8.31.2011

respostas a perguntas inexistentes (174)

Não vim aqui durante algum tempo por uma razão muito simples: quis aproveitar ao máximo os últimos dias de férias da minha filha e decidi ficar só com ela. Ficar só com ela significa que não perdi tempo a navegar na internet, não saí para estar com amigos e nem sequer fui a casa da minha namorada. Não fiz mais nada a não ser passear com ela, pôr a conversa de pai para filha em dia, fazer-lhe os almoços e os jantares, ensiná-la a filmar e levá-la ao cinema.
Uma pessoa pode estar com outra uma vida inteira, mas se não estiver a sós com ela de vez em quando é porque nunca está verdadeiramente com ela. É uma das manias que o Amor tem, não querer dividir a atenção por mais ninguém. Não se pode Amar e fazer outra coisa ao mesmo tempo, e é por isso que eu gosto de estar também a sós com a Raquel. Estar a sós com alguém é uma prova de Amor, porque não o conseguimos fazer com quem não gostamos verdadeiramente.

12 comentários:

Porque um dia me perdi... disse...

concordo em genero numero e grau

BJ

Sexy na Cidade disse...

e foste um pai maravilhoso de certeza! qd gostamos nota se! =)

Maria

Fátima disse...

Realmente o Amor apresenta-se sobre muitas formas, mas, sómente algumas são fidedignas.
E estar presente na vida de alguém é dar-lhe o nosso Amor. Seja ele qual for.

bagaco amarelo disse...

porque um dia me perdi..., beijo. :)

sexy na cidade, tento... :)

Red disse...

tão verdade verdadinha...estar sós para estar juntos.

bagaco amarelo disse...

red, exacto. :)

Fatyly disse...

Subscrevo inteiramente!

Malena disse...

Só estando sós com quem amamos podemos ver o quanto gostamos dessa pessoa. :))
A tua filha e a tua Raquel têm sorte! :))

XL disse...

Fico contente por ti, bem-vindo de volta.

Celeste disse...

Lembrou-me de uma frase: "tão longe dos olhos, tão perto do coração". À primeira vista parece não ter relação ao seu texto, mas para mim faz todo sentido :)

Um beijo

pois disse...

Com certeza que o meu caro sabe e costuma praticar o que lhe vou dizer. mas digo-o na mesma apenas como reforço: nunca estamos verdadeiramente com alguém (e um filho(a) principalmente) se não estivermos também com quem eles gostam de estar. Mais do que estar a sós com alguém é estarmos onde eles gostam efectivamente de estar...
Abraço

bagaco amarelo disse...

fatyly, obrigado. :)

malena, na verdade sou eu que tenho. :)

xl, obrigado. :)

celeste, para mim também faz sentido. :)

pois, com certeza que sim. :)