8.31.2011

coisas que fascinam (132)

a paixão dá-se pelos peidos

Quem escreve sobre o Amor por uma mulher tem a mania de escrever sobre os olhos de quem Ama, sobre os cabelos, os seios ou o coração. É esse o erro da literatura sobre o Amor. Gostar do olhar duma mulher, dos seus cabelos ou seios é fácil. O coração então é mesmo algo que não leva a lado nenhum. Não prova nada, não quer dizer nada. O coração, tal e qual como é falado no Amor, é o abstracto. É uma bóia de salvação para quem está oco das ideias. "Como não sei o que te hei-de dizer, vou-te dizer que te amo do fundo do coração".
A paixão dá-se pelos cotovelos, pelos calcanhares, pelas orelhas, pelo ranho dos espirros, pelos arrotos e peidos. Quando Amamos isto numa mulher então Amamos mesmo essa mulher. "Eu Amo-te porque se deu a coincidência de gostar de tudo isto em ti. O resto, as mamas, as pernas, os cabelos e o cheiro a primavera, claro que também gosto. Mas disso gostaria sempre, mesmo que não gostasse de ti".

35 comentários:

Sexy na Cidade disse...

perfect =)

Maria

bagaco amarelo disse...

sexy na cidade, obrigado. :)

caracóis disse...

verdade.

Drª taberneira disse...

so damn true!

morski pas disse...

Lol, bem visto!

Carla disse...

É lindo... mas agora vais ver o tipo de pervertidos que vem cá parar ao teu blog :)

Anónimo disse...

Quando se ama os defeitos tornam-se feitios...

Cármen disse...

Ler isto é do melhor que há, quando no dia anterior se falou com o homem amado sobre a forma como cagamos, descontraída e alegremente. xD
Só não me estou a ver a preparar-lhe algo romântico com peidos à mistura.

bagaco amarelo disse...

caracóis, :)

dra taberneira, :)

morski pas, obrigado. :)

carla, já estou habituado. :)

anónimo, lol. :)

cármen, lol. o romance é ter assunto. :)

Lótus disse...

Dos textos mais "É isso mesmo!!!!" ( Se é que posso escrever isto) que já li! Clap clap clap!

Fatyly disse...

e os peidos,os arrotos (se não não saem por baixo têm de sair por cima), o ranho, e já agora vomitar e c*** não fazem parte do ser humano? Se amamos, temos que amar "o pacote inteiro" numa tolerância/aceitação impar...e sinceramente fizeste um texto magnífico pela originalidade, mas não concordo com o título:)

˙·٠•●→βιαСкωσмαη ٠•● disse...

Tem tda a lógica!! :)

Maria disse...

Realmente, só amamos verdadeiramente quando aprendemos a amar também os defeitos, sejam arrotos, peidos, ou macacos do nariz nas cortinas . Chap, chap, chap . Gostei .

Confuskos disse...

Subscrevo!

De facto está bem visto!! As pessoas que nos estão mais próximas serão aquelas cujos defeitos suportamos melhor!!

Abraço :)

Malena disse...

Ahahahahah! Mensagem fantástica! Mas... peidos?! "Balha-te" Santa Engrácia! ;)

XL disse...

Bagaço...este é "O" post que faltava!
Faço minhas as tuas palavras

Foxy disse...

Ainda ontem comentava sobre os ditos... que quem ama não se incomoda e até se ri com os mesmos!

Bom haver quem pense o mesmo...

Mike disse...

Se calhar não tem de se gostar. Mas quando uma mulher larga um valente e sonoro peido, é definitivamente porque te ama :)

Lisa P disse...

E de repente lembramos Good Will Hunting e a personagem interpretada por RObin Williams ;)

Anónimo disse...

Bem quando se fala de amor, misturar com arrotos e peidos perde a sua beleza!
agora há coisas que devem ser guardadas só para nós, ou seja, falar dos peidos do outro ou manifestá-los junto do outro !!

a beleza sempre em primeiro lugar, porque para coisas feias já está o mundo cheio!
bjs

bagaco amarelo disse...

lotus, obrigado. :)

fatyly, é isso mesmo. :)

˙·٠•●→βιαСкωσмαη ٠•●, :)

maria, pronto... os macacos do nariz nas cortinas é que me deixam algumas dúvidas, lol. :)

confuskos, :)

malena, lol. :)

xl, thanks. :)

foxy, exacto. :)

mike, lol. :)

lisa p, :)

anónimo, lá está. eu acho que não perde beleza nenhuma. :)

Graça disse...

Ah, poesia. Ah, declarações de amor dos nossos tempos... :-)

Amo-te os cotovelos
Amo-te joelhos, orelhas e mais
que te amo do coração
isso é o que digo em vão
palavras sempre iguais

Cego a olhos e pernas
e mamas no verão
amo -te os peidos monumentais
arrotos e gases que tais
isso sim, é paixão!

:-)

bagaco amarelo disse...

graça, muito bom. :)

XS disse...

O pum é a barreira virtual da intimidade a partir da qual já nada é segredo...

bagaco amarelo disse...

xs, que lindo! :)

Girl in Motion disse...

sim, e dessas coisas triviais todos gostam, não serias especial, não seria amor.

bagaco amarelo disse...

girl in motion, :)

João F disse...

O peido até pode ser o motivo para uma boa gargalhada...

JC disse...

Pá... top, o teu blog está realmente à frente e parece por vezes ser um retrato de grande parte dos casais "jovens", pelo menos assim penso que será e os comentários serão um inegável reforço dessa ideia. Posso-te dizer que foi a minha mulher que me recomendou... desde então tem sido uma risota! Obrigado! Estás nos favoritos... e eu não sou de blogesfera... quem sabe com o blog da minha mulher e o teu passarei a ser!!! :-) Keep on It!

Anónimo disse...

Bem, é lindo. Estou com os olhos marejados de lagrimas de comoção...

:-)

Diz-me lá, o que andas a tomar?

EJSantos

bagaco amarelo disse...

joão f, entre anósmicos, pelo menos. :)

jc, obrigado. :)

ejsantos, lol. :)

Ruy Cavalcante disse...

POxa, minha mulher me ama demais, pois não cansa de peidar perto d'eu...

bagaco amarelo disse...

ruy cavalcante, lol. :)

Zi♥ disse...

lindo!

bagaco amarelo disse...

zi♥, obrigado. :)