3.12.2012

conversa 1889

Ela - Fui vender a minha aliança de casamento. É como se só hoje tivesse consumado o meu divórcio.
Eu - Aliança de casamento?! Nem sei da minha. Deve estar lá para um caixote qualquer...
Ela - Não sabes da tua?
Eu - Não.
Ela - Se eu fosse a tua ex-mulher divorciava-me de ti outra vez. Aliás, divorciava-me quantas vezes fosse preciso.

21 comentários:

Maria disse...

Bolas, que parvoíce.

bagaco amarelo disse...

maria, :)

redonda disse...

Como a aliança com que se fica, simboliza a fidelidade do outro, parece-me que a Ela deveria era ter devolvido a dela e pedido de volta a do ex...E perder a aliança até me parece melhor do que vendê-la :)

bagaco amarelo disse...

redonda, boa. :)

HydraFlama disse...

Eu também não sei onde pára a minha! :-)
Deverei divorciar-me de mim próprio?

Fatyly disse...

Que idiota, bolas!

Mas antes que te gamem, vai lá ver da tua porque ainda vale uns bons euritos

Pérola disse...

Primeira dica (podes sempre eliminar-me dos comentários): as mulheres são 'agarradas' aos objetos de valor sentimental. Damos valor ao sentimento da coisa, que por sua vez se transmite a esta. Confuso? Esclarecido?

Malena disse...

O que é uma aliança?

Olga disse...

Não compreendi nada dessa "lógica da batata". Mas está bem, a vida é bela e amarela! ;)

bagaco amarelo disse...

hydraflama,não faças isso. ainda te chateias contigo. :)

fatyly, por acaso... :)

pérola, eu só elimino dos comentários malcriadices abusivas. :)

malena, é um aro que se põe no dedo. :)

olga, bem vinda ao clube dos que não percebem. :)

Anónimo disse...

não é que tenha alguma coisa a haver com isso :) mas achava que o bagaço era casado; ou estas "conversas" são ficção?

ps: gosto do seu blog :)

Anónimo disse...

Ah, perdeste a anilha? E agora como é que os biologos podem seguir os teus voos migratórios, sua ave rara?
:-)
Tenho que ter cuidado com a lingua, porque também ando com uma.

Boca doce, a tua amiga :-)
Mas numa coisa concordo: aquilo é um objecto de ouro de deve valer uns euros... E nos tempos que correm, tudo o que vem a mais é bonus.
EJSantos

bagaco amarelo disse...

anónimo, o bagaço foi casado, depois divorciado, e agora é uma espécie de casado outra vez. :)

ejsantos, isso é que é bem visto. :)

Helenikon disse...

As aliancas em divórcios säo uma espécie de Castelo de Guimaräes. Tornam-se velhas ruinas, ganham pó mas, acima de tudo, perdem o contexto urbanistico numa cidade
que evolui ao longo do tempo.
( excluindo, quando alguem se lembra de fazer lá uma
pousada, claro)

bagaco amarelo disse...

helenikon, estive nesse castelo o ano passado. este ano não ponho os pés em Guimarães, de certeza. Fizeram lá uma pousada? :)

Helenikon disse...

Em Guimaräes acho que näo ( mau exemplo), mas há muitos castelos onde fizeram. Tomar, por exemplo. Gosto bastante das pousadas dentro de castelos antigos. Trazem-me sempre algo de novo...

bagaco amarelo disse...

helenikon, Conheço mais ou ou menos Tomar dos anos 80, porque o meu pai trabalhou lá uns dois anos quando eu era criança, e tenho agradáveis recordações da cidade. É uma boa ideia, voltar lá um dia destes e dormir nessa pousada. :)

Josh Gottam disse...

Que raio... Weird.. . :S

bagaco amarelo disse...

josh gottam, :)

em Li Pink High Heels disse...

Hahah realmente voces dois sao uma comédia! =P

bagaco amarelo disse...

em Li Pink High Heels, :)