7.17.2014

conversa 2109

(ao telefone)

Ela - Preciso que venhas a minha casa partilhar uma garrafa de vinho branco. Já!
Eu - Sentes-te só?
Ela - Não. Sinto-me bêbada e não a quero beber toda.

9 comentários:

Pedro P. disse...

Para ter discernimento para fazer esse telefonema, é porque ainda não estava no ponto. Ainda podia beber mais um bocado de certeza!

Maria Varredora Pau de Vassoura disse...

Pois, mais vale bêbeda bem disposta que bêbeda em "coma alcoólico" ...lol

Bagaço Amarelo disse...

Pedro P. certamente que sim. :)

Maria Varredora Pau de Vassoura, concordo. :)

Maria Mundo disse...

eheheheh
Quem diz a verdade não merece castigo!
;)

Pão com azeite disse...

Quem me dera que me chamassem por essa razão de vez em quando. É que estou sempre disposto a ajudar :)

Olga disse...

É uma boa desculpa como outra qualquer para arranjar companhia para beber um copo. :)

Bagaço Amarelo disse...

maria mundo, hum... depende da verdade, não é? :)

pão com azeite, o meu fígado também está sempre disposto a ajudar. :)

olga, é das melhores, até. :)

Maria Mundo disse...

Meu caro Bagaço Amarelo (neste momento estou a rir-me deste teu nome tão engraçado :) para mim a verdade acima de tudo. Já me têm dito que sou muito radical. Talvez sim, talvez não. Mas sou uma defensora da verdade. Como costumo dizer, prefiro uma verdade dolorosa do que uma doce mentira.
Aliás, e agora isto cá para nós, gosto muito desta frase: "Engana-me que eu gosto!" eheheheh É uma frase que muitos usam em silêncio. Pelo menos aquele meio mundo que anda enganar outro meio. :)

Bagaço Amarelo disse...

Maria Mundo, às vezes a mentira é verdade e a verdade é mentira. :)