3.08.2013

conversa 1997

Ela - O meu marido manda-me calar várias vezes, sem sequer dar por isso.
Eu - Manda-te calar?
Ela - Sim, em conversas com amigos, por exemplo. De repente sai-lhe um "tá calada!" e depois continua como se nada fosse. Detesto isso. Ainda ontem me aconteceu num jantar...
Eu - Se dizes que ele nem dá por isso, talvez devesses avisá-lo de que ele o faz, se calhar inconscientemente...
Ela - Não percebes mesmo nada de mulheres, pois não?
Eu - Mas porquê?
Ela - O que me incomoda, precisamente, é ele nem dar por isso. É-lhe natural mandar-me calar e pôr-me para segundo plano. Acho que a única saída disto vai ser o divórcio.
Eu - Divórcio?! Não estarás a exagerar?
Ela - Está calado.

9 comentários:

Anónimo disse...

Hmm, ela etava a gozar contigo?
EJSantos

Bagaço Amarelo disse...

ejsantos, a brincar, vá lá. :)

Rui disse...

Irónicamente, "ele" e "ela" nem são assim tão diferentes para que "ela" comemore um dia feito especialmente para "eles". Pois não é todos os dias que "elas" dão uma folga a "eles". Hoje é que vão ser "elas"!!
Gostei deste (satírico) diálogo.

Bagaço Amarelo disse...

Rui, abraço e obrigado. :)

Profissão Mãe disse...

Maravilhoso :)

Anónimo disse...

Parece-me que ela não está a exagerar.... mas sim a precaver-se de futuras humilhações.
Já conheci um caso assim e com a mulher a dizer-lhe que não gostava dessa atitude. O homem, naquele caso, negava sempre tudo até ser filmado. Aí, deu a mão à palmatória, mas não mudou.
O fim, foi inevitável! ;)
Etelvina

redonda disse...

Se calhar agora esta Ela foi contagiada pelo marido...

Fatyly disse...

Esta não percebi!

Bagaço Amarelo disse...

profissão mãe, :)

etelvina, isto é mais comum do que se pensa, sim. :)

redonda, tem sentido de humor. :)

fatyly, só esta?! nem é mau. :)