10.03.2011

o dedo do meio

Há várias formas de usar o dedo do meio. Para a Upyurs, pelos vistos, fazê-lo significa sempre ser auto-confiante. Pelo menos é o que revela esta publicidade. Por razões que me parecem mais ou menos óbvias, este gesto parece-me ter uma conotação com o género masculino. O verniz para as unhas, tanto quanto sei, é essencialmente usado por mulheres. Aqui está uma marca, portanto, que acha que uma mulher auto-confiante é aquela que adquire hábitos masculinos.
Eu discordo totalmente. O dedo do meio é o argumento de quem não sabe argumentar (e se calhar também aí seja um gesto tendencialmente masculino), de quem não se consegue expressar doutra forma. É a linguagem gestual de quem é mudo na Razão. Por isso mesmo, aliás, é que é fácil encontrá-lo nas claques de futebol. Não me parece que uma mulher que usa verniz nas unhas tenha que ser assim. Mas pronto, isso sou eu.

25 comentários:

$hort disse...

E os cientistas asiáticos? Nos programas de TV é sempre o dedo da asneria(como diz a minha filha) que aponta os dados no ecran ou nos apontamentos...Dass tamos tão condicionados...

Jakim disse...

Pelo menos uma das coisas que a Upyurs pretendia já foi conseguida: captar a atenção.

Dexter disse...

É a expressão mais recente o feminismo exacerbado (e sempre que eu digo isto há quem me chame machista, mas não deixa de ser verdade).

Hoje em dia o estereótipo da mulher emancipada passa mais ou menos por essa imagem. É o que temos.

Estudante disse...

De facto há uma certa tendência para confundir emancipação e independência com masculinidade...

AC disse...

A publicidade, associa o nome do verniz upyurs ao gesto. Uma coisa é certa com um nome comercial destes e esta campanha...ninguém se vai esquecer do produto e o objectivo principal é precisamente esse.
Acho gira...revela criatividade, originalidade e acima de tudo provoca.:)

Gigi disse...

Usar o dedo do meio, tanto por homem quanto por mulher, leva à maior das conotações: falta de respeito.
Só isso.

bagaco amarelo disse...

$hort, lol. até o paulo portas tem uma famosa fotografia assim... com o dedo do meio: :)

jakim, isso até o tio Alberto da Madeira consegue, e não é pelo melhor. :)

dexter, pois... eu até concordo contigo. :)

ac, pois... eu não acho sequer assim muito criativo. :)

gigi, sim... a conotação sexual é que é masculina. :)

bagaco amarelo disse...

estudante, por qualquer motivo os teus comentários estão a ir para o spam. por isso é que só respondo depois... e sim, concordo contigo. :)

Fatyly disse...

Concordo totalmente contigo, mas que chama a atenção lá isso chama nem que seja por um dedo tão torto...cá raio:):):)

bagaco amarelo disse...

fatyly, também reparei no dedo torto. :)

Carmo disse...

É uma total falta de elegância.

:|

Anónimo disse...

os homens para variar, usam o sexo sempre!

É o que têm sp em mente?!

Anónimo disse...

Bateste um record. Num texto tão grande, nunca inseriste a palavra amor. Sim senhor, menos falinhas mansas.

Olga disse...

É caso para dizer que "estalou o verniz". :)

Anónimo disse...

Hmm, estalou-lhe o verniz?...
EJSantos

bagaco amarelo disse...

carmo, é mesmo isso. :)

anónimo, eu uma vez não tive. :)

anónimo, lol. :)

olga, exacto. lol. :)

ejsantos, lol. :)

TLD disse...

Diz que se vai vender como pãezinhos quentes ali para os lados do bairro da boavista...

(é tão chunga esta publicidade meu deus........)

bagaco amarelo disse...

tld, lol... o que é tem o bairro da boavista? :)

PEIXE disse...

acho que neste caso tem mais haver em marcar uma posição é realmente uma afirmação masculina, também o nome daquela marca não ajuda...up yours!!!

abraços

bagaco amarelo disse...

peixe, sim... não ajuda nada. :)

Anónimo disse...

Dexter, esta mensagem de feminismo não tem nada. O feminismo não é isto. Isto é apenas um uso completamente despropositado daquilo a sociedade, e principalmente os media, entende como feminismo. O feminismo tem a ver com igualdade de direitos, com jsutiça social, com melhores salários para as mulheres, com o fim da violência doméstica e por aí adiante. Isto é lixo!

Malena disse...

Um verniz com esse nome não entra cá em casa! Que up no de outra pessoa, pá! :P

Agora a sério! Masculinizar através de má-criação não tem o mínimo de graça!

Anónimo disse...

quanto à publicidade acho engraçada, e original! quando olhei à primeira vista, achei logo diferente! será o que pretendem os publicitários...e o dono do produto.
é que de publiidade com mulheres sempre belas e em poses sensuais a mostrarem carne, já estou farta, além de ser repetitiva!

TLD disse...

O bairro da Boavista, não sei se o conheces, fica ali perto de alfragide, amadora, monsanto. Reza a história que o Bairro da Boavista viu nascer gente do calibre do Maniche.

Reza também a história que as mulheres de lá não são melhores que ele. É um bocado chunga, vá. Mulheres que falam como aquele tipo de homens que vive nos andaimes e que prima pela classe.

É isto que tem o Bairro da Boavista. É por isso que o perfume vai fazer um sucesso lá. ;)

bagaco amarelo disse...

anónimo, concordo. creio que o dexter só quis dizer que há quem pense que o feminismo é assim. :)

malena, sim... e é uma ideia tão batida. :)

anónimo, eu só acho brejeirito... e desinteressante. :)

tld, ah! já sei. pensei que era boavista no porto... :)