12.13.2013

Reportório Osório



Os sortudos da zona de Lisboa podem ir amanhã, à meia-noite, à Fábrica do Braço de Prata ver e ouvir Reportório Osório. No fundo, é uma oportunidade para assistir, numa só noite, a uma nova epopeia épica, desta vez sobre a condição do género mais sofredor de todos da espécie humana: o masculino.
Enquanto um homem sofre, uma mulher toca acordeão. Por qualquer motivo de que agora não me apetece falar, é-me fácil estabelecer um paralelismo entre este projecto e minha própria vida que, já agora, não é assim muito diferente de todas as outras.
O Amândio, o Augusto, o Eugénio, o Aurélio, o Orlando, o Gervásio, o Ernesto, o Jeremias, o Serafim, o Rufino e o Felisberto são homens sofredores que precisam desabafar. Passem por lá. Eu, como estou longe, vou andar aqui a beber uns copos de vinho para afogar esta coisa cá dentro de mim, que fico indefinidamente assim...

6 comentários:

S.o.l. disse...

Afoga essa coisa mas é em sorrisos :)

Um bom fim de semana!

S.o.l. disse...

Afoga essa coisa mas é em sorrisos :)

Bom fim de semana!

nos"entas!!!! ( e feliz) disse...

looooooooolll
é meio deprimente Bagaço!!

Ainda se fosse para rir e animar...agora sofredores??
e é para homens, não dá para mim ;)
Beijinhosss

Bagaço Amarelo disse...

s.o.l., é que o que faz o Reportório Osório. bom fim de semana. :)

nos"entas!!!! ( e feliz), já viste o vídeo?! nãoo é deprimente. beijinhos. :)

Anónimo disse...

Sempre podes ir a agueda, é onde o Luis ( cantor ) atua mais. E será mais perto para siii *
aproveite :) Conheço bem o Luis e é magnifico ver o seu trabalho!

Bagaço Amarelo disse...

anónimo, já fui a Albergaria, mas é possível que vá a Águeda também. :)