11.18.2009

conversa 1364

Ela - Estou numa fase difícil...
Eu - Mas porquê?
Ela - Estou sozinha mas não estou disponível e isto é o pior que pode acontecer a uma mulher.
Eu - Mas se estás sozinha não estás disponível porquê?
Ela - Estou apaixonada por um gajo que não me liga nenhuma, mas como não consigo deixar de pensar nele também não consigo envolver-me com mais ninguém.
Eu - Hum... percebo... mas talvez te fizesse bem envolveres-te com alguém. Às vezes sabe passar uma noite com outra pessoa mesmo que não seja com o amor da nossa vida.
Ela - Vês?! Dizes que percebeste mas não percebeste nada, senão nem dizias isso...
Eu - Percebi, percebi... pensas que isso nunca me aconteceu? Já aconteceu a todos, pá.
Ela - Pois, mas não te deve ter acontecido da mesma maneira, senão não dizias isso...
Eu - Dizia, dizia. Às vezes há pessoas com quem a nossa maior compatibilidade é só sexual, há outras que é mais do que isso mas, caramba, se pudermos passar uma noite entre lençóis com alguém de quem até gostamos, porque não?
Ela - Por que não estamos disponíveis, mas já vi que tu não percebes isso.
Eu - Às vezes falar contigo ou com uma pedra é quase a mesma coisa.
Ela - Contigo também.

28 comentários:

Olga disse...

Desculpa lá mas desta vez estou do lado dela.

Paula Raposo disse...

E tu tens toda a razão!!
Beijos.

Diaboderoupacurta disse...

Será que algum dia vocês homens irão perceber a sensibilidade feminina? lol :P

Sophia disse...

loool
Eu concordo... acho que não é com um Amor que se cura outro Amor. Mas? Nada como diz o outro: "Enquanto não encontrar a pessoa certa, vou me divertindo com as erradas!" e às vezes nada como uma noite com uma pessoa "errada" para nos sentirmos melhores e nos ajudar a estar mais disponíveis... ;)

bagaco amarelo disse...

olga, lol. não é preciso estar sempre de um lado... eu nem estou contra ela. :)

paula raposo, tenho a minha razão, pelo menos... :)

diabo de roupa curta, garanto-te que há muitas mulheres com a sensibilidade próxima da minha. :)

sophia, também acho que não se cura um amor com outro. aliás, tenho a certeza que não, por experiência própria, mas é mesmo isso que dizes das pessoas "erradas", que por acaso são certas. :)

Malena disse...

Venha o Diabo e escolha! Passas a noite com um gajo só para sexo e não consegues deixar de pensar no outro ou ficas a pensar no outro cumulativamente com o que perdeste por não teres feito sexo! Haja paciência para os meandros da mente do ser humano!!!! ;-)

bagaco amarelo disse...

malena, enquanto se tem sexo, pelo menos, não se pensa em mais nada. já não é nada mau. :)

SadLonelyCat ^_ _^ disse...

Bagacinho,

Incrível a coincidência deste tema. É que ontem falei sobre isso mesmo no meu blogue. De passar uma noite com alguém que não se ama, apenas pelo prazer físico que nos proporciona. Partilhamos uma vez mais a mesma opinião...
;)

Xi-Coração.

Bichana disse...

Entendo a tua postura, e entendo a dela... estão os dois certos.
:)

jg disse...

Estás a cometer um erro tremendo, Bagaço. As mulheres não correm pela mesma linha de programação dos homens.
E, em abono da verdade, não é lá mt elegante recomendar dar uma queca só para desopilar, como acontece com o ir à piscina ou andar de bicicleta, .
Embora isso para nós, possa fazer sentido.

bagaco amarelo disse...

SadLonelyCat ^_ _^, se bem que não é só pelo prazer físico que nos proporciona, embora isso seja deveras importante. Eu nunca distingui muito bem as duas coisas e o facto de eu não estar apaixonado por uma mulher com quem vá para a cama, não quer dizer que ela não seja especial para mim. :)

bichana, concordo contigo. :)

jg, na verdade eu não vejo uma noite com alguém como "uma queca só para desopilar". Mas isso sou eu que talvez não me cosa pela mesma linha de programação das mulheres. :)

GiGi disse...

É. Se insistir nesta situação, a moça vai continuar sozinha.

bagaco amarelo disse...

gigi, por algum tempo vai com certeza... :)

Anonyma disse...

Infelizmente tenho de concordar com a "ela", porque me sinto na mesma situação.

Não consigo envolvimentos (psicológicos/físicos) quando estou apaixonada por alguém... mesmo que essa pessoa não me ligue.

bagaco amarelo disse...

anonyma, eu percebo isso. :)

sem-se-ver disse...

bagacinho, desta vez nao foste pedra, foste mesmo pedregulho :-)

Brunita disse...

Curioso este tema e tempestivo, digamos! Ainda ontem uma amiga minha, dizia-me exactamente o mesmo. Mas palavra por palavra (terás falado com ela também?? Eheh) :)
E, embora entenda e já tenha passado por uma fase idêntica, sei que concordo contigo. E sei que já segui o teu conselho e não me dei nada mal! :P
Desgostos amorosos todos temos e acredito piamente que esses nos ajudam na nossa formação pessoal e auto-conhecimento.
No entanto, a vida continua, a situação de total indisponibilidade não pode continuar ad eternum!
É uma questão de se ir vivendo, arriscando e quem sabe se a sorte maior não está por perto? ;)

Sandra disse...

Bom, eu já pensei exactamente como a tua amiga, mas aprendi que o que não tem remédio, remediado está.
Ou seja, se ele não lhe liga nenhuma, ela vai-se sentir em baixo. E, nada melhor para levantar a auto-estima do que estar nos braços de outra pessoa (e fazer umas comprinhas também ajuda).
Mesmo não o amando, não deixa de ser alguém especial que nos pode proporcionar momentos inesqueciveis...

Sandra disse...

Bom, eu já pensei exactamente como a tua amiga, mas aprendi que o que não tem remédio, remediado está.
Ou seja, se ele não lhe liga nenhuma, ela vai-se sentir em baixo. E, nada melhor para levantar a auto-estima do que estar nos braços de outra pessoa (e fazer umas comprinhas também ajuda).
Mesmo não o amando, não deixa de ser alguém especial que nos pode proporcionar momentos inesqueciveis...

A Tela disse...

Não acho que seja conversa-de-surdos...Infelizmente, ambos têm razão; desta vez, há um empate técnico. Mas estão ambos no bom caminho :-)

a Trofa tem cozinheira disse...

...tb concordo co ela....! AH pois!

Lizard King disse...

Percebo-a perfeitamente, estar sozinha e não estar disponivel é algo que me faz muito sentido, até para se ter "uma noite" com alguém é necessário ter disponibilidade emocional, desejar estar ali, sem attachements, sem o amanhã, porque se isso não acontece, o outro vai sentir e perceber que estamos ali mas não disponiveis e não a aproveitar o melhor da situação...mas isto sou eu que penso assim que não seria justo para ambos.

Anónimo disse...

Que bom tema, e realmente dificil de te envolver com outro quer fisicamente quer psicologicamente,quando a tua cabeca esta em outro lugar, mas tambem nao e muito saudavel amar sem retorno. Eu acho que li aluger nao sei quando uma frase que era, "ama quem tu gostas em lugar de tentar gostar de quem tu amas."
qualquer coisa assim.
Aninima Catarina

Lolablue disse...

tiveste esta conversa comigo não foi? eu sou a ela desta conversa?
só pode...

bagaco amarelo disse...

sem-se-ver, tendo em conta que colecciono pedras, isso não é obrigatoriamente mau. :)

brunita, passa por aí, sim. mas é claro que há muitas variáveis nesta questão. :)

sandra, é isso mesmo. :)

a tela, sim, o objectivo de conversar não é sempre ganhar a conversa. :)

a trofa tem cozinheira, até um dia em que deixas de concordar. :)

lizard king, concordo que é preciso disponibilidade emocional para um encontro íntimo, sim... não acho é que essa disponibilidade tenha que ser para a vida. :)

anónima catarina, sim, o problema é que, dentro de nós, o coração costuma ganhar à cabeça em todas as decisões. :)

lolablue, à tantas... :)

Carla disse...

se ambos querem, se ambos têm prazer...porque não poderá a pessoa "errada" ser a melhor escolha naquele momento?

nuvem disse...

Realmente, desta vez, tu não percebes nada disto... :)

Beijos

bagaco amarelo disse...

nuvem , pelo menos assumo-o. :)

carla, eu nem gosto de chamar-lhe errada. :)