3.30.2012

coisas que fascinam (143)

Entrei no comboio em Aveiro em direcção ao Porto, com o objectivo de sair em Espinho. Todos os dias de manhã faço o mesmo. Praticamente de directa, adormeci na terceira ou quarta página do livro que trago comigo. Em Espinho acordei com alguém a abanar-me o ombro. Era uma mulher que eu desconhecia totalmente.

- Vi-o a dormir e sei que costuma sair aqui! - disse.

Agradeci-lhe, atarantado, e saí. Já me tinham acordado várias vezes em paragens terminais, mas nunca numa a meio do trajecto. É fascinante.

22 comentários:

Sérgio Fangueiro disse...

É fascinante a mulher ter-te conhecido e saber onde sais

Poison disse...

Por acaso jà fiz isso algumas vezes. Quando é regular ver aquela pessoa a sair todos os dias no mesmo sitio, acaba por se criar uma espécie de "intimidade urbana"...
Além disso, gostava que me fizessem o mesmo :)

Anónimo disse...

Olá, eu também já te vi nesse comboio algumas vezes quando vou para Ovar e, já me apeteceu ir falar contigo. És interessante. ;)

O.

Bagaço Amarelo disse...

sérgio fangueiro, fiquei, como se costuma dizer, para a minha vida. :)

poison, eu já o fiz em estações terminais. :)

O. :)

AF disse...

ainda há pessoas simpáticas neste Mundo ,)

Pintas disse...

Andar de transportes publicos é fascinante e de comboio particularmente. Eu vou registando as histórias do comboio.

Se tiveres paciencia.
http://maravilhosodestino.blogspot.pt/search/label/Eu%20e%20a%20CP

Bagaço Amarelo disse...

af, haverá sempre. :)

pintas, vou lá ver. :)

Gelatina de morango disse...

Que atitude mais querida =)!

Estadista de Algibeira disse...

Quando andamos de comboio frequentemente, vamos conhecendo as caras e os hábitos de quem viaja no mesmo comboio...
Felizmente, ainda há pessoas preocupadas...

Fatyly disse...

Fiz isso vezes sem conta, porque andarmos anos a fio e não ver ou fixar a maioria de quem faz o mesmo percurso...é como andar no mundo de olhos vendados!!!

Brisa disse...

Ehe Agora fizeste-me lembrar uma cena na paragem final do Metro, no Campo Grande, há uns anos atrás. O senhor dormia tão profundamente que a senhora só o conseguiu acordar quando usou o chapéu de chuva. Foi a risota geral.

GirlyMood disse...

Muito cool o blog.
Vou seguir.
Passa no meu blog... Acho que posso contribuir para que "nos" fiques a conhecer melhor um bocadinho! :)))))))

Anita Garcia disse...

:) por acaso já me aconteceu algo semelhante: entrei num autocarro, sem reparar que iria pelo autoestrada, ou seja, não passava onde eu desço e sairia muito depois. Já estava acomodada no lugar e veio um rapaz, do fundo do autocarro, ter comigo e avisou-me "olha que este não passa na sua paragem!"... não o conhecia de lado algum, e até hoje não sei como ele sabia qual era a minha paragem, dado que apanhava um autocarro que não passava por lá... :)

Storm disse...

Basta olharmos em volta e encontramos muitas coisas fascinantes! :)

maria madeira disse...

Mais uma (in)compreendida que descobriu este blog ontem. E parece-me que existe muita gente que está bastante atenta a todos os nossos movimentos. Não sei se será bom ou mau. Neste caso é agradecer pelo BOM gesto.

Bagaço Amarelo disse...

gelatina de morango, exactamente. :)

estadista de algibeira, felizmente, sim, mas eu tanto ando num qualquer matinal como num nocturno: :)

fatyly, a linha entre Aveiro e Porto inclui muitos milhares de passageiros... e eu sou tão mau para caras. :)

brisa, ainda bem que não cheguei a esse ponto. :)

girlymood, passarei. obrigado. :)

anita garcia, fenomenal. :)

storm, :)

maria madeira, nem tem que ser bom ou mau. bem vinda. :)

Anónimo disse...

Já me aconteceu o mesmo e já fiz o mesmo.
Um gesto bonito.
EJSantos

Bagaço Amarelo disse...

ejsantos, :)

Mam'Zelle Moustache disse...

Desculpa a pergunta indiscreta, mas, já agora, ressonas? É que a Sra podia já estar fartinha de te ouvir e a sua boa acção foi simplesmente para proveito próprio, um alívio... Pensa nisso...

Bagaço Amarelo disse...

Mam'Zelle Moustache, ressono, cheio a chulé, cuspo para o chão e coço os tomates em público. :)

Mam'Zelle Moustache disse...

Pois... eu bem que estava a topar a cena. Sendo assim, não é fascinante, mas pragmaticamente compreensível ;)

Bagaço Amarelo disse...

Mam'Zelle Moustache, lol. :)