11.14.2013

morte à "gaja boa"

Aviso: este texto é só para homens

Há uma relação directa entre a quantidade de vezes em que um homem chucha no dedo sozinho e aquelas em que diz que uma gaja qualquer é boa. Eu, sempre que ouço um tipo qualquer dizer que "aquela gaja é mesmo boa", tiro automaticamente a conclusão de que ele é apenas um pobre solitário, uma espécie de satélite longínquo do planeta em que queria tocar. A má notícia é que elas tiram a mesma conclusão. Com excepção, claro, da Scarlett Johansson, que é mesmo boa. Quando um gajo me diz que a Scarlett é mesmo boa, eu aceno afirmativamente com a cabeça e, lá está, passo a ser eu o satélite.
O problema da "gaja boa" não é apenas semântico. "Boa" podia querer dizer generosa (na maneira de ser e não nas formas) ou justa (na maneira de ser e não não nas formas), mas todos sabem o que é que aquilo quer dizer realmente. Não é que seja mau olhar para uma mulher por causa do seu impacto visual, mas é demasiado mau parecer um cachorro abandonado e a salivar, que é o que parece um gajo qualquer quando diz que "uma gaja é boa".
Por tudo isto declaro morte à expressão "gaja boa" e anuncio a boa nova, ou melhor, a mais ou menos nova. Devemos todos começar a dizer que as gajas são mais ou menos. É preciso ser inteligente e não parecer um cão que não come há duas semanas. Ao dizermos que uma gaja é mais ou menos, mantemo-nos no mesmo patamar dela. Impedimos que ela passe a olhar para nós como seres miseráveis e tristes que só pensam em sexo. Com excepção, lá está, da Scarlett Johansson. A essa podemos dizer que é boa, até porque é mesmo.
Se todos passarmos a dizer que as gajas são mais ou menos, não ofendemos ninguém e damos aos piropos um ar mais elegante e selecto. Com o tempo e com a habituação até podemos, eventualmente, começar a dizer coisas como "tu és mesmo toda mais ou menos" ou "mas que gaja tão mais ou menos". É melhor para todos, acreditem. As mulheres vão passar a olhar para os homens como seres que comem de faca e garfo, não fazem barulho a beber chá e nunca têm gases e, no final de contas, o desabafo pavloviano está lá na mesma.
Boa sorte, ou melhor, uma sorte assim assim.

19 comentários:

Dalilah disse...

Esta reflexão foi fruto da conversa 2049... :-)

Bagaço Amarelo disse...

Dalilah, nem sei, mas que foi uma reflexão profunda, lá isso foi. :)

redonda disse...

Não vou comentar porque não li :)

Bagaço Amarelo disse...

redonda, lol. :)

Anónimo disse...

Isto é tão comentário à Ricardo Araújo Pereira - adorei ;)

Sou gaja, por isso, finge que não leste :P

Menino De Sua Mãe disse...

Bagaço,

Excelente perspectiva, é muito bem visto.

Acho que vou expandir lá pela minha tasca uma ideia que me deste com o teu post: que é que as pessoas pensam quando vêem uma gaija "mais ou menos"...

nos"entas!!!! ( e feliz) disse...

Também há gajos mesmo bons ;)
Beijinhos Bagaço

Margarida disse...

Aconselho x)

EJSantos disse...

O dinheiro é uma gaja boa.
:-( Porra! Que pensamento triste.

Bagaço Amarelo disse...

anónima, obrigado. :)

Menino De Sua Mãe, isso dá para um livro. :)

nos"entas!!!! ( e feliz), eu cá sou assim assim, pelo menos espero. :)

margarida, :)

ejsantos, uma gaja mais ou menos... :)

Portuguese Girl With American Dreams disse...

concordo, mas nao li:)

Maria Eu disse...

"Boa" não é grande coisa mas "mais ou menos"?! JASUS! Ia ficar deprimida!

Beijinhos Marianos, Bagaço! :)

nos"entas!!!! ( e feliz) disse...

ehehheh..
claro que sim Bagaço!!
não és a scarlet mas tás lá perto....versão masculina vá :)

Paulo Saltão disse...

Eu acho que a antiga expressão "és boa como ó milho" ainda faz sentido, sobretudo se elas - gajas boas - comerem cereais ao pequeno almoço, lol

Anónimo disse...

Eu acho que a antiga expressão "és boa como ó milho" ainda faz sentido, sobretudo se elas - gajas boas - comerem cereais ao pequeno almoço, lol

Paulo Saltão

Bagaço Amarelo disse...

Portuguese Girl With American Dreams, é assim que eu gosto. :)

maria eu, não é caso para tanto. podes ficar só mais ou menos deprimida. :)

nos"entas!!!! ( e feliz), uau! :)

saltão, gostas assim tanto de pipocas? :)

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Não que eu tenha lido...mas concordo. Beijo

Uma Gaja Boa disse...

O aviso logo no início chamou-me a atenção, não se pode dizer a uma mulher que o texto é só para homens, é claro que nós espécimes do sexo feminino vamos ler!

E duvido que a expressão "gaja boa" algum dia termine. Em primeiro lugar porque as "gajas boas" continuam por aí. E em segundo porque os homens não nos vão conseguir achar que são apenas mais ou menos...

Bagaço Amarelo disse...

pipoca dos saltos altos, lol. :)

uma gaja boa, a questão é que eu sei isso. :)