10.19.2010

conversa 1616

Ela - Dói-me tudo.
Eu - Tudo?
Ela - Tudo, tudo. Precisava duma massagem.
Eu - Hum... já ouvi falar muito bem duma massagista que trabalha ali perto do teatro Aveirense...
Ela - Pois... mas eu preciso é de um massagista.

7 comentários:

Fatyly disse...

Pois coitada da piquena queria alhos e deste-lhe bugalhos:)

bagaco amarelo disse...

fatyly, eu não tinha alhos. :)

Anónimo disse...

;)
Beijo x
P.S.

Malena disse...

E tu? Foste à luta?? :P

bagaco amarelo disse...

anónima, :)

malena, naaaa... a minha luta é só uma. :)

o dono disse...

Esperta...
Mas cá para mim, as dores eram tantas que talvez as mãos de um homem (mais duras, à partida) fossem remédio santo.

bagaco amarelo disse...

o dono, depende... podia ser pior a cura que a doença. :)