6.04.2013

respostas a perguntas inexistentes (255)

Just in case

Tenho saudades da Sandra. Não sei porquê, mas tenho. Muitas. Já não a vejo há tantos anos que lhes perdi a conta. Na verdade, não faço a mínima ideia se alguma vez a vou ver até ao fim dos meus dias. Perdi-lhe totalmente o rasto e só sei que emigrou para outro país qualquer. Nem sequer a encontro nas redes sociais. O mais provável é ela já não se lembrar de mim. 
Eu ouço-lhe a voz, sinto-lhe o cheiro e principalmente ouço-a chamar-me. A Sandra não era apenas uma amiga. Era A Amiga. O pior disto tudo é que nem sequer me despedi dela na última vez que a vi. Não sabia que ela ia desaparecer para sempre e limitei-me a dizer-lhe: "telefono-te um dia destes". Uns dias depois alguém me disse que ela tinha ido viajar por impulso. Uma chatice familiar ou coisa parecida. Nunca mais voltou. Que merda.
Quando ando mais triste é dela que me lembro. Aliás, hoje já confundi quatro ou cinco transeuntes com ela. Abri os olhos e, por um milésimo de segundo, senti a alegria enorme desse improvável encontro. Não era ela, mas deu para perceber o que me vai acontecer se um dia a encontro mesmo. Vou-me sentir feliz. Estou ansioso.
Entretanto despedi-me agora duma amiga que me deu boleia para casa. Parou o carro sem desligar o motor mesmo em frente a minha casa e eu disse-lhe: "telefono-te um dia destes". Depois saí e ela arrancou no seu carro preto que se fundiu na noite escura. Eu subi o elevador, entrei em casa e liguei o computador. Entretanto mandei-lhe uma mensagem pelo telemóvel: "gosto de ti, sabias?". Just in case.

8 comentários:

Eli disse...

Just in case, Eu gosto de ti. :)

Fatyly disse...

Também tenho saudades de um amigo de infância, hoje com a a minha idade...e o mais engraçado é que de tantos que perdi o rasto...é deste que recordo mais, porquê? não sei!

Gostei!

Bagaço Amarelo disse...

eli, obrigado. :)

fatyly, obrigado. :)

Olga disse...

Just in case, obrigada pelas coisas fantásticas que escreves e partilhas com gente desconhecida como eu, que me fazem pensar e emocionar. E já agora obrigada por responderes sempre aos meus comentários por mais parvos que sejam. :)

Bagaço Amarelo disse...

olga, obrigado. os teus comentários fazem-me bem pelo simples facto de existirem. :)

memyselfandi disse...

sim,eu também decidi dizer e fazer muito mais coisas "just in case" =)
bjs!

Bagaço Amarelo disse...

memyselfandi, beijos. :)

Joana Ramos disse...

Acho que vou passar a fazer isso mais vezes ;)

By the way, adoro o blog, já o vejo há algum tempo !