9.27.2012

conversa 1940

(na casa dela, com ela ao fogão)

Eu - Posso saber o que é que estás a fazer?
Ela - Ovos mexidos.
Eu - Não é isso. Porque é que estás a fazer esse constante esgar de dor?
Ela - Tenho um cinto para estimular os músculos e dói que se farta.
Eu - Daquelas coisas que se vendem na Tv Shop?
Ela - Sim, mas não é da Tv Shop. Comprei numa loja.
Eu - E achas que estimular os músculos é assim tão importante que se deva aguentar uma dor dessas?
Ela - Nem imaginas. A melhor estimulação é sempre com dor.
Eu - Pronto, já cá não está quem falou.
Ela - Cobarde.

7 comentários:

Malena disse...

Masoquista!!! ;)

Olga disse...

Ya, não há nada melhor para estimular um ministro que uma carga de porrada logo pela manhã...

Quase nos "entas" disse...

eehheheh....
Eu cá não quero um cinto desses não...
Sempre pensei que o melhor estimulo fosse com prazer... :)
beijinhos

Never Told Words disse...

Sempre achei que essas coisas não deviam ser seguras... Imagino sempre alguém com aquilo preso e a levar um choque :/

Fatyly disse...

Credo!

O olhar do lobo disse...

bagaço,

és uma espécie de woody allen português mas cheira-me que com uma pancada ainda maior.

Bagaço Amarelo disse...

malena, :)

olga, nem está mal pensado. :)

quase nos "entas", também me parece a melhor opção. :)

never told words, já tive esse pensamento. :)

fatyly, lol. :)

o olhar do lobo, só não estou a pensar adoptar uma miúda para, daqui a uns anos, casar com ela. :)