8.27.2010

conversa 1580

Ela – Não percebo o motivo... alguns homens agem como se estivessem apaixonados por nós, levam-nos a acreditar que temos algum futuro juntos e depois, de repente, desaparecem...
Eu – Hum... para ser sincero já fiz isso e já me fizeram isso. Não acho que seja uma questão de género.
Ela – Eu nunca fiz isso a ninguém e não percebo por que motivo se faz.
Eu – Acho que às vezes é uma incerteza, só. Não se tem a certeza se se quer dar o segundo passo, mas para saber se se quer ou não há que dar o primeiro. Percebes?
Ela – Percebo que isso é uma desculpa de mau pagador para um gajo que mente a uma mulher quando diz que a ama.

17 comentários:

agness disse...

concordo com ela e também não entendo o porquê de vocês (lá está a generalização) fazerem isso.

m disse...

ambos os lados com uma razão humana tão irrefutável!

memyselfandi disse...

Concordo que é necessário o primeiro passo. Não concordo com o "desaparecer". Há formas de se fazerem as coisas. Se não se chega ao segundo, não se chegou ao "amo-te". Porque o dizem? =)

bagaco amarelo disse...

agness, mas é a generalização que está errada, acho eu. :)

m, exacto. :)

memyselfandi, acho que é uma tentativa, normalmente. :)

Annie disse...

Publiquei esta conversa no meu blog, com as devidas referências, claro. Se houver algum problema em o ter feito, avise que eu retiro :)

memyselfandi disse...

Não me estou a ver a dizer "amo-te" a alguém que não sei se amo...Acho que até deve custar a dizer. Não?

bagaco amarelo disse...

annie, obrigado. não há problema nenhum. :)

memyselfandi, tecnicamente não é só dizer. é ter um comportamento como tal... e comportarmo-nos de forma contrária ao que sentimos já todos o fizemos. Ou não? :)

O Gaijo disse...

Nós "Gaijos" somos mais carnais do que emocionais e é um erro grande, muito grande, dizer-mos "Amo-te" a alguém sem realmente o sentir... Por aí concordo plenamente com as "Gaijas" ( na generalidade, também... ) Palavra de Gaijo...

memyselfandi disse...

Perdeste-me no "tecnicamente"...

bagaco amarelo disse...

o gaijo, eu não sou tão taxativo nessa questão. :)

memyselfandi, quero dizer que "dizer que se ama" não tem que ser exactamente "dizer que se ama". pode ser portar-se como tal. :)

memyselfandi disse...

Leva lá a bicicleta... =)))

Eva Blonde disse...

Também já me aconteceu, já fiz e já me fizeram isso. No meu caso, o motivo foi muito simples: apaixonei-me por outra pessoa e, na altura (era uma adolescentezinha), não tive coragem de o dizer à pessoa com quem estava, pelo que optei por me afastar.
Acredito piamente que me tenham feito o mesmo pelo mesmo motivo...

bagaco amarelo disse...

memyseldandi, aí está outra questão técnica. :)

eva blonde, aí está... :)

Fatyly disse...

Aqui há um empate em termos de razão!

bagaco amarelo disse...

fatyly, :)

Maria Albertina disse...

ai num sei, mas eu acho que desta vez vou generalizar ... acho que "vocês" o fazem mais, normalmente parece-me k vivem mais intensamente e por vezes inconsequentemente o inicio das relações... e dizem e fazem parecer tudo mto depressa... e dpois há o clique que faz recuar e desaparecer. Mas isto sou só eu que acho porque nunca fiz...mas já senti na pele. :p

bagaco amarelo disse...

maria albertina, já tive a opinião contrária. :)