9.08.2011

respostas a perguntas inexistentes (176)

egoísmo 



Acho que há uma boa razão para eu nunca ter sido bom de Amores. É que sou um gajo egoísta e o egoísmo não se dá bem com Amor nenhum. Não estou a falar daquele egoísmo de quem quer tudo o que vê nas mãos dos outros, estou a falar daquele egoísmo de quem quer o seu tempo e os seus pensamentos só para si. É uma merda, eu sei, mas sou assim. Fui sempre assim. E o Amor costuma acabar no sábado à tarde em que optamos por ficar em casa a organizar os cd's por ordem alfabética em vez de ir passear com quem Amamos. Não é que acabe logo, mas acabará por certo uns dias depois.
O problema deste tipo de egoísmo é que nem sequer o conseguimos perceber, e por isso também não sabemos bem por que motivo não queremos estar com quem Amamos. Inventamos desculpas estúpidas em que ninguém acredita. Nem sequer nós mesmos, e vamos sufocando nelas e na nossa hermética solidão.
É por isso que Amar nunca chega para que um Amor se dê. Amar é apenas o princípio. Depois é preciso sermos capazes de nos ultrapassarmos. De sermos um bocadinho melhores do que fomos até então, e isso passa por deixar de esperar que as coisas aconteçam para fazer com que elas aconteçam de facto. Nenhum Amor existe só por si, e quem acreditar nisso vai esperar pela felicidade como um burro que corre atrás da cenoura.
Foi a Raquel que me ensinou isto, ou talvez a vida. Sei lá. É que neste momento a Raquel e a vida são a mesma coisa. É por isso que não espero nada dela. Antecipo-me tentando vivê-la, a ela e à vida, acreditando que ela me vive a mim. Perdi o egoísmo, pelo menos parte dele. O tempo, aquele tempo que eu sempre quis só para mim com os meus cd's organizados por ordem alfabética, não existe. Nunca existiu, porque não pode existir um tempo só nosso. O tempo e a solidão não fazem sentido.
Lembrei-me disto hoje de manhã, porque queria ouvir "You and Your Sister" dos This Mortal Coil antes de sair de casa e não encontrei o cd a tempo. Com os minutos que perdi, acabei por nem sequer tomar o pequeno-almoço para conseguir apanhar o comboio. Primeiro enervei-me, sem perceber que o tempo que eu não tenho para organizar os cd's é o tempo que eu tenho para Amar.
You say my love for you's not real, but you don't know how real it feels. All I want to do is to spend some time with you, so I can hold you, hold you...

30 comentários:

sendyourlove disse...

...realmente não tenho sido boa de amores...

bagaco amarelo disse...

sendyourlove, tens os cd's organizados por ordem alfabética? :)

memyselfandi disse...

e mais uma vez rendida às tuas partilhas =). Belo!

Ana disse...

Eu, egoísta, me confesso.

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, obrigado. :)

ana, :)

Olga disse...

Ler isto agora fez-me aperceber que tenho andado a perder tempo nem sei bem com quê porque nem sou boa de amores nem sequer tenho a porra dos cd's arrumados. Fogo, que frustração!

Salsa disse...

sabes agora existe o youtube estão la todas.
mas olha que organizar as coisas a dois também pode ser uma maravilhosa descoberta, quantas vezes não venho das compras pouso os sacos no chão e vou pedindo as coisas que estão dentro dos sacos, outras vezes trocam-se os papeis e vou eu dando as coisas que estão dentro dos sacos.

Ps. tenho os meus CDs organizados por ordem cronológica e por Bandas / Artistas, torna-se muito mais fácil achar algo no meio de tantos, no entanto recordo-me que quando não era assim ouvia muito mais musica pois não encontrava logo á primeira aquilo que procurava e ia vendo outros que já não ouvia fazia muito tempo.

bagaco amarelo disse...

olga, se isto fosse o FB, eu gostava do teu comentário. :)

bagaco amarelo disse...

salsa, sou um conservador. ainda ouço cd's, cassetes e vinis. e gosto de o fazer. :)

Anónimo disse...

Mais um post que nos faz pensar... like!
Também precisamos de aprender a dar( sem dar pouco ou muito, na medida certa), receber e em sintonia com quem estamos.
Eu acredito!
Ana

bagaco amarelo disse...

ana, :)

rosa do deserto disse...

Esta música é tããããããão bonita!!!!!

:)))))))))

bagaco amarelo disse...

rosa do deserto, concordo. :)

Teresa disse...

It takes two...
Não basta o amor. Há que fazer cedências, de ambas as partes. Há que baixar os muros de um mundo só nosso e deixar o outro entrar. Perdemos? sim. Mas ganhamos muito mais! :-)

$hort disse...

*esperar pela felicidade como um burro que corre*

Esta saiu-te mt bem...

;D

bagaco amarelo disse...

teresa, nem sequer perdemos... apenas mudamos. :)

$hort, :)

Anónimo disse...

um amor pode exsitir só por si, uma relação é que não. são coisas absolutamente distintas.
o que normalmente se confunde é o amor, com a vontade de ter uma relação.
e como já sabes, pode-se ter uma relação, sem ter amor.
aqui chegados, agora no amor também não há egoísmo, porque se quer partilhar, porém há lugar para momentos connosco próprios por todas as razões óbvias.
a fixação de certas pessoas, é que confundem o estar sempre ocupado com a companhia do outro, e chamam-lhe amor.
penso que não é.
o Amor, até pode viver longe, do ser que se ama.

o medo de estar só, e não saber estar só , é que traz chatices a dois.

have fun!

mosKa disse...

Faz como eu. Organiza os CD'S por ordem de tamanho.

Fatyly disse...

e a Raquel tem sido um bem precioso na tua vida.

O facto de querermos estar sós, não considero egoísmo...
Esta música é uma delícia!

bagaco amarelo disse...

anónimo, :)

moska, por tamanho?! :)

fatyly, tem sido o maior dos bens, sim. :)

Sofia Cortez disse...

E eu que acabei de receber um e-mail em que ele diz que precisa de tempo para ele, para se ouvir para os seus pensamentos...que posso fazer, se o amor não basta? Pelo menos o meu...e só eu não lhe basto...
Que texto tão apropriado...
Obrigado

bagaco amarelo disse...

sofia cortez, eu é que agradeço a presença. :)

Sofia Cortez disse...

Algum conselho? :) se não for abuso...

bagaco amarelo disse...

sofia cortez, não é abuso nenhum, e em conversa de café com certeza que chegaríamos lá. assim, sem conhecer o contexto, é uma responsabilidade muito grande que não assumo. Costumo dizer que não gosto de Amar às pingas, mas isso sou eu. :)

Sofia Cortez disse...

Pois...é verdade sem contexto é impossivel aconselhar ou dificil. Mas é um padrão de comportamento comum, eu própria já tive neste registo, mas salvei-me a tempo, porque "Amar às pingas"... :) é mesmo essa a sensação que tenho... não é para mim.

bagaco amarelo disse...

sofia cortez, acho que já lá estivemos todos. por isso é que sabemos que pode ter múltiplas causas e não apenas a mais simples de todas. :)

Sofia Cortez disse...

Vou esperar que ele veja a luz... antes que minha desvaneça! ;) não se deve desistir sem dar luta...

bagaco amarelo disse...

sofia cortez, boa sorte, então. enquanto se acredita, sim, não se deve desistir. :)

Flor-Do-Deserto disse...

Sofia Cortez....seja qual for o contexto...tempo...é coisa apenas de relógio:-)

Felicidades

bagaco amarelo disse...

flor do deserto, :)