7.31.2008

uma história de amor a metro

Patrick Moberg, um americano na altura com 21 anos, apaixonou-se perdidamente por uma mulher que viu no metro de Nova Iorque. Com o objectivo de a encontrar criou o site nygirlofmydreams e, dois dias depois e com a ajuda dum amigo dela, encontrou-a. Era australiana e chamava-se Camille Hayton. Depois de algum tempo iniciaram uma relação que durou... dois meses.
Quando li esta história pensei em fazer mais ou menos o mesmo, uma coisa tipo avrmiudadosmeussonhos.com, mas depois pensei que às vezes, quando uma mulher estão tão bem instalada nos nossos sonhos, é mesmo melhor ficar por aí, não vá o sonho transformar-se num pesadelo. Além disso, em Aveiro não há metro e, desde que a coligação PSD-CDS/PP ganhou as eleições autárquicas, os transportes públicos começaram a funcionar tão mal que nem de autocarro ando.

11 comentários:

Pax disse...

Lol.
Também li essa notícia.
O que pensei foi:
Se um amor louco e verdadeiro destes, que vira o planeta na sua busca, dura dois meses... quanto durará um dos outros?
:)

bagaco amarelo disse...

pax, se calhar dura mais... :)

Ana Sofia Santos disse...

não achas que também mais vale dois meses, do que pensar a vida toda que era a mulher da vida dele??
ao menos ficou com uma certeza, não é
next :)

ComoHacerElAmor disse...

rsrsrs.
Conheso essa historia bem. lí ela numa revista , na realidade o verdadeiro amor tem uma vida , de dois meses , dois semanas , dois dias e uma noite.

bagaco amarelo disse...

ana sofia santos, para ser sincero não te sei responder... viver a vida toda a pensar que ela era a mulher da vida dele pode ser satisfatório... :)

comohacerelamor, desde que a noite tenha sido boa. :)

Ana Sofia Santos disse...

satisfatório em que sentido?como?
ao menos viveu e ficou provado para ele que não era, assim escusa de sonhar mais e alimentar isso...

bagaco amarelo disse...

ana sofia santos, satisfatório porque pelo menos se está apaixonado. :)

Ana disse...

pelo menos deve ter saído da relação com a cabeça colada ainda ao pescoço. o mesmo não aconteceu a este aqui: http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/383141
:S

ßri disse...

Eu tb li essa notícia no MSNBC.com e por muito romantica que eu seja nao consegui deixar de achar a noticia um cadito depressiva... as pessoas com esta febre da internet já não são espontâneas como seriam se a internet ão existisse, tipo não vou atrás da rapariga nem falar com ela pq chego a casa e faço uma pagina na net sobre ela... não sei... bah!...
Eu gosto destas histórias... mas ando um bocado farta que nunca resultem tão bem como nos livros e nos filmes...
quando li a noticia a banda sonora dentro da minha cabeça era "Shyness is nice, and
Shyness can stop you
From doing all the things in life
You'd like to..."
mas depois percebi que tinha corrido mal... :(

Ana Sofia Santos disse...

então ele esteve, dois meses.
há quem não chegue a estar um dia :)

bagaco amarelo disse...

ana, eu li isso... mas preferia não ter lido. :)

bri, pelo que eu li ele até tentou falar com ela... só que não consegui por causa da avalanche de pessoas a entrar e sair do metro. :)

ana sofia santos, exacto, cada um é como é... ou cada dois, neste caso. :)