5.29.2013

pensamentos catatónicos (296)

Os jornais andam a dizer que este vai ser o Verão mais frio em Portugal dos últimos duzentos anos. Por mim tudo bem, pode ser. Na verdade é-me igual ao litro. O que não me é indiferente é que, nos dias que correm, tudo o que acontece tem que ser o mais não sei quê do mundo.
Se não for o frio a ser o mais frio de todos, é um calor que é o mais quente. Também pode ser um shopping a ser o maior numa determinada área, uma equipa de futebol a ser a mais cara num determinado campeonato ou até, imagine-se, a mulher a ter as maiores mamas do mundo.
Em Portugal sublinhamos tudo o que é mais do que o resto. Temos o maior farol da península Ibérica em Aveiro, Lisboa tem o maior hipermercado do país e o jogador de futebol mais caro do mundo é português. Mais ainda, no Euro 2004 fizemos o maior logótipo humano da História, no Natal gostamos de ter a árvore de Natal mais alta da Europa e, por falar em Natal, também costumamos fazer os maiores desfiles de Pais Natal. Além disso, já perdi a conta aos maiores bolos, pães e feijoadas sobre pontes que se realizaram neste país.
Talvez este Verão não seja o mais frio dos últimos duzentos anos, mas se não o anunciassem assim, ninguém lhe ligava nada.
Não interessa como se é, interessa quanto se é desde que se seja o maior. Este país transformou-se num livro de recordes e, imagine-se, não é feliz.. E eu, que aprendi com a vida a detestar todos os que tentam ser mais do que os outros, ando aqui a tentar Amar o mais possível, sem ser aquele que Ama mais entre quem passa por mim.


15 comentários:

Pérola disse...

Mas...ainda há tanta coisa em que não somos os maiores...parao bem e para o pior. Muitas mais, até!

Paulo Freitas disse...

este post foi o maior e mais profundo das últimas 49 horas. aqui é tudo à grande :).

Paulo Freitas disse...

este post foi o maior e mais profundo das últimas 49 horas. aqui é tudo à grande :).

EU SOU EU disse...

So wise words!!!
Estou contigo... E já agora esta frase "...ando aqui a tentar Amar o mais possível, sem ser aquele que Ama mais entre quem passa por mim." é sublime !!! Abraço

Bagaço Amarelo disse...

pérola, há? :)

paulo feitas, lol. :)

eu sou eu, obrigado. :)

São Rosas disse...

Competir não é nada erótico.

AC disse...

Num país de gente pequena, de governantes pequeninos, de almas penadas à espera de melhores diazinhos convém que tudo o resto seja à grande.

Este é o verdadeiro Síndrome da gente pequena.

Beijo*

Teresa Costa disse...

Concordo plenamente contigo! Não tenho paciência nenhuma para estes alarmismos a que vulgarmente me refiro como "dramas". Irrita-me que ocupem tanta visibilidade e que tanta gente se deixe ocupar por eles.
Não haverá nada mais concreto e preciso a que dar atenção?
Também apreciei bastante a última frase...

Anónimo disse...

Bem, no que se refere a incompetência, ganancia, má-fé e mau caracter, os nossos governantes são os maiores...
:-( Porra.

Comparado com isto, se alguém quiser fazer a maior feijoada do mundo, que faça.

EJSantos

redonda disse...

Sem esquecer o melhor bolo de chocolate do mundo (que apercebo-me agora não será o maior), gostei muito deste texto e de como termina.
um beijinho
Gábi

Bagaço Amarelo disse...

são rosas, pois não. é castrador, até. :)

ac, concordo. beijo. :)

teresa costa, obrigado. :)

ejsantos, a feijoada é um perigo. grande ou pequena. :)

redonda, obrigado. o melhor bolo de chocolate do mundo é o meu. :)

Anónimo disse...

Ivar, uma boa feijoada, bem acompanhada de bebida, vale por todos os perigos!

:-)

EJSantos

Bagaço Amarelo disse...

ejsantos, então não vale?!... :)

Fatyly disse...

Mas somos os maiores idiotas em acreditar nas promessas dos políticos em campanha eleitoral!
Mas somos os maiores "idiotas" ao volante, sem que antes se consuma as cervejolas habituais e os outros que se lixem

Somos, pois somos...mas no verdadeiro AMOR, não só que une os casais...mas pelos outros numa sociedade unida...aí então batermos o recorde dos recordes.

Mais um texto...BINGO!

Bagaço Amarelo disse...

fatyly, obrigado. :)