seus contemporâneos. ;)))

Luis Pestana disse...

Estamos à espera da história...

bagaco amarelo disse...

maria árvore, só alguns... mas de vale ser compreendido depois de morrer?

luis, não posso, o gajo mata-me. no mínimo parte-me os óculos.

Fatyly disse...

Cusco!!!

Elora disse...

Conta, conta!

Luis Pestana disse...

Outra vez não...

bagaco amarelo disse...

fatyly, não perguntei nada...

elora, queres que eu morra?

luis, pois não, phónix...

Fatyly disse...

e ser cusco é só fazer perguntas? o teu "vou, vou..., Pronto, vou só pôr no blog..." é o quê? gargalhadas

bagaco amarelo disse...

gatyly, são ameaças para ver se ele se cala e não me conta mais nada, lol!