10.20.2011

adormecer

Eu sei porque é que as janelas dos prédios da cidade tilintam durante um segundo. São as pessoas a chegar aos quartos que as acendem apenas para localizar a cama. Fico a olhar para elas, as janelas, que no horizonte se tentam dissimular no céu estrelado, com a consciência de que me mantenho acordado enquanto todos os outros se estão a deitar. Uns para dormir, outros para se aconchegarem em quem Amam. Menos eu.
Tiro a rolha a uma garrafa e ponho dois copos na mesa em frente ao sofá. Um para mim, outro para quem eu sei que não vem. Tenho esta mania de me deitar depois da cidade, nos dias em que estou sozinho, só para poder beber um copo com ela sem que ninguém nos espreite. Falo com ela sobre o dia, com o doce incentivo do vinho. Depois, às vezes, adormeço ali no sofá, aconchegado também em quem Amo e não está lá.
Amanhã ela vai-me telefonar de manhã e perguntar-me porque é que estou com a voz cansada. Dir-lhe-ei que me deitei tarde sem lhe conseguir explicar porquê. Mas é por isso, por não saber adormecer quando ela não está.

11 comentários:

Carmo disse...

Que sentimento bom... o das saudades...

Olga disse...

Hum...este post derrete qualquer coração! :)

bagaco amarelo disse...

carmo, é bom, sim, pelo menos quando se sabe que é de curta duração. :)

olga, :)

Fatyly disse...

Lindissimo!

Jil aka aSonhadora disse...

Fantástico! Citei-te já em diversas sedes (numa sms pessoal, no facebook e no meu blog), particularmente o último parágrafo. Desparecida nos comentários, mas sempre muito atenta e ávida consumidora do blog! Adorei este post, também eu tenho acordado com a voz cansada, pelos mesmíssimos motivos :)

redonda disse...

Gostei deste texto :)
beijinho

bagaco amarelo disse...

fatyly, obrigado. :)

jil aka aSonhadora, obrigado. :)

redonda, beijinho. :)

Joana disse...

Está fantástico! ADORO, ADORO, ADORO! *.*

bagaco amarelo disse...

joana, obrigado. :)

Lianita disse...

senti falta do botão "Like" :)

Muito bom!

bagaco amarelo disse...

lianita, obrigado. :)