10.08.2010

respostas a perguntas inexistentes (107)

Admito que acho as praças de alimentação um sítio óptimo para tomar café, já que me permitem estar sozinho e acompanhado ao mesmo tempo. Quando estamos, como eu estive esta semana, quase todas as noites sozinhos, a  nossa casa começa a ser um deserto e é aí que procuramos a companhia dos que não nos acompanham de facto. Por isso mesmo me sentei um dia destes na mesa da praça de alimentação dum shopping qualquer com uma dose curta de cafeína à frente.
Retirei do bolso umas folhas brancas e uma esferográfica para ver se conseguia escrever qualquer coisa mas, à falta de ideias, fui semeando desenhos como quem atira à sorte sementes de crescimento espontâneo para a terra árida. Depois uma sombra cobriu essa aridez fazendo-me olhar para cima onde, de facto, estava o céu. Uma mulher sorriu e disse-me: - "Ainda não perdeste a mania de estar sempre a desenhar", afastando-se depois lentamente.
Era ela, uma das minhas grandes paixões do liceu e que eu já não via há mais de vinte anos. Fiquei a vê-la ir, na esperança de que ela olhasse para trás pelo menos uma vez para se despedir com o olhar. Não o fez... mas talvez o tenha feito em pensamento.

6 comentários:

Malena disse...

Ai, as recordações! espero que, ao menos, não esteja como a minha paixão do tempo de Liceu que ficou um gajo mais desinteressante do que o Cavaco Silva! :P

bagaco amarelo disse...

malena, não me pareceu nada desinteressante, lol... há alguém mais desinteressante que o Cavaco Silva? Ena... :)

Fatyly disse...

e não foste atrás dela porquê? Tinhas haraldite nas calças?

Cisne disse...

Acho óptimo reencontros desses. Remete-nos a uma breve (ou não)reflexão do nosso crescimento ao longo dos anos; a imaginar coisas que outrora fora a nossa realidade. Espero que também isso me acontece daqui a 10, 20 anos... Acho que faz parte;acho que é bom.


Cisne.

Nani disse...

Que esquesito, não parou pra ter uma conversinha?

bagaco amarelo disse...

fatyly, não foi bem isso... actualmente estou numa fase em que não me apetece ir atrás de amores antigos. só gosto de os ver passar. :)

cisne, sabe bem, sim... :)

nani, estava de passagem. :)