1.04.2012

conversa 1870

Ela - O meu marido nunca percebeu muito bem o que eu queria realmente dizer quando lhe dizia que o Amava.
Eu - E querias dizer o quê? Não era que o Amavas?
Ela - Não, claro que não.
Eu - Ui! Então era o quê?
Ela - Que naquela altura me sabia bem estar com ele.
Eu - Não me digas, por favor, que as mulheres são todas como tu.
Ela - A maior parte são, acho eu.

41 comentários:

Estudante disse...

Hummm... eu não concordo com a "ela". Acho que a maioria das pessoas quando diz que ama alguém, é porque quer mesmo dizer que ama alguém... se não for assim, já fiquei desiludida :P

bagaco amarelo disse...

estudante, eu também já fiquei. :)

tiago leal disse...

O mundo está perdido...

Malena disse...

Não, não são todas assim! Nem sequer a maioria!Assim como não o são todos os homens! FELIZMENTE! :)

ana disse...

Não, a maior parte das mulheres NÃO SÃO assim. Acho que a maior parte só diz que ama quando o sente. Pode é dizer poucas vezes ou nunca chegar a dizê-lo...

Fatyly disse...

A maior parte são? pois acho que não o são e digo-te que quase arrisco que apenas será uma minoria.

Aqui vais-me bater...

Já nos homens existe uma maioria e não me refiro à verbalização que não é preciso para nada, e não amam de facto... mas preferem manter cama, mesa e roupa lavada!

Rui Pi disse...

Complicaaaaaaaaaadas!

Pics disse...

Hmm... olha que acho que essa "ela" está bastante enganada...

Paula disse...

acredito que infelizmente existam mulheres para as quais isso seja real. Tal como existem homens que provavelmente também o farão. Mas nem todos os homens o fazem tal como nem todas as mulheres o fazem. Há mulheres que quando dizem que amam, amam mesmo não querem estar apenas com a pessoa em questão.

Nina... disse...

Pior de tudo é que ela tem razão =(

Su disse...

Nem todas! Eu só digo que amo quando realmente amo. E há mais assim... espero eu...

Poison disse...

bem, para dizer que nos sentimos bem com alguém podemos dizer "gosto de ti", "adoro estar contigo" "és especial"... Não é preciso usar logo Amo-te!

Pats disse...

Não concordo nada! É verdade que a palavra "amo-te" está a tornar-se banal por causa de pessoas assim que a usam sem o sentirem. Mas ainda há muita gente que o diz do coração. Se não fosse assim não faria sentido nenhum.

Lily disse...

Eu, com toda a minha dificuldade em dizer que Amo (mesmo amando!) tenho dificuldade em aceitar que se mande um "Amo-te" pela boca fora sem sentido e verdadeiro...

Anónimo disse...

sou mulher e para mim também é esse o significado da palavra amar, um adorar estar com alguém naquele momento. Desculpa desiludir-te! ;) beijinhos.

Tamensil disse...

Em minha defesa particular, mas também de muitas mulheres que conheço, não concordo minimamente com essa senhora!

E tenho o prazer (e a dor, também) de dizer que sempre que disse que amava alguém o sentia do fundo do meu coração! Quer o relacionamento tenha vindo a durar muito ou pouco tempo! ^^

Essa senhora merecia apaixonar-se perdidamente por alguém e não ser correspondida... =P

bagaco amarelo disse...

tiago leal, de facto está, mas não é bem por causa desta conversa. :)

malena, no "FELIZMENTE" estamos de acordo. :)

ana, quero que isso seja verdade. :)

fatyly, cama, mesa e roupa lavada é fácil de manter sozinho. mas nunca na minha vida te ia bater. :)

rui pi, um bocadinho. :)

pics, ufa! :)

paula, haver uma minoria a fazê-lo já me faz confusão. :)

nina, pronto, assustaste-me. :)

su, também espero. :)

poison, pois.por isso mesmo é que não percebo. :)

pats, o sentido seria outro, sim. :)

lily, também eu... :)

anónimo, :)

tamensil, por acaso merecia, caraças. :)

Josh Gottam disse...

Se Amor=paixão;
Se paixão=intenso;
Se Intenso=momentâneo;
Se momentâneo=passageiro...
Então ela tem razão :)

Olga disse...

Acha mal porque não são. O que há é mulheres e homens que depois de levarem uns quantos "pontapés" se tentam proteger mas chegar ao ponto de enganar o outro não.

Maria disse...

Pelos visto esta mulher não sabe o que é o amor, se não não dizia que amava assim da boca para fora, que infeliz.

redonda disse...

E à semelhança de comentadores anteriores, também me parece que esta Ela está errada :)

bagaco amarelo disse...

josh gottam, visto por aí... é tramado. :)

olga, protteger deste tipos de coisas, exactamente. :)

maria, bem dito. :)

redonda, ainda bem. :)

Life is what it is disse...

Tal como já li num comentário sim a palavra amo-te está a ficar banalizada, mas eu continuo a guardar essa palavra para ser dita na altura certa e momento certo, quando sentida.
Essa palavra deve ser dita quando sentimos aquele calor, quando se justifica ser proferida, e naquele momento a pessoa tem certeza que a palavra é verdadeira...

bagaco amarelo disse...

life is what it is, :)

Carmo disse...

Isso deve ser uma modernice qualquer, estou desactualizada. Parece que já não se sabe concretamente o que é Amar e amar implica muita coisa, não é "gosto de estar contigo, agora".

:|

Turtle disse...

Não, não são. Garanto-te! :)

ana disse...

Ao contrário do que disse o Josh Gottam, amor não é igual a paixão. A paixão é que também se enquadra no amor. Mas há paixão sem amor e amor sem paixão. Não são iguais. Por isso, já se pode reformular o resto :b

bagaco amarelo disse...

carmo, essa é a minha visão. :)

turtle, e eu quero que tenhas razão. mais do que isso, acredito que tens. :)

ana, também acho que a palavra Amor é mais abrangente do que a Paixão. :)

Esturradinha disse...

Olá Amigos da Blogosfera (e nao só),
tenho estado ausente da blogosfera e por isso tb nao tenho lido e comentado tanto quanto queria e gosto… espero que tenham sentido a minha falta ;-)
Gostava de vos poder desejar um BOM ANO NOVO 2012 e vos Informar que tenho um novo blog http://cheirameaesturrado.blogspot.com/
Espero poder ver-vos em breve no meu novo espaco e visitar-vos mais vezes :-)
Beijinhos,
Sara

bagaco amarelo disse...

esturradinha, :)

Leonor disse...

Sem querer ser preconceituosa ou ir atrás de 'chavões', quer-me parecer que aqui os papeis estão invertidos. Parece-me que são os homens que mais dizem 'Amo-te'sem o sentirem verdadeiramente. Elas dizem 'amo-te' e eles dizem 'também te amo'. Parece o mesmo. Mas não é. O sabor não é o mesmo ...

bagaco amarelo disse...

leonor, obrigado pela tua visão. :)

MC disse...

Acho que será hipocrita não assumirmos que já todos nós soltámos um "Amo-te" sentido num momento, por um momento, só num momento. O erro das pessoas talvez esteja em acreditar e fazer acreditar que se sente um "amo-te" da mesma maneira, todos os dias duma relação. Todos nós já sentimos a felicidade extrema que alguém nos causa, ou o leve companheirismo, de tal forma que o "amo-te" que sai no momento não é menos honesto se não for um "amo-te" eterno. Isso de avaliar os sentimentos pela sua durabilidade só nos leva a apanhar desilusões. Mais vale um "amo-te agora" honesto do que um "amo-te para sempre" que nos vá desiludir.

bagaco amarelo disse...

mc, boa. :)

Plim disse...

digamos que é uma "verdade sacana"!!!

bagaco amarelo disse...

plim, :)

Anónimo disse...

E Pá. QUe te diga?
Há gente voluvel. "Amo te para sempre, enquanto dura".
Outros dizem que amam, n
mas não sabem o que é isso.
Há tantos casos...
Mas não é exclusivo delas ou deles.
Penso eu...
EJSantos

bagaco amarelo disse...

ejsantos, com certeza que não. :)

rosa do deserto disse...

Que horror!!! Eu não sou assim! Quando digo alguma coisa, neste caso sentimentos, é porque é isso mesmo que estou a sentir...

Acho que as mulheres são muito complicadas e os homens são mais pragmáticos...

bagaco amarelo disse...

rosa do deserto, :)

Anónimo disse...

Parece-me que a palavra amo-te está na moda, as pessoas agora dizem amo-te por tudo e por nada: "vou ali aos correios, amo-te"
E como tao balanizada que está algumas pessoas nem necessidade de dizer só porque acham que faz parte de uma relação, quer sintam quer não.