4.19.2013

conversa 2007

(na minha casa)

Ela - Estou outra vez solteira.
Eu - A sério?!
Ela - Sim. Eu e o Daniel acabámos ontem.
Eu - Então?
Ela - Então... eu sou muita mulher para ele. Ele não aguentava comigo...
Eu - Não acho que sejas mais pesada do que ele...
Ela - Bem, vou embora.
Eu - Já?!
Ela - Sim. Estar a falar contigo ou com uma parede é a mesma coisa.
Eu - Lá estás tu.
Ela - Percebes que eu não estava a falar do meu peso, nem do peso do Daniel?!
Eu - Estavas a falar de quê?
Ela - Estava a falar da maneira de ser. Ele não aguentava com a minha maneira de ser.
Eu - Pronto, desculpa. De qualquer maneira vai dar ao mesmo.
Ela - Ao mesmo?!
Eu - Sim. Também não acho que sejas mais chata do que ele.
Ela - Às vezes pergunto-me porque é que continuo a ser tua amiga...

9 comentários:

imparfait2 disse...

Ahahahah ai nós mulheres :D

Beijinho

João de Matos disse...

Estranhamente tive um "Deja Vu" de uma conversa examente nesses termos à dias com uma amiga. E perguntou seremos nós que não compreendemos as mulheres? Mas tambem é demais achar a caixa de pandora.. :)

Flutuações da mente disse...

LOL

Anónimo disse...

Ah, ah, ah!

O Rei da diplomacia volta a atacar!
EJSantos

Bagaço Amarelo disse...

imparfait2, beijinho :)

joão de matos, ser muita mulher para um homem, devia ter uma sustentabilidade técnica. :)

flutuações da mente, :)

ejsantos, que belo título, o Rei da diplomacia :)

caracois indomaveis disse...

"Não acho que sejas mais pesada do que ele...
Estavas a fazer-te de tótó, verdade?

HAHAHA

Bagaço Amarelo disse...

caracois indomaveis, eu?! :)

Fatyly disse...

Possas coitado do homem...essa deve ser pior que uma couve tronchuda!!!!!

Bagaço Amarelo disse...

fatyly, lol. :)