2.09.2010

pedido de casamento

Dave Morin é um dos gerentes do Facebook, ou seja, qualquer coisa como senior platform manager. Um destes dias decidiu pedir Brittany Bohnet, gerente de marketing da Google, em casamento. Não o fez por menos: encomendou um avião, um barco e uma noite de luxo nas Maldivas. Depois, escreveu o pedido com cocos na areia duma das praias.
Sobre o Dave e sobre a Brittany não tenho concretamente nada a dizer, mas este é um tipo de pedido de casamento que eu não queria que me fizessem. Não parece um pedido, parece mais uma espécie de cerco. Acho que ninguém gosta de cercos.
Por mim podiam-me pedir em casamento no café da esquina, à hora do almoço, entre um pastel de bacalhau e um gole numa cerveja. Depois sim, se houvesse dinheiro, é claro que não dispensava uns dias nas Maldivas...

29 comentários:

camaleoa disse...

Credoooooooooooooo
És mesmo Homem... :S

Ahahahahahah...
Eu ia adorar... ahahahahahha...
Mas.. o q eu gostava mesmo não era bem assim.. mas.. também não te vou dizer...

hehhehe

Diaboderoupacurta disse...

A parte do avião e do barco dispensava-se, mas a ideia dos cocos (sempre que digo esta palavra soa-me a ordinário) acho muito querida :)

bagaco amarelo disse...

camaleoa, não digas, não. já chega de surpresas por hoje. :)

diabo de roupa curta, ok... os cocos está bem. :)

GiGi disse...

Você é tão gracioso! :-)

Verdade, não precisa de tanto para expressar um sentimento ou um desejo tão simples e tão sublime, que é o de partilhar a vida com alguém.

Mas, cada um é cada um!

Beijinhos

Spixii disse...

É lindo, se realmente ela também queria casar com ele.

Agora isto tudo só para pressioná-la, e se ela diz que não, ele não fica com cocos, mas fica com um melão ...eheheh

Beijo*

Malena disse...

Demasiado público, demasiado, ponto!

Fatyly disse...

Bizarrices de quem tem muito dinheiro.

Subscrevo as tuas palavras!

Olga disse...

Ena, imagino a quantidade de cocos que a B. levou para casa. Os coqueiros da zona ficaram completamente depenados.

bagaco amarelo disse...

gigi, exactamente. não é preciso nem acho adequado. beijinhos. :)

spixii, por acaso prefiro melão a coco. :)

malena, exacto. :)

fatyly, e de quem gosta de aparecer. :)

olga, são bons para lhe atirar à cabeça quando se chatearem. :)

Anónimo disse...

Este homem deve fazer tudo em grande! grandes pessoas fazem grandes feitos!
Ou se faz ou não, nada de meios termos!

a.

Brandie disse...

As mulheres adoram estas coisas. Se um homem pedisse uma mulher em casamento no cenário que descreveste era uma decepção. Gostamos é de coisas exuberantes, até as que dizem que não.

bagaco amarelo disse...

brandie, eu acho um pires de tremoços e uma cerveja exuberante, se for para pedir alguém em casamento. :)

K disse...

Yeap, you're right!

Quanto mais simples, quanto menos esperado, melhor. Não que fizesse questão que me pedissem em casamento pois não lhe vejo a funcionalidade. Mas a acontecer que tivesse a graciosidade e o impacto das pequenas grandes coisas (e não das grandes, que acabam a ser pequenas, coisas).

Jil disse...

Um cerco e um circo.
Concordo plenamente contigo. E ao mais... sou mulher! :P

bagaco amarelo disse...

k, boa... é mesmo isso. :)

jil, ufa! :)

Red disse...

concordo. vá, na esquina também não, mas dispenso profundamente aviões com faixas de pedido de casamento e a deitarem fumo em forma de coração :S

Sleeping Angel® disse...

Ele tentou ser original.... Mas tb n sei se ia gostar de um pedido desses. sou romantica, mas gosto que as coisas importantes fiquem entre nós os 2.

bagaco amarelo disse...

red, esses aviões são fixes para fazer atentados, agora que penso nisso. :)

sleeping angel, lol. exactamente. :)

Anónimo disse...

se partilharmos a felicidade, ela multiplica-se, foi o que o noivo parece que fez

se a fechamos dentro de um fasquinho pode ser que ela nunca saia do frasquinho ou do alçance do dono do frasquinho

a.
a.

Myann disse...

Sim, tornou-se demasiado mediático... Eu ficava sem saber se ele o tinha feito por mim ou para que se soubesse que ele era romântico.

Jibóia Cega disse...

É o tal caso...

bagaco amarelo disse...

a, ser espalhafatoso não me parece uma partilha de nada. :)

myann, eu ia achar que ele se estava armar. :)

jibóia cega, :)

Anónimo disse...

Felicidade é algo muito pessoal e não necessita ser mostrada ao mundo para ser multiplicada. Ela só será multiplicada se a pessoa assim quer e para isso age.
Às vezes, quem mostra demasiado o que tem é provável que nada tenha. Ou nada sinta.
Mística.

bagaco amarelo disse...

mística, exacto. :)

Anónimo disse...

Querido bagaco.
Qual o nome do café da esquina que frequentas? ;)
Beijo x
P.S.

bagaco amarelo disse...

anónimo, lol. :)

Marta disse...

Eu sou mulher, e não preciso de um gesto gigante e pomposo. Alias, gestos grandes e pomposos quase todos são capazes de fazer! Agora, sentir genuinamente que se quer ficar com alguem, quer para ir as maldivas, quer para partilhar tremoços, isso sim é que tem valor.
Não interessa o Local onde é feito, mas sim o sentimento com que é feito. O quao verdadeiro foi.

Anónimo disse...

Depende das pessoas. Sou rapariga~, sou pouco romântica, tenho a sorte de ter um namorado que é um querido. Um destes dias estava na A5, vínhamos do cinema para casa e ia eu a conduzir. Virei-me para o meu namorado e disse-lhe: Queres casar cmg? O rapaz ficou um bocado incrédulo, por ser dentro do carro, por ser eu a dizer aquilo assim de repente, lol Mais ainda porque tinha tudo preparado - no dia a seguir obrigou-me a levantar cedo, levou-me a um helicóptero, dei uma volta de avião, e ele tinha anel e tudo. Foi completamente por acaso, mas teve piada, estávamos em "sintonia" :)

bagaco amarelo disse...

marta, é mesmo isso. :)

anónima, :)