10.29.2010

conversa 1626

(no café)

Eu - Que horas são?
Ela - São horas de eu decidir se ponho ou não fim a o meu namoro de dois anos.
Eu - Ahn?
Ela - São horas de eu decidir a minha vida.
Eu - Eu só queria mesmo saber que horas são. O relógio deste café está parado.
Ela - Ah! São duas e meia.

14 comentários:

ns disse...

é no que dá fazeres essas perguntas complicadas... :)

Fatyly disse...

Essa devia fazer a siesssstaa!

Claudia Martins disse...

há horas assim...

Etienne disse...

Tampouco nós nos entendemos meu caro
;)

Jaminne Vinuto disse...

adorei o blog ;D to começando agora, se puder passa la depois ?

EJSantos disse...

Bem, muita gente anda com o relogio da vida parado...
Poético. Ou triste.

Sofia disse...

És terrível! Ela queria desabafar contigo :-)
Beijinhos,Sofia

bagaco amarelo disse...

ns, lol. :)

fatyly, acredita que eu também. :)

cláudia martins, :)

etienne, acredito. e na verdade ainda bem... :)

jaminne vinuto, obrigado. passo... :)

ejsantos, ou a andar para trás. :)

sofia, mas podia. eu queria era saber as horas na mesma. :)

Maria disse...

São horas de comprares um relógio. Maria dixit ehehhehe

bagaco amarelo disse...

maria, não gosto... e sempre que me esqueço do telemóvel em casa fico sem horas. :)

Maria disse...

Idem. Acho muito bonitos, nos outros. Odeio horários e os relógios "sufocam-me" os pulsos. :))

bagaco amarelo disse...

maria, é como eu... nem anéis consigo usar. :)

Maria disse...

Hum...também não sei se estava à espera que usasses anéis...mas ok, eu registo :P
Eu não costumo usar aneis, mas acho que por preguiça :))

Não, por favor, não me digas mais nada do que não usas ihihihihihi

bagaco amarelo disse...

maria, pois... quer dizer, mesmo que quisesse usar, não usava. Percebes? :)