12.23.2009

vales-divórcio

Um escritório britânico de advogados está a vender vales-divórcio, ou seja, em vez de oferecermos um vale a um amigo para ele comprar qualquer coisa na fnac, oferecemos-lhe um vale para ele ter uma consulta com um advogado especialista em divórcios. É uma boa prenda para, em alguns casos, oferecer ao conjugue. Estou a imaginar a cena: ele oferece um vale destes a ela e ela a ele. "Muito obrigado querido, estava mesmo a precisar", diz ela. "Eu também... és tão atenciosa, meu amor", diz ele.

21 comentários:

Paula Raposo disse...

O caminho, por vezes, é só esse. Acho uma óptima iniciativa.

bagaco amarelo disse...

paula raposo, é uma boa ideia do ponto de vista comercial. eu continuo a achar que a justiça devia ser um serviço público. :)

Malena disse...

Só se me oferece dizer: "Ora! Modernices!" XDD

bagaco amarelo disse...

malena, a mim oferece-me dizer que os conselhos sobre o casamento deviam dar-se antes do conselhos sobre o divórcio. :)

Malena disse...

E tu achas que há conselhos que evitem o divórcio ou façam o casamento mais feliz? Eu não!

Miss Kin disse...

Isso é o supra-sumo da civilidade!

Olga disse...

Ou isso ou oferecer uma balança à mulher. O efeito pode ser quase o mesmo: devastador! ;)

Anónimo disse...

bagaço,
a ti eu ofereço-te isto:
CHÁ DA ALEGRIA:
1.põe a chaleira ao lume.2.aquece o teu bule favorito.3.deita uma colher de chá para cada pessoa.4.deita água a ferver e deixa abrir durante dez minutos enquanto fazes uma ou mais das seguintes coisas:Atira-te para o sofá.Abraça alguém.Dança como dançavas quando tinhas cinco anos.Descansa.Tira os sapatos e mexe nos dedos dos pés.Canta como Pavarotti.Rebola-te como o Elvis.Serve-te de uma grande fatia de pão-de-ló seco e salpica suavemente com bagacinho amarelo ligeiramente envelhecido. Telefona a um amigo. Ouve.Lembra-te da última que ris-te alto.Faz cócegas a alguém.Senta-te de cara virada para o sol.Toma um banho quente.Enrola-te num edredão.Lembra-te de alguém de quem gostas.Acende uma vela.Fica calmo. Fica presente. Simplesmente sê.
5.Mexe e coa.6.Bebe.

ingredientes:flor de hibiscus, alecrim e cardamo juntos e alegres.

Vénus

Super Blog Sem Alcool disse...

:D Manda-me por favor o endereço desses advogados, queria oferecer uns vales... Não, não é pr me divorciar, pk eu não acredito no divórcio, já k para isso, teria de acreditar no casamento! ... :)
Mas tenho pl menos 2 amigos a quem gostava de oferecer estes vales a ver se se mancam que as relações que têm só são proveitosas para as respectivas namoradas.

bagaco amarelo disse...

malena, eu também dispenso conselheiros matrimoniais... mas estes conselheiros são diferentes, são conselhos legalistas para pessoas que se vão divorciar. antes do divórcio o conselho devia ser mais: "vê lá onde te estás a meter" :)


miss kin, eu chamo-lhe agilização da civilidade :)

olga, lol lol lol. :)

vénus, obrigado. olha que experimento. :)

super blog sem álcool, isto é na Inglaterra... lol. :)

Anónimo disse...

bagaço,


excelentes advogados estes !

o casal acho amoroso especial o trato, são civilizados e o q há mais para aí são casais q se divorciam e que de civilizado não têm nada... este casal devria era fazer um site para dar conselhos...


e o teu como foi...

anónima 3

Joana disse...

Olha que grande prenda de Natal!
Já agora Feliz Natal pra ti. Bjs

Anónimo disse...

não me digas q não gostaste do m prendinha ...ou não o sabes fazer...bem se for o caso...já te dei as instruções...qq coisa aceito reclamações...

have fun!

bjs

Sandra disse...

Independentemente de tudo o que se possa pensar acerca de casamentos e divórcios, há que concordar que foi uma bela iniciativa comercial do escritório de advogados :)
Em tempos de crise, aguça-se o engenho!

bagaco amarelo disse...

anónima 3, lol... o meu foi só com um advogado. :)

joana, feliz natal para ti. :)

anónimo, gostei sim... :)

sandra, concordo. :)

izzie disse...

Essa conversa parece-me uma cena tão "publicidade da Herman Enciclopédia"... :)

bagaco amarelo disse...

izzie, lol. :)

Red disse...

o meu apêndice poderia gostar da idia. mas em vez de oferecer vales seria vender vales, que ele não ia desperdiçar a oportunidade de negócio. aaah, esta história de ganhar a vida com a desgraça alheia dá realmente lucro!!

bagaco amarelo disse...

red, não é só no direito que dá lucro. é também na comunicação social. :)

Red disse...

e na psicologia, então, que seria de mim sem a desgraça alheia? ninguém quer um psicólogo quando está bemzinho!!!lol

bagaco amarelo disse...

red, lol... não te assustes... acho que tens um mercado abrangente. :)