2.15.2012

uma mentira de Amor vale mais que uma noite só

A Cláudia acusava-me de só estar interessado nela por causa do sexo. Acho que só me queres porque gostas de mim na cama, dizia ela. E eu sorria. Durante meses entendi isso sempre como um elogio, até à noite em que ela me fechou a porta na cara e eu voltei para casa a carregar o peso excessivo do seu olhar triste. O sexo é a segunda melhor coisa do mundo, pensava eu sem perceber a sua recusa instantânea às noites em que desafiávamos com o corpo a falta de Amor entre nós.

Pelo caminho entrei num bar tão abandonado quanto eu. Um homem gordo de bigode que nem olhou para mim apoiava o queixo na palma da mão enquanto via o resumo dos jogos de futebol desse fim de semana. Não percebi se estava bêbado ou se a vida deixara de passar por ele há já muito tempo, mas acabei por concluir que eram as duas coisas. Atrás do balcão onde me sentei, uma mulher que fumava um cigarro cansado apressou-se a dar-me uma carta enegrecida com todas as bebidas disponíveis. Nem olhei para ela. Um Bushmills sem gelo, pedi. Algumas lâmpadas fundidas davam ao sítio um ambiente pós-holocausto, o que me fazia sentir em causa. E de resto, o vazio.
Acho que foi essa a primeira noite, depois do meu divórcio, em que chorei para uma audiência digna das minhas lágrimas. Falhara-me o Amor e agora falhava-me o sexo. Já só me restavam uns euros para beber uísque e a voz duma mulher esquelética a pedir-me que o pagasse. Bebi o primeiro num só gole e pedi outro. Parei de chorar e fiquei a observar a quietude do homem que via futebol na televisão, com a perfeita noção de que a mulher do balcão me observava a mim. Era uma espécie de cadeia alimentar da solidão, ali, com a dona de um bar no topo, a observar um homem inesperadamente só que, por sua vez, observava outro que já nem só se sentia. Não me parecia que sentisse fosse o que fosse, aliás. E por um momento desejei ser como ele.
A Cláudia telefonou-me para que eu lhe explicasse como é que eu gostava dela. Percebi que as mulheres não entendem normalmente o sexo. Não percebem o melhor que ele tem, que é a enorme capacidade de transformar por momentos uma vida de merda numa vida boa. Só querem sexo com uma declaração de Amor, ou seja, quando ele é uma consequência e não uma causa dessa vida boa. Afoguei esta certeza no que restava do meu segundo uísque e bebi-a diluída nele. Amo-te muito, disse-lhe. Podes voltar, respondeu-me ela. Uma mentira de Amor vale mais que uma noite só.

27 comentários:

Turtle disse...

Sexo sem amor não sabe ao mesmo. Sexo sem segurança de que somos amadas sabe a medo de sermos nada mais que carne. Nenhuma mulher gosta de se entregar a alguém que não fica a pensar nela antes de adormecer.

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

pegando nas suas palavras: "Só querem sexo com uma declaração de Amor, ou seja, quando ele é uma consequência e não uma causa dessa vida boa."

na opinião desta mulher, de facto o sexo é SEMPRE uma consequência, não de uma vida boa e de uma declaração de amor, mas é indiscutivelmente a consequência de um "estar bem" com essa pessoa. E nesse "estar bem" pode estar incluído o tal Amor, a Amizade, a Cumplicidade, o Companheirismo, etc...

E se por um lado, o sexo pode ser causa (contribuir para) de uma "vida boa" por outro, pode também em muitos casos, precisamente estragar essa tal vida, e refiro-me por exemplo a casos de amigos que têm sexo e a tal "vida boa" que eu chamo "estar-se bem com a pessoa" pode abanar e ficar "estragada". Ou não ;) que isto cada caso é um caso, cada pessoa é única e até a mesma pessoa age e sente de forma diferente consoante as circunstâncias e até dependendo do outro com quem interage.

bagaco amarelo disse...

turtle, concordo que não sabe ao mesmo, mas acho que pode saber bem na mesma. :)

maria sem frio nem casa, isso é bem verdade, do sexo sexo poder estragar amizades. bem verdade mesmo... pelo menos numa certa idade. :)

Anónimo disse...

O sexo pode existir sem amor. Mas o Amor não pode existir sem o sexo.

sory disse...

Bom sexo teem a ver com atracção física com desejo , química , nem sempre teem de incluir "amor"... É óbvio que com amor é diferente mas nada diz que seja melhor.. Errado é utilizar o sexo como arma de troca , no amor isso sim é errado . Amor é sexo mas também é carinho , atenção respeito ... No amor vãi muita além de ssexo. Amor é entregares a tua alma a alguém , sexo é entregares o corpo..

kiss sory :)

Fatyly disse...

As mulheres entendem muito bem o sexo e o melhor que ele tem...Não quer dizer que foi intencional por parte de...mas ela sentiu e quando assim é...dói e ficam pior...daí "baterem com a porta" ao sentirem-se utilizadas.

!As mentiras de Amor" valem o que valem e sinceramente é preferível "uma noite só" do que depois arcar com emoções nada agradáveis e que descreves tão bem.

Gostei deste teu ponto de vista, embora não concorde em pleno:)

Não sei se me fiz entender.

Anónimo disse...

quando se mente no " amor 2 o q ue recebemos de volta é também uma mentira...também as mulheres sabem mentir...a questão é às vezes estão mais centradas em arranjar um homem...mas podem não amar esse homem.

esta é uma grande verdade!

Lianita disse...

Neste ponto homens e mulheres são mesmo diferentes... :)

anareis disse...

Querida(o) amiga(o). Estou fazendo uma Campanha de doações pra ajudar os jovens rapazes que estão internados no Centro de Recuperação de Dependentes Químicos onde meu filho está interno também.Lá tem jovens que chegam só com a roupa do corpo,abandonados pela família. Eles precisam de tudo:roupas masculinas,calçados,sabonetes,toalhas,pasta de dentes,escovas de dentes,de um freezer, Roupas de cama,alimentos. O centro de recuperação sobrevive de doações,são mais de 300 homens internos.Eles merecem uma chance. Quem puder me ajudar pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agência 1257-2 Conta 32882-0

Brisa disse...

Post péssimo para ser lido no dia de hoje :( E agora o que faço às lágrimas?

doroteia disse...

sexo sem amor é sexo sem amor quando as duas parte o assim entendem. sabe bem, sim. o problema é quando um dos envolvidos cria expectativas. para um passa a ser sexo com amor, para o outro continua a ser sexo sem amor. (e para as coisas correrem bem a esta última parte, há que dar a entender que também é sexo com amor). confuso? é por isso que dona doroteia se sente muito feliz com sexo com amor. não como uma consequência... antes como um benefício. ;)

bagaco amarelo disse...

anónimo, :)

sory, :)

fatyly, eu também não concordo em pleno. :)

anónimo, :)

lianita, com a devida margem de erro, sim, concordo. :)

anareis, :)

brisa, limpas as lágrimas e tentas dar um passo. :)

dorotei, a dona doroteia e o dono bagaço. :)

Anónimo disse...

Lido isto, acho que me "desempataste" uma dúvida que me assistia há algum tempo.
Não vale a pena eu achar que lido bem com uma coisa sem a outra, quando não lido.
Sexo para mim nunca vai ser só isso e o melhor é arranjar outro "hobby" antes que estrague alguma coisa... :P

bagaco amarelo disse...

anónimo, isto não quer dizer que o sexo seja só isso. :)

Eli disse...

Carago, que esta m**da fez-me pensar!

(Desculpa os termos, mas sendo expontânea, pode ser que os aceites!)

:P

bagaco amarelo disse...

eli, lol... está na boa. :)

Anónimo disse...

Podia dizer que entendo os dois lados mas, neste momento, entendo melhor o da Claúdia. A sensação de carência que se sente após uma noite de "só sexo", não sei se compensa a satisfação que ele dá...

Anónimo disse...

Podia dizer que entendo os dois lados mas, neste momento, entendo melhor o da Cláudia. A sensação de carência, que se sente após uma noite de "só sexo", não compensa a satisfação que ele dá...

Mas como sempre, "...lá vou eu de novo como um tolo procurar um desconsolo que cansei de conhecer..."Tom Jobim

bagaco amarelo disse...

anónimo, depois de uma noite sexo, de facto, pode haver desconsolo. depois de uma noite só também. :)

Liliana Costa disse...

eu so posso falar por mim nao consigo desligar o corpo do resto, pelo que para mim sexo e uma consequencia do amor. E se surge a vontade de fazer sexo com alguem e pq na verdade ja existe um sentimento algo mais. Sexo por sexo nao consigo, acabo por me sentir usada. Gostava de ser como voces e ser capaz de desligar e separar as coisas, mas nao consigo mesmo.
Nada melhor do que ter sexo e amor ao mesmo tempo, e adormecermos juntos

Lily disse...

Compreendo o ponto de vista mas não concordo na totalidade.E sinceramente, acho que também é preciso uma certa maturidade para encarar as coisas dessa forma. ;)

bagaco amarelo disse...

liliana costa, eu também não consigo. o que eu não percebo é porque é que quando alguém diz que gosta de ter uma noite com alguém por quem não está apaixonado, se depreende logo que vai com qualquer uma. :)

lily, :)

Anónimo disse...

hh

Anónimo disse...

Sexo só por sexo, sem as complicações do amor, tão bom!Descarregar a adrenalina no corpo do outro. Sou mulher e sempre distingui muito bem amor de sexo. São complementares mas autónomos. Necessitamos dos dois mas em momentos diferentes. Se coincidirem, tanto melhor!Mentir para ter sexo, huuummm, ai já não concordo, alguém sai magoado. Há que procurar que esteja na mesma onda.

bagaco amarelo disse...

anónimo, :)

Josh Gottam disse...

sim... as mulheres são complicadas. Querem sexo, mas normalmente quando dizem que é só pela diversão, é então que devemos levantar âncora e sair daquele porto porque tem tempestade por perto... Ou vai ter!

w disse...

Ao contrario do comentario das 2.25
eu acho que ,
O sexo pode existir sem amor.
E o amor pode existir sem o sexo.

Tantas historias de amor sem sexo existem por ai, quer seja porque ha problemas de saude, ou pela distancia, ou mesmo pela dificuldade em manter a libido em alta durante 10, 20, 40 anos.
Nada disso implica que as pessoas se deixem de amar.
O sexo e o amor sao coisas diferentes. ponto.

Que sao melhores quando acontecem ao mesmo tempo.