11.12.2009

a mulher polvo



Este anúncio de 1965 da Hysil apresentava o seu conjunto de cozinha como essencial, económico, atractivo, eficiente, moderno, prático, agradável e utilíssimo. Por mim tudo bem, acredito que o conjunto fosse tudo isso. O que eu não percebo é aquele "Grande Concurso Hysil" anunciado no canto inferior direito que diz "preencha o postal Hysil com o seu nome e morada e poderá ser contemplada com um dos conjuntos". Contemplada quer dizer que os homens nem sequer podiam concorrer. Fico na dúvida, portanto, se aqueles oito adjectivos se referiam exclusivamente ao produto ou se era mais à mulher polvo do anúncio...

[anúnico tirado deste blogue]

8 comentários:

memyselfandi disse...

É pá! Cada vez fico mais contente por não ter vivido nesta época...

GiGi disse...

Ah sim, está bem clara a divisão na época: homens no trabalho, mulheres em casa. Não havia necessidade de oferecer aos homens.

R. disse...

Mais do que um polvo, a figura lembra-me um escorpião... :)

R.

morski pas disse...

Lol. Olha Bagaço, um dia a minha Ex- sogra (...) ofereceu-me um livro (que imediatamente devolvi), o qual relatava detalhadamente as obrigações da gaja para com o marido...
Era qualquer coisa de medonho, assustador e revoltante.
Era tipo um diário, ou agenda (uma MEr#% qualquer desse género e que só pode ser chamado disso mesmo) ehehe, que "ensinava a mulher a trabalhar, a fazer tudo que o homem queria e a rebaixar-se até não poder mais...enfim...Ta da velha, se metesse aquilo num sítio que eu cá sei...
Bjos

Malena disse...

E em 1963 quem era o homem que usava a cozinha para outra coisa que não fosse sentar-se à mesa, ser servido e comer? Só se fosse para oferecer à mulherzinha perfeita e multi-mãos nos anos ou no Natal!!! :-)

* Esqueci-me que ainda podia arrotar no fim de comer e dizer: "Estava uma maravilha, Maria!", enquanto ela levantava a mesa e ele lhe mandava um apalpão no rabo!

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, eu cá gosto da estética retro... :)

gigi, então e os cozinheiros? nos restaurantes os homens já eram quase sempre os 'chefs'. :)

R. eu nem me arrisco a dizer o que me lembra mesmo. :)

morski pas, lol... olha, não sei se sabes mas até 1974 havia um curso profissional dos liceus para mulheres que se chamava "curso de formação feminina" que ensinava as meninas a serem boas mulheres e boas donas de casa. provavelmente a tua sogra é vítima disso. :)

melena, lol. tens razão... mas com este tipo de propaganda a situação que descreves só podia tornar-se ainda pior. :)

GiGi disse...

Mas será que as comprinhas dependiam exclusivamente deles? ^_^

bagaco amarelo disse...

gigi, isso não sei... realmente as comprinhas deviam depender delas... :)