6.20.2015

respostas a perguntas inexistentes (312)

Nunca percebi a necessidade de esquecer um Amor que terminou. Se for pelo sofrimento, então o melhor é mesmo lembrá-lo, dele e dos bons momentos que teve. Esquecer um Amor é pegar numa parte importante da vida e mandá-la directamente para o lixo.
Se nos esquecêssemos de tudo o que já deixou de existir, as nossas cidades não tinham estátuas nem grafítis a embelezar as ruas. Um passado Amoroso embeleza-nos a nós. Esses momentos de felicidade que vivemos  são as estátuas e grafítis da nossa vida, que a nossa memória pode e deve admirar sempre que dá um passeio pelo passado.
As melhores cidades são aquelas que têm um passado bem vivido, com monumentos que nos deixam imaginar um bocadinho do que ali já se viveu. As pessoas também.

6 comentários:

Anónimo disse...

Quem foi vitima de violência doméstica compreende a necessidade de ficar mnésica.

Bagaço Amarelo disse...

anónimo, com certeza que sim. nesse caso nem sequer é o fim de um Amor. É o fim de um erro. :)

Cisne disse...

Acho que é uma ferida que cicatrizou e que abre e arde um bocadinho de cada vez que lembramos. Então tentamos esquecer para sempre, principalmente o bom e também o mau.

Bagaço Amarelo disse...

Cisne, pois... eu é que opto sempre por não esquecer. :)

açoriana disse...

Chama-se a isso libertar memória para acontecimentos futuros...:)

Bagaço Amarelo disse...

açoriana, boa. :)