6.18.2014

conversa 2106

Ela - Descobri como é que o futebol pode ser realmente bom para a minha vida.
Eu - E como é?
Ela - Com Portugal a perder como perdeu com a Alemanha.
Eu - Isso é bom para a tua vida?
Ela - É! Durante três dias o meu marido não abriu a boca. Andou sempre cabisbaixo lá por casa. Há muito tempo que não tinha tanta paz de espírito.

7 comentários:

Mam'Zelle Moustache disse...

Cá para mim, essa Ela tem mesmo muita sorte. É que as derrotas futebolísticas não costumam despertar só o silêncio nos homens. Ah esquece, a parte da pancada é só quando joga o Benfica... ;p

(pequeno à parte para não ferir susceptibilidades - sim, sou daquelas pessoas que acha que se pode rir de tudo. não, não quero com isto dizer que os factos em si têm qualquer tipo de piada, muito menos que os ache aceitáveis ou desculpáveis. Espero ter sido clara...)

Bagaço Amarelo disse...

Mam'Zelle Moustache, caramba! que visão sobre os adeptos de futebol... :)

Chama a Mamãe! disse...

Ela, dia 22 tem mais Portugal.Não queira mais vê teu marido de bico calado...

:-(

EJSantos disse...

"Pão e circo".
Enquanto as multidões andam hipnotizadas com o mundial e a santa bolinha, assim vai o Mundo:
- Guerra civil a começar na Ucrania;
- A Europa em vias de enfrentar uma crise energética sem precedentes e em vias de tornar a Russia uma nação inimiga;
- Os EUA a apoiar fundamentalistas islámicos;
- Uma guerra relampago no Iraque, com vitórias dos fundamentalistas;
- Massacres, um pouco por todo o mundo onde haja fundamentalistas em acção;
- Crises economicas e financeiras;
- Tensões crescentes na Asia, entre China e vizinhos, por disputas territoriais no mar;
etc, etc, etc.
E as multidões bovinizadas a pastar em frente ao televisor, hipnotizados com a santa bolinha.
Que mundo tão lindo.

Bagaço Amarelo disse...

Chama a Mamãe!, eu também não queria, mas também não sofro nada a pensar nisso. :)

ejsantos, só falta a terceira guerra mundial anunciada na última reunião do Bilderberg... :)

Chama a Mamãe! disse...

Desde que o Mundo é Mundo... as coisas boas e ruins acontecem nele. O que se vai podendo fazer para mitigar os sofrimentos, a gente vai fazendo. Na minha alegria não tive que passar por cima de ninguém,tampouco enganei, ou roubei ou corrompi. Ajudo sempre que posso - ou seja, ajudo sempre-, portanto, se posso ser um pouquinho feliz fazendo a minha parte... por que iria furtar-me disso,só porque malucos fanáticos deflagram as guerras?

Um beijo, com cheiro de matrinxã... peixe do Rio Amazonas!!!

Bagaço Amarelo disse...

Chama a Mamãe!, pois... mas há coisas das quais eu não consigo fazer um pormenor da minha vida. beijo. :)