9.10.2007

conversa 370

Ele - Tu és o único tipo que eu conheço que tem mais amigas do que amigos, pá. E consegues manter amizades com mulheres que não passam daí.
Eu - Bem... às vezes não consigo assim tão bem como isso. Mas tens razão, dou-me melhor com mulheres do que com homens, normalmente. De qualquer maneira tenho alguns grandes amigos homens...
Ele - Sim... mas mesmo as mulheres com que te envolveste... ficaram tuas amigas.
Eu - Mais ou menos. Em traços gerais acho que há mais homens estúpidos do que mulheres estúpidas. Não gosto de pessoas que acham que podem resolver as coisas através da força, por exemplo, e os amigos que tenho são gajos que considero inteligentes nesse aspecto. Não tenho paciência para atrasados mentais que reagem com força a tudo, por exemplo. Nesse aspecto a convivência com mulheres é mais saudável, normalmente.
Ele - Mas estás a falar de experiências a um nível só intelectual.
Eu - Sim, estou. O que te estou a dizer é que me dou melhor a ter conversas de café com mulheres do que com homens, normalmente. Mas por exemplo, tu, o XXXXXX e o XXXXXX são homens com quem gosto muito de conversar e que considero meus amigos.
Ela - Sim... e se calhar é por isso que há gajos que não te gramam.
Eu - Admito que às vezes tenho um prazer fininho em perceber que irrito alguns gajos. Mas é um prazer de ocasião. Não passo a vida a pensar nisso. Mesmo no meu blog, recebo comentários de gajos irritadinhos até dizer chega, e isso dá-me um gozo especial.
Ele - Eu percebo...
Eu - Esta cerveja holandesa é mesmo boa, pá. Vai mais uma?
Ele - Só mais uma.

7 comentários:

Fatyly disse...

"Em traços gerais acho que há mais homens estúpidos do que mulheres estúpidas."

parabéns, clap, clap, clap

sendyourlove disse...

Este blog está a caminho de mudar de nome...

bagaco amarelo disse...

lol, fatyly... fraquejei... lol!

sendyourlove, vá lá... não te estiques... ;)

Patrícia disse...

Gostei do "prazer fininho".....acho que define bem esse sentimento...

bagaco amarelo disse...

patrícia, obrigado, estou a ver que temos, às vezes, prazeres semelhantes.

Patrícia disse...

ás vezes....;)

bagaco amarelo disse...

;)