3.30.2012

conversa 1893

Ele - Estou com dúvidas sobre a minha relação.
Eu - Que dúvidas?
Ele - Nem sei explicar bem, mas acho que gosto mais da minha mulher do que ela de mim.
Eu - Algumas mulheres são peritas em fazer-nos sentir isso mesmo.
Ele - Eu ontem disse-lhe, a ver se ela me dava um sinal qualquer de que gosta de mim, que não me sinto bem na relação por causa disso. Ainda fiquei pior.
Eu - Ficaste pior porquê?
Ele- Ela respondeu-me que provavelmente é verdade, que eu gosto mais dela do que ela de mim.
Eu - Ela disse isso?
Ele - Disse... o que é que achas que eu faça? Eu acho que só posso tentar gostar menos dela, mas quanto mais tento gostar menos dela, mais gosto.
Eu - Ser homem é fodido...
Ele - Pois é...

20 comentários:

Eli disse...

"Não compreendo "os homens?! lol

ahahahahahaah

Bagaço Amarelo disse...

eli, eu cá compreendo. :)

almond_girl disse...

"quanto mais tento gostar menos dela, mais gosto."'? Mas isto acontece mesmo?

Fatyly disse...

É um saralho do carrilho :)

Rosa Cueca disse...

Muitas vezes inicialmente é ao contrário. São elas que gostam mais, que se esforçam mais...e perante o desinteresse deles (que muitas vezes nem está ligado à falta de amor...) começam a relevar.
Quando eles dão por ela é que muitas vezes já é tarde.

Bagaço Amarelo disse...

almond girl, eu nem acho assim tão estranho. :)

fatyly, lol. :)

rosa cueca, já assisti a esse filme, independentemente do género. :)

Lilith disse...

Geralmente são as mulheres a sentirem-se assim... O triste é que muitos homens só se apercebem tarde demais...
Neste caso... será que ele está a "provar o próprio veneno"?!

Bagaço Amarelo disse...

lilith, não creio. :)

Lily disse...

Em vez de tentar gostar menos dela, que tal tentar com que ela goste mais dele?!
;)

doroteia disse...

segundo o meu mais-que-tudo em todas as relações há sempre uma das partes que gosta mais. terá o homem cá de casa razão?

Anónimo disse...

"o que é que achas que eu faça? Eu acho que só posso tentar gostar menos dela, mas quanto mais tento gostar menos dela, mais gosto."

Concordo tanto...
É como se tentando gostar menos... nos lembrassemos do que tanto gostamos... ou descobrissemos ainda mais para gostar :)


Maria

milkadreams disse...

é uma situação muito complicada, acho que há sempre um que gosta mais mas para uma relação saudavel deve ser perto do equilibrio. amar demais também não é bom.

Bagaço Amarelo disse...

lily, e isso consegue-se? :)

doroteia às vezes penso que sim, outras que não. :)

maria, essa sensação, também a percebo. :)

milkadreams, se isso existir, Amar demais, não percebo mesmo nada disto. :)

Eva disse...

Acho que acontece sempre, sim, mas não é estático, a relação é dinâmica e quando há equilibrio, esse equilibrio, penso eu está no revezarem-se, umas vezes é um que parece que gosta mais, outras o outro. Se for assim, acho que é o mais perto da perfeição que se pode chegar.

Josh Gottam disse...

Pior do que o dizer, é manter o silêncio. Por vezes ignoramos-nos durante tanto tempo que um dia acordamos e, olhando ao espelho, perguntamos onde estamos. E a resposta nunca é a que esperamos...

Bagaço Amarelo disse...

eva, sim... acho que existem esse tipo de ciclos nas relações. :)

josh gottam, concordo plenamente. :)

redonda disse...

Este Ele parece uma Ela, mas a mulher dele também pareceu um bocadinho diferente, sem espírito de competição :)

Bagaço Amarelo disse...

redonda, e eu que odeio competição... :)

Anita Garcia disse...

As expectativas são o que cria esse sentimento do gostar a mais ou a menos que o outro... Pode haver uma diferença entre os modos de gostar ou amar, mas se os sentimentos são recíprocos, creio que a expectativa que se cria do sentimento do outro para connosco é que lixa tudo. Isto somente quando o sentimento existe reciprocamente. Porque se não é o caso...

Bagaço Amarelo disse...

anita garcia, interessante, essa perspectiva. obrigado. :)